Camata sai da Rádio Planalto

O radialista Valdemar Camata está fora da rádio Planalto de Ji-Paraná FM. Um dos pioneiros do Rádio em Rondônia, fez a última participação dele na semana que antecedeu o Carnaval. Ele apresentava todas as tardes de segunda à sexta-feira os programas do Camata e o Berro do Boi, de grandes audiências. O radialista disse que vai aproveitar esse período para descansar. São mais de duas décadas na emissora.

O motivo da saída de Camata, segundo ele, é em sinal de respeito aos anunciantes que há muitos anos o acompanham. “Eu tenho um contrato com a emissora o qual pago para um alcance de sinal e não nosso oferecer algo menor. “Seria com vender quatro quilos de carne e entregar meio quilo”, comentou Valdemar que é um dos fundadores também da rádio Alvorada no fim da década de 1970.

Camata conta que só tem a agradecer ao ex-senador Ivo Cassol, cuja concessão pública da emissora Planalto é de domínio das empresas dele. “Apesar do Cassol ser político, nunca interviu, nem quando governador, com ingerências em meu programa de rádio”, disse Camata, ao agradecer aos funcionários da emissora.
“Agradeço o carinho e a atenção dos ouvintes que, ao logo dos anos se tornaram cúmplices do nosso jeito de fazer rádio; agradecer ainda aos meu colaboradores – empresas genuinamente de Rondônia cuja história de luta se confunde com a colonização desse pedaço de Brasil. Agradeço, ainda, ao meu amigo Daniel Santa Cruz, parceiro na sonoplastia dos nossos programas”. finalizou.

Camata não revelou ainda qual emissora que poderá retornar.

Planalto Ji-Paraná

A emissora tem mais de duas décadas de existência em AM e já se chamou Rádio Itapirema. Atualmente a emissora é FM e é gerenciada por Licomédio Pereira, que já se declarou pré-candidato a prefeito de Ji-Paraná. Ele já participou de duas eleições de vereador com candidato.

Camata

Nascido em 1944, na cidade de Castelo (ES), Camata começou a trabalhar em rádio no Estado do Espírito Santo com 14 anos de idade como operador de áudio. Mas devido sua essência critica, não demorou para começar a desempenhar atividade no rádio-jornalismo.

Chegou a Rondônia 1979, desembarcando na Capital, Porto Velho, onde participou da abertura do primeiro jornal falado do Estado, realizado pela Rádio Eldorado, na época Emissora do Grupo Calixto, hoje atual rádio Boas Novas.

No mesmo ano, deixou Porto Velho e foi para Ji-Paraná, onde inaugurou o Programa Patrulha da Cidade, na época, na recém-inaugurada Rádio Alvorada AM. Hoje a mais antiga emissora da cidade.

No ano de 1982 participou do processo político-eleitoral pelo PDS, sendo eleito vice-prefeito na chapa encabeçada por Roberto Jotão Geraldo. Em 1985 com o afastamento do então prefeito Jotão, Valdemar Camata assume o comando da Prefeitura Municipal de Ji-Paraná e exerce o cargo até maio de 1986. Em 1988 é eleito vereador com 1.280 votos, uma votação expressiva para aquele ano.

Apesar das atribuições dos cargos no Executivo e posteriormente no Legislativo, Camata nunca deixou de dedicar-se à sua grande paixão. Manteve-se no rádio conciliando as atividades.

Após exercer o mandato de vereador, Camata volta a dedicar-se por inteiro ao Rádio. Nesses 40 anos em Ji-Paraná, trabalhou nas Rádios Alvorada, extinta Rádio Itapirema e Rádio Ji-Paraná.

jpg

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.