Sai a lista dos vereadores e empresários presos Jorge Teixeira

Roberto Gutierrez  – Vereadores, empresários e até uma secretária de Educação da cidade de Governador Jorge Teixeira foram presos na manhã de hoje sob suspeita quanto ao atentado à bala sofrido pelo radialista Hamilton Alves, em abril deste ano, além de fraudes relacionadas ao transporte escolar. As 10 prisões e 15 mandados de busca e apreensões, fazem parte das ações da Operação ABRINDO O JOGO, da Polícia Civil de Rondônia. Hamilton apresenta um programa na Rádio Nova Jaru FM (94,1).  O programa Abrindo o Jogo tem linha popular noticiosa recheada de críticas e combate aos desmandos.

Estão presos os vereadores Antônio Marcos Diógenes Cavalcante, o Paçoca (PRP); Neusa de Almeida Santos (PDT) e Eranides Pereira Santana (PT). Também estão presos dois filhos da vereadora Neuza:  Arnaldo e André Willian de Almeida Ferreira, o Dedé. Na casa deles foram encontrados dois revólveres.
A secretária de Educação Leoni Aparecida Cardoso da Silva também está presa, assim como o presidente da CPL e pregoeiro da prefeitura Douglas Almeida Ferreira, que também é filho da vereadora Neuza.

O dono da empresa de transporte escolar Raimundo José Coti, o Raí, foi levado para ser ouvido. Segundo a polícia, foi encontrado um revólver na casa do empresário.  Após ser ouvido,  pagou fiança por porte de arma e foi liberado.

Os empresários Teotônio Gomes Ferreira e Thiago Cirilo Simões, a contadora Nelci Alves de Oliveira e Nivaldo Moraes Aguiar, também estão presos à disposição da Justiça.

O radialista Hamilton Alves denunciou por diversas vezes indícios de corrupção e fraude em licitações no transporte escolar de Jorge Teixeira.

 

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.