Enchente em Ji-Paraná supera das demais em número de ruas isoladas

Desde as três horas da madrugada desta sexta-feira, chove m Ji-Paraná. Uma chuva intensa que se tornou uma garoa razoável a partir do meio-dia.  Como o Rio Machado já passa da marca dos 12 metros, todos os igarapés que desaguam nele acabam sendo represados. Uma situação que, somado a contante chuva isola boa parte das principais ruas do centro da cidade nas quais passa  canal do Igarapé Dois de Abril. As avenidas Seis de Maio, Cloves Arraes, que dão acesso do centro aos bairros Urupá e Terceiro Distrito estão isoladas, assim como um trecho da 22 de Novembro, que dá acesso aos Bairros Casa Preta, Aurélio Bernardi e até mesmo um dos principais acessos à universidade São Lucas – antiga Ulbra, não tem como passar – só via BR-364.

Pela manhã o transito amanheceu um caus: congestionamento em todos os semáforos da Marechal Rondônia, tanto no bairro dois de Abril, como no Centro do Primeiro Distrito.

Bairros como São Pedro, parte do Dom Bosco, Primavera, São Francisco, parte do Casa Preta e toda as margens dos rio Urupá e Machado estão afetados pela enchente.

A defesa Civil está desde a madrugada de hoje recebendo pedidos de ajuda e a tendência é crescer o numero de desabrigados.

Enchente história em Ji-Paraná

Enchente em Ji-Paraná supera das demais em número de ruas isoladas

Publicado por Roberto Gutierrez da Rocha em Sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019

 

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.