Boi salvo de abate por ser grande demais e vira atração na Austrália

Com o peso de um carro popular e o tamanho de um jogador de basquete, o boi Knickers atrai a atenção de quem passa pela fazenda Lake Preston, na Austrália. O tamanho do animal, apontado como o maior bovino do país, também tornou-se sua salvação: compradores desistiram de abatê-lo pela falta de estrutura para lidar com seu tamanho.

O dono do animal, Geoff Pearson, tentou leiloá-lo no mês passado, mas agora terá de cuidar do boi de tamanho avantajado, que pesa 1,4 mil kg e mede 1,94 metros de altura. Pearson é dono de uma fazenda com 20 mil cabeças de gado e relatou à BBC que interessados no boi desistiram da compra por não terem como acomodá-lo.

Da raça Holstein-Friesian, Knickers foi adquirido aos 12 meses, castrado, para ser o “líder” do rebanho — ou seja, o boi que conduz o restante do gado. Ele se destaca não só pelo tamanho, mas também pela coloração: preto e branco, se destoa dos outros bovinos que são, em sua maioria, marrons.

Apesar das proporções fora do padrão para a espécie, o animal não é o maior boi do mundo. Segundo o Guiness Book, o bovino mais alto, e ainda vivo, se chama Bellino e vive na Itália. O detentor do recorde tinha 2,027 metros de altura na última vez em que foi medido, em 2010.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.