Denunciada Transportadora por apropriação de salário e análoga à escravidão

Apropriação de salários de caminhoneiros, sonegação fiscal e trabalho análogo a escravidão fazem parte do pacote de denúncias contra a transportadora Lunardi, cuja sede é em Xaxim, Santa Catarina, região Sul do Brasil. As denúncias foram postadas em vídeo pela repórter Gisele Vaz, cujo blog dela está com mais de meio milhão de visualizações nas redes sociais de caminhoneiros em todo o país.

Um dossiê está sendo montado o qual será oferecido como denúncia ao Ministério Público de Santa Catarina, sede da empresa. Por telefone nossa reportagem não conseguiu retorno da empresa sobre o tema.

Publicado por Gisele Vaz em Sexta-feira, 8 de fevereiro de 2019

Bolsonaro que CNH válida por 10 anos

Bolsonaro deve deixar o hospital no início da tarde

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.