Denúncia aponta irregularidades na nomeação da diretora-adjunta do Detran/RO

Que travessura ela estaria fazendo, que está chamando tanto a atenção no Governo Marcos Rocha e, porque a Benedita, mesmo diante de tantas denúncias, continua no governo do Coronel?

Oque estaria por trás desta mulher, que mesmo contrariando os padrões adotados pelo novo governo, continua no Detran-RO, e, pior: fazendo tudo de errado e nada lhe acontece?

Todos conhecem a origem do termo “será o Benedito?!!”

Não? Vou contar.

Geralmente toda criança ao fazer uma travessura, lá vem a vó com aquela cara que mistura decepção e impaciência e exclama: “mas, será o Benedito?”

Por isso que de perguntamos: Será mesmo o Benedito?

Será que o Governador Marcos Rocha sabe de tudo?

Ou ela conseguiu enganá-lo?

A versão mais aceita quanto  à origem do termo “será o Benedito” teria surgido na década de 1930, em Minas Gerais, quando o então presidente Getúlio Vargas demorava muito para nomear um interventor para aquele Estado.

Naturalmente, a demora gerou inquietação entre os adversários políticos de um dos candidatos ao posto, cujo nome era Benedito Valadares, que perguntavam “Será o Benedito?”.

A Benedita do Detran de Rondônia é um pouquinho diferente, ela já foi nomeada, mas a história também se desenrola no campo político.

Na história do Benedito de MG, todos tinham dúvidas de quem Getúlio Vargas iria nomear como interventor e, poderia ser o Benedito.

Aqui em Rondônia já foi nomeada a Benedita que está “intervindo” em tudo.

Dizem que a intervenção é tanta, que o Diretor-geral do Detran-RO prefere perguntar à ela antes, do que depois, ter que voltar atrás em alguns assuntos do Detran.

Será Benedita?

Não podemos afirmar, mas são os boatos que correm a boca grande.

Algumas histórias fazem sentido. Por exemplo: A auto escola Fórmula 1, que pertence à Benedita, teve o processo de transferência de sócios no dia 04 de janeiro de 2019, e o registro na Jucer (Junta Comercial), no dia 11 de fevereiro de 2019, quando ela já era Diretora-Adjunta do Detran. Eita!!!

Benedita levada!!!

Será que o papai sabia?

Isto não pode. Isto é ilegal. Isto é incompatível.

Ahhh, menina traquina!!!.

Mas como toda menina traquina, a Benedita não está se contendo somente com as autoescolas.

Tem boatos de que ela já está fazendo traquinagem, autorizando sistema de informática, com interesses pessoais.

Será o Benedito?!!

Tem também, várias ações com interesses próprios, a exemplo do projeto “Anjos do Trânsito”.

Mas pode isto?

Bem, até agora pode, pois todos sabem e ninguém faz nada.

Só isto? Não. Tem mais.

A Diretora de educação de trânsito, a servidora pública da secretaria municipal de educação de Ariquemes e prestadora de serviços, naquela cidade, nas empresas credenciados pelo Detran, de propriedade da Diretora-Adjunta Benedita, fora cedida para o Detran de Porto Velho, a pedido da Benedita, e nomeada em cargo estratégico, que além da educação de trânsito, tem em seu comando a Escola Pública de trânsito, que é concorrente direta da empresa Evolução Cursos Profissionalizantes, que também é credenciada pelo Detran e de propriedade da diretora-Adjunta, que fiscaliza e homóloga os certificados das credenciadas.

Como ato inicial, a pedido da Benedita, teria sido publicado o calendário de cursos para vários municípios, exceto região de Ariquemes. Será Benedita?

Porque não para Ariquemes?

Seria para não atrapalhar os negócios das empresas transferidas de lá?

Até agora a pergunta que não quer calar é: Porque diante de tantas provas evidentes, e outras que podem ser colhidas na JUCER-RO, o que tem a Benedita, apesar da traquinagem, para continua no poder?

Talvez diante de tantas provas, o Governador ainda tenha dúvida. Será o Benedito?

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.