Jogo do Brasil reúne 18 mil pessoas no Vale do Anhangabaú em São Paulo

A segunda partida da seleção brasileira na Copa do Mundo, contra a Costa Rica, reuniu 18 mil pessoas hoje (22) no Vale do Anhagabaú, centro da capital paulista/Rovena Rosa/Agência Brasil
A segunda partida da seleção brasileira na Copa do Mundo, contra a Costa Rica, reuniu 18 mil pessoas hoje (22) no Vale do Anhagabaú, centro da capital paulista/Rovena Rosa/Agência Brasil

ABr- A segunda partida da seleção brasileira na Copa do Mundo, contra a Costa Rica, reuniu 18 mil pessoas hoje (22) no Vale do Anhagabaú, centro da capital paulista, 3 mil a mais que no último jogo. Segundo a organização, o movimento foi tranquilo e não foram registradas ocorrências policiais ou médicas importantes.

O público foi revistado por 200 seguranças antes de entrar na área cercada da Arena Brahma, para acompanhar os lances pelo telão de LED de 100 metros quadrados. O resultado positivo para o Brasil, que venceu por 2×0, deixou o público satisfeito.

A segunda partida da seleção brasileira na Copa do Mundo, contra a Costa Rica, reuniu 18 mil pessoas hoje (22) no Vale do Anhagabaú, centro da capital paulista
A segunda partida da seleção brasileira na Copa do Mundo, contra a Costa Rica- Rovena Rosa/Agência Brasil

Jeremias do Prado, 51 anos, auxiliar de limpeza, pintou todo o corpo com tintas e glitter nas cores do Brasil. “Toda Copa, eu me produzo. Acordei hoje às 5h da manhã, demorei 40 minutos para ficar pronto”, disse. Jeremias está otimista com o desempenho futuro da seleção. “O Brasil vai ser hexa campeão. Agora, o Neymar acordou no jogo. Ele melhorou. O Brasil acordou depois do primeiro gol”, disse.

Hélio de Souza, corredor, de 50 anos, levou fé para a torcida com uma imagem de Nossa Senhora nas mãos. “Eu tive um sonho. Que o Neymar e o Gabriel Jesus fariam gol hoje. Gabriel não fez, mas comprei uma imagem de Nossa Senhora e ela trouxe sorte para o Brasil. Tenho muita fé. Na próxima semana, vou a pé para Aparecida do Norte cumprir a promessa”, disse.

 

A segunda partida da seleção brasileira na Copa do Mundo, contra a Costa Rica, reuniu 18 mil pessoas hoje (22) no Vale do Anhagabaú, centro da capital paulista
Telão no Vale do Anhagabaú, na segunda partida da seleção brasileira na Copa do Mundo, contra a Costa Rica – Rovena Rosa/Agência Brasil

José Geraldo Ferreira, 52 anos, motorista, conta que ficou apreensivo durante todo a partida. “Foi difícil, a Costa Rica deu trabalho, nota dez para o goleiro da Costa Rica. Mas o Brasil tinha que ganhar hoje para alegrar essa torcida”, disse.

Os vendedores ambulantes aproveitaram a oportunidade para faturar. No Vale do Anhangabaú, quem não se produziu podia encontrar pulseirinhas do Brasil, colares havaianos em verde e amarelo, acessórios para o cabelo, cornetas e vuvuzelas. Alice da Costa, de 30 anos, aproveitou para vender camisetas do Brasil. “Vendi 15 camisas hoje, teve boa saída. Ainda bem que o Brasil ganhou porque os produtos não vão encalhar”, disse.

 

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.