Descartado surto de Meningite em Ji-Paraná

A morte de uma produtora rural do município de Mirante da Serra, diagnosticada com meningite no Hospital Municipal Claudionor Roriz em Ji-Paraná, acendeu um alerta sobre a doença. A Prefeitura Municipal de Ji-Paraná tranquilizou a população informando que não há risco de contaminação pela doença no município.

Ocorre que no último dia 14, deste mês de abril, o Hospital Municipal Claudionor Roriz recebeu a paciente vinda de Mirante da Serra com suspeita de meningite. A paciente estava internada na unidade de saúde daquela cidade há vários dias. Por conta da gravidade do caso clínico ela foi encaminhada para um hospital particular de Ji-Paraná, e depois para o Hospital Municipal, onde foi diagnosticada a doença. O caso da mulher de 60 anos era grave e ela acabou vindo a óbito nesta segunda-feira (15).

A Secretaria Municipal de Saúde de Ji-Paraná ressalta que diagnosticou a paciente com meningite, tão logo ela deu entrada na unidade hospitalar e, realizou todos os procedimentos e profilaxias que o caso requer, estabelecendo as medidas preventivas de saúde da população.

Segundo o diretor do Hospital Municipal, Rafael Papa, durante coletiva de imprensa nesta quarta-feira (17), a doença é grave, mas não existe surto de meningite em Ji-Paraná. A transmissão só é possível por meio de secreções, ou seja, é preciso um contato contínuo para contrair a doença.

Todos os cuidados foram tomados dentro da unidade hospitalar visando garantir a segurança e a saúde de servidores, demais pacientes, e da população como um todo.

De acordo com o diretor do Departamento de Vigilância em Saúde, Thiago Butzske, a Prefeitura de Ji-Paraná tem adotado continuamente medidas de controle para prevenir epidemias de meningite.

“Nós não temos casos de meningite registrados em Ji-Paraná. Mas adotamos rotineiramente medidas preventivas como o diagnóstico precoce e com a internação de pacientes com sintomas da doença e vacinação das pessoas de acordo com o calendário vacinal. Neste caso específico, já comunicamos os órgãos competentes, a família da paciente, os hospitais por onde ela passou e o Departamento de Vigilância em Saúde de Mirante da Serra”, explicou o diretor.

O Ministério da Saúde recomenda a vacina contra a meningite para crianças menores de cinco anos e adolescentes de 11 a 14 anos. As salas de vacinas do município disponibilizam as doses gratuitamente.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.