Marcos Rogério apresenta projeto para sustar reajuste na energia

Um dia após a Aneel confirmar reajuste tarifário em 25% no estado de Rondônia, o deputado e senador eleito Marcos Rogério (DEM-RO) apresentou projeto para suspender a cobrança.

O reajuste entrará em vigor a partir dessa quinta-feira, 13 de dezembro, mas para Marcos Rogério a cobrança é ilegal. “As indenizações devidas às concessionárias ao final de suas concessões devem ser pagas pelo Poder Concedente, e não pelos consumidores”, disse.

Marcos Rogério apontou ainda que o índice cobrado no reajuste, de 25%, chega a ser imoral. “É aviltante constatar que a Agência Reguladora concede um aumento de mais de 25% sobre a tarifa imediatamente depois de vender a distribuidora à iniciativa privada por preço simbólico, e de divulgar amplamente à população que haveria redução no preço da energia”, lembrou.

Este é o primeiro reajuste tarifário da Centrais Elétricas de Rondônia (Ceron) após o leilão da distribuidora para o Grupo Energisa. A Ceron atende 641 mil unidades nos 52 municípios do estado.

O PL 1106/18 foi apresentado nessa quarta-feira (12/04) na Câmara dos Deputados, e deve ser direcionado às comissões competentes para análise.

Ludmila Lucas

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.