Silvia Cristina cobra solução para habitação popular

A deputada federal Silvia Cristina (PDT) participou na quarta-feira (24) de uma Audiência conjunta realizada pela Comissão de Fiscalização, Controle e Desenvolvimento Regional da Amazônia, com o ministro de Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto para tratar sobre o Programa Minha Casa, Minha Vida. “Interpelei de maneira muito séria com relação a problemática da habitação popular do Estado de Rondônia. Não é fácil, pois muitas obras estão sendo executadas, mas não são finalizadas, deixando muitas pessoas que lutam pela  casa própria sem realizar este sonho”, comentou Silvia Cristina, que cobrou, também, para que estas habitações sejam entregues com creches, escolas e áreas de lazer.
Na audiência, a deputada exemplificou o problema no município de Ji-Paraná com o Morar Melhor, que tem 1.453 apartamentos, 720 em fase final e que infelizmente a empresa não seguiu o cronograma da obra, que é o sonho de muitos jiparanaenses. Silvia Cristina (PDT) disse ao  ministro que o Morar Melhor corre sérios riscos de invasões e que já foi alvo de furtos de cabos e outros componentes instalados, além de depredações.
“O ministro Gustavo Canuto ficou de dar um retorno especificamente para Rondônia, mas disse que o governo só tem recurso até junho e que estão estudando uma maneira para ter novos subsídios para este ano, pois tem muitas habitações no país que não foram concluídas e que daria uma atenção especial para Rondônia, que ele tem um carinho especial e parentes no estado. Após este retorno, passaremos as informações para a população rondoniense”, afirmou a deputada, ressaltando que a luta continua para que o sonho da casa própria de centenas de pessoas seja realizado.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.