Famílias que moram em área de risco são cadastradas em Ji-Paraná

A Prefeitura de Ji-Paraná, por meio da Defesa Civil, está realizando o cadastramento das famílias que moram em áreas de risco de enchente dos Rios Machado e Urupá.

O cadastro é feito de porta em porta por membros da Defesa Civil e voluntários. Eles são divididos em equipes formadas por estudantes, servidores da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas), ONG Amparo Animal e bombeiros civis.

Já foram cadastradas famílias dos bairros Primavera, Duque de Caxias, Vila Jotão e São Francisco. O cadastro é necessário para que a Defesa Civil faça o planejamento das ações.

“Para que possamos organizar nossas atividades é importante sabermos quantas famílias são atingidas, quantas são desalojadas para casas de familiares e quais poderão ficar desabrigadas por conta da enchente. Muitas pessoas deixam para sair de casa na última hora e acabam perdendo os móveis. Por isso, estamos alertando essas famílias”, explicou a coordenadora municipal de Proteção e Defesa Civil, Meire Zanettin.

A Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp) disponibiliza caminhão para retirar os móveis e evitar prejuízos maiores às famílias. As pessoas desabrigadas poderão ficar no alojamento providenciado pela Secretaria Municipal de Assistência Social, caso seja necessário.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.