Exportação para a China abre espaço para reajuste no mercado interno

Arroba-do-boi-em-rondonia

A China habilitou 25 novas plantas brasileiras de carne, segundo informou o Ministério da Agricultura. O aumento do escoamento do produto para exportação resulta em uma menor oferta doméstica, que abre espaço para reajustes no mercado interno, onde o cenário é positivo pelo alto número de doenças da peste na China.

O primeiro efeito foi alta no mercado futuro do boi gordo, além da movimentação das ações dos frigoríficos. A expectativa é que para os próximos meses os preços do mercado doméstico também tenham mais efeito, informa o  analista da Safras & Mercado, Fernando Iglesias.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.