Sargento do acidente que envolveu deputado de Rondônia tem morte cerebral

Folha de Rondônia –  O diagnóstico de morte cerebral põe fim ao sofrimento de nove dias do sargento Adão Freitas Ferreira, uma das vítimas do acidente automobilístico ocorrido em Ouro Preto do Oeste/RO no último dia 25 de novembro no qual envolveu também o deputado federal eleito Leo Moraes.  

Sargento Adão, que tinha 42 anos de idade, sofreu fraturas múltiplas e traumatismo craniano. O carro que ele dirigia, um Fiat Uno, aquaplanou, avançou a pista contrária e bateu contra a camionete SW4 na qual estavam três ocupantes: o deputado Leo Moraes, o motorista dele e um fotógrafo. Todos tiverem ferimentos leves. 

Com o sargento Adão estavam um menino de 12 anos que fraturou o braço direito e machucou o baço, e a namorada do sargento, que teve ferimentos leves.

Não há informação ainda se os aparelhos que mantém o corpo do sargento Adão serão desligados, ou se existe a possibilidade da doação de órgãos.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.