Argentina supera Brasil em vendas de carne bovina ao mercado chinês

A Argentina acelerou suas exportações de carne bovina para a China e desbancou o Brasil como principal fornecedor externo do produto para o país asiático nos primeiros sete meses deste ano. Dados da alfândega chinesa compilados pela publicação “Beef to China” mostram que, de janeiro a julho, os embarques argentinos alcançaram 186 mil toneladas, ante vendas brasileiras de 180 mil
toneladas, e renderam US$ 870,1 milhões, mais que o dobro que no mesmo período de 2018.
O volume vendido representou 70% das exportações totais de carne bovina da Argentina no período, e 21,7% das importações da China – a participação brasileira foi de 21%. “A diferença é marginal. Mais importante que isso é o aumento das exportações argentinas em si, porque a China é um mercado de volume importante”, afirmou ao Valor o presidente do Consórcio de Exportadores de Carnes da Argentina (ABC), Mario Ravettino. Em seus cálculos, no total os embarques de carne bovina do país deverão atingir 720 mil toneladas em 2019, ou US$ 4 bilhões. Continue lendo no Valor Econômico – Clique aqui.

Por Marina Guimarães — De Buenos Aires

 

 

 

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.