Airton Gurgacz solicita reforma de prédios públicos em Ji-Paraná e Presidente Médici

Em indicação ao governo do Estado, o deputado Airton Gurgacz (PDT) solicitou a reforma de três prédios de órgãos públicos de Ji-Paraná e um em Presidente Médici. Além da precariedade ou abandono na estrutura de algumas unidades, o parlamentar ressaltou a questão de oferecer mais agilidade aos servidores, para o bom desempenho das atividades fins e qualidade de atendimento aos usuários.

O parlamentar apontou a necessidade de reformar o prédio da Delegacia de Polícia Civil, da Gerência Regional de Saúde e da Defensoria Públicos do Estado, todos em Ji-Paraná e o prédio da Defensoria Pública do Estado, unidade de Presidente Médici.

Beira Rio Cultural

Gurgacz também indicou a necessidade do governo concluir a obra de revitalização do Beira Rio Cultura, em Ji-Paraná. Segundo o deputado, a indicação tem como objetivo reiterar outras solicitações já encaminhadas em 2015 e 2017.

A área, informou o parlamentar, abrange 12 mil metros quadrados e será composta por calçamento, passarelas de acesso, quiosques, restaurantes, lanchonetes, praça, iluminação, novos playgrounds e a concretagem do muro de contenção às margens do Rio Machado.

“A conclusão da obra beneficiará o esporte, lazer e o turismo, atraindo visitantes e assim, fomentará a economia local”, enfatizou Gurgacz.

Corpo de Bombeiros

A retomada das obras de construção da unidade do Corpo de Bombeiros do 1º Distrito de Ji-Paraná também foi objeto de indicação do deputado ao Poder Executivo. O parlamentar informou que a necessidade da população contar com uma nova unidade da corporação está diretamente ligada a reforma do prédio, uma vez que a obra garantirá maior rapidez no atendimento às ocorrências.

O deputado destacou que a cidade já conta com mais de 140 mil habitantes e se divide em três distritos. Segundo Girgacz, o Estado iniciou a construção da unidade do Corpo de Bombeiros do 1º Distrito há quase três anos, através do Pidise.

“Mas a empresa responsável abandonou o serviço, sem qualquer perspectiva de reinício”, argumentou o parlamentar.

ALE/RO – DECOM – Juliana Martins

Fotos: Gilmar de Jesus

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.