PMDB irritado também irrita – coluna do Gutierrez

Tente explicar este dilema:

Como pode um País como nosso com um Pibinho insignificante promover um Pregão tão enorme? Estou falando sobre o leilão do Pré-sal que promete movimentar bilhões de dólares em questão de horas.

Exagero na dose

O apitaço dos policiais civis, agentes comunitários e professores na abertura da Rondônia Rural Show, em Ji-Paraná, apenas encheu o saco e irritou.  A reivindicação dos manisfestantes é mais do que justa. Tanto é que, quando eles entraram no parque de exposições, em silêncio, para aguardar a chegada do governador, foi bonito de se ver. Eu ainda comentei: viva a democracia e a liberdade de manifestação.

A partir do momento em que os manifestantes exageram na dose e iniciaram o apitaço, toda a simpatia que havia sido conseguido dos produtores e demais pessoas que estavam no parque, se desfez como um toque de mágica.

O pior é que isso não ajudou em nada nas negociações. Torço para que as três categorias consigam os objetivos, e que dirigentes sindicais percebam que, bom senso não faz mal a ninguém.

Duvida irritante

A cúpula do PMDB até agora não entende o porquê do senador Acir não ter interferido para que o presidente da Ale/RO, Hermínio Coelho (PSD) na rádio Alvorada de Ji-Paraná, com o único objetivo de descer a ripa no PMDB.

To-más para irritar

Para irritar o senador Acir, a Cúpula do PMDB está alimentando a ideia do suplente Tomás Correia de sair candidato a senador.

Acertou na mosca

Euclides Maciel (PSDB) está deitando e rolando em Ji-Paraná, quando se fala em espaço político. Desde de que Jesualdo deixou de ser deputado estadual para se tornar prefeito, Euclides conseguiu se virar nos 30’’ e ocupou muito bem o espaço superando todas as expectativas.

O garoto foi embora

Agora que Neymar vai embora, quem ocupará a vaga dele de garoto-propaganda no Brasil?

Do jeito que estão as coisas, as propagandas vão sobrar mesmo para Ronaldo Gorducho e Reynaldo Gianecchini.

Governadoráveis em falta?

Aqui em Rondônia se fala em muita candidatura, mas, até agora, só tem mesmo assegurada a intenção da reeleição do governador Confúcio Moura (PMDB).

Plano à la Cassol

Alguma coisa se fala na possibilidade de Ivo Cassol sair candidato e tentar levar a candidatura dele até onde der a custa de liminar, para depois deixar a mulher dele, Ivone Cassol como substituta de última hora, mantendo o deputado federal Carlos Magno como vice.

Falando ao vento

Quando o deputado Hermínio Colhe vai dar uma entrevista todo mundo imagina logo: ele vai falar mal do governador Confúcio e de mais um mente de gente. Já perdeu a graça. Ninguém está dando mais bola. Isso vai desgastar Hermínio e ele poderá cair no descrédito.

Eleição em dois turnos

Marina Silva (Rede), Eduardo Campos (PSB) e Aécio Neves (PSDB) podem levar as eleições para presidente em 2014 para o segundo turno.

Marina conseguirá pelo mesmo 20% dos votos.  Eduardo Campos enfraquece Dilma no Nordeste e Aécio Neves consegue uma média interessante em nível nacional e a maioria dos votos de Minas Gerais. Ou seja: o sonho da Tia Dilma em fazer a reeleição no primeiro Turno, estacada vez mais distante.

No segundo turno é uma outra eleição.

 PMDB leva guerras estaduais com PT para Câmara

Se a presidenta Dilma acha que teve trabalho na votação da MP dos Portos, pode armar tropas para a batalha. A bancada do PMDB agora ameaça, além de negar apoio à sua reeleição, descarregar as broncas estaduais com o PT dificultando a votação de matérias de interesse do governo. O PT trava cabo de guerra com PMDB em Pernambuco, no Rio, Maranhão, Bahia, Mato Grosso do Sul, Ceará e Rio Grande do Sul.

Destituído

Deputados do PR garantem que faltam apenas três assinaturas para retirar Garotinho (RJ) da liderança do partido. A pedido do Planalto, o dono do PR, Valdemar da Costa Neto, tenta segurá-lo no cargo.

Sonho

Após conseguir assistir à Copa das Confederações fora das grades, os réus do mensalão sonham em atrasar julgamento até Copa do Mundo, na esperança de caírem no esquecimento caso o Brasil seja campeão.

 

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.