Sinal verde para ampliar HM de Ji-Paraná

Coletiva de imprensa marca lançamento da obra de ampliação do hospital munipal de Ji-Paraná
As empresas que ganharam a licitação já estão liberadas para iniciar a construção da oficina ortopédica, ampliação da ala administrativa e da clínica cirúrgica do HM

A prefeitura de Ji-Paraná emitiu hoje (27) ordens de serviço para três importantes obras na área da saúde. As empresas que ganharam a licitação já estão liberadas para iniciar a construção da oficina ortopédica, ampliação da ala administrativa e da clínica cirúrgica do Hospital Municipal Dr. Claudionor Roriz. O investimento total nessas três obras é de R$ 1,2 milhão.

A ampliação do Hospital Municipal, conforme anunciou o Prefeito Jesualdo Pires, prevê outras obras que serão iniciadas ainda este ano: construção de um centro de diagnostico por imagem, ampliação da cozinha e do refeitório, construção de leitos para UTI, o centro de Parto Normal, ampliação da Geriatria e dos ambulatórios, construção de um laboratório de análises clínicas e a construção do Pronto Socorro Infantil.

O vice-prefeito Marcito Pinto ressaltou que essas obras oferecerão aos pacientes uma estrutura mais adequada e aconchegante, além de atender uma demanda ainda maior de serviços que são oferecidos pela saúde pública de Ji-Paraná.

Quanto ao centro cirúrgico do hospital municipal, o investimento é na ordem de R$ 504 mil, sendo R$ 288 mil de emenda parlamentar do ex-deputado Carlos Magno (PP) e R$ 216 mil de contra partida do poder público municipal.

A ampliação vai melhorar as condições de trabalho e aumentar o número de leitos para os pacientes que fizerem cirurgias na unidade. “Essa ampliação chegou em um momento muito importante. Nós estamos fazendo cirurgias gerais e ortopédica, por isso, a demanda tem aumentado bastante. Com a ampliação vamos poder atender melhor aos pacientes, principalmente aqueles que permanecem por muito tempo internado. O local vai ser bem mais adequado e confortável”, informou o diretor do HM, Antelmo Ferreira.

O hospital municipal também vai contar com outra novidade. Será construída a ala administrativa que irá abrigar setores como o Serviço de Estatística Médica e Arquivo (SAMI). São R$ 343 mil de investimentos, R$ 300 mil de emenda parlamentar do ex-deputado Anselmo de Jesus (PT) e contrapartida da Prefeitura de Ji-Paraná de R$ 43 mil. A ampliação dará mais espaço para que os técnicos arquivem de forma adequada os prontuários dos pacientes e melhorarem os serviços administrativos realizados no HM.

Já a oficina ortopédica será construída no bairro Nova Brasília, na rua T-15, ao lado do Centro Especializado em Reabilitação Física, Auditiva e Intelectual (CER). O recurso é de R$ 360 mil, sendo R$ 250 mil do Ministério da Saúde e R$ 110 mil de contrapartida da Prefeitura de Ji-Paraná.

Segundo o secretário Municipal de Saúde, Renato Fuverki, a oficina é uma conquista do município, pois será vinculada aos serviços do Centro de Reabilitação. “Teremos técnicos preparados que farão a análise de cada paciente para construir ferramentas de recuperação na medida exata e de acordo com cada caso. Vamos oferecer a população a confecção e manutenção de próteses, muletas e outros meios auxiliares de locomoção”, explicou o secretário.

Participaram da Assinatura o Secretário Municipal de Planejamento, Pedro Cabeça, os dois ex-deputados autores das emendas, Anselmo de Jesus e Carlos Magno, os vereadores Lorenil Gomes, Claudia de Jesus, Silvia Cristina, Ida Fernades, Jonny Paixão, Dú Galdino, Marcelo Lemos, Clodoaldo Cardoso, Wellinton Isaú, Isaias Arnica, Joziel Brito, Edimilson Procópio e Obadias Ferreira.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.