Desconfia de traição e joga ácido em um médico

Acompanhado de uma advogado,o agente penitenciário Oziel Araújo Fernandes saiu do depoimento com o rostro encoberto.
Acompanhado de uma advogado,o agente penitenciário Oziel Araújo Fernandes saiu do depoimento com o rostro encoberto.

Flagra a esposa trocando mensagem com um médico, transtornado de ciúmes vai tirar satisfações com o suposto galanteador, entra em discussão com ele, joga ácido no rosto do desafeto, troca tiros com o doutor no pátio do Cemetron, foge e se apresenta no fim da tarde à polícia baleado no ombro. Esta é a síntese do caso envolvendo o agente penitenciário Oziel Araújo Fernandes que atacou na manhã de hoje o médico infectologista Gladson Siqueira, no estacionamento do Centro de Medicina Tropical de Rondônia (Cemetron), em Porto Velho.

Acompanhado de um advogado Oziel se apresentou à Delegacia de Homicídios de Porto Velho, capital de Rondônia. Ele cotou, entre ouras, de sabia que o médico fazia plantão no Cemetron.

Premeditado

Transtornado de ódio, Oziel levou uma garrafa plástica com soda cáustica em uma Biz vermelha, e foi tomar satisfações com o médico. Em meio ao bate-boca o agente penitenciário jogou o produto ácido no rosto  do desafeto. A reação do médico foi pegar o revólver. Na troca de tiros Oziel levou um tiro no ombro e fugiu.

‘Arrependido’

O agente voltou para a casa, contou à mulher o que havia feito dizendo que foi uma grande besteira. Recebeu os primeiros socorros da mulher. Foi o número da placa da moto, que está em nome do agente penitenciário, que a polícia localizou a casa dele.

Oziel será submetido a uma cirurgia para a retirada da bala. Tanto a arma dele como a do médico foram recolhidas pela polícia.

Atualizada às 17h25

Carro do médico ficou cravado de bala. Ele não foi atingido.
Carro do médico ficou cravado de bala. Ele não foi atingido.

 

Nenhuma descrição de foto disponível.

 

Nenhuma descrição de foto disponível.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.