Deputados querem privatizar Correios e Eletrobras – notícia comentada

Uma pesquisa feita pelo site JOTA, no Congresso Nacional,  revela que a privatização dos Correiros e da Eletrobras têm maior apoio entre os parlamentares. Os números revelaram que, dentre os 53,3%  dos deputados entrevistados pelo JOTA, 52,9% se dizem a favor que sejam privatizados os Correios e a Eletrobras.

Opinião do editor

O editor deste site, Roberto Gutierrez, entende que, privatizar os Correios não os tonariam mais eficientes, sem contar que os custos cobrados pelos serviços poderiam ser elevados com maior intensidade, não necessariamente porque passaria para a iniciativa privada, mas, porque esta é uma tendência natural de uma empresa da iniciativa privada quando não tem concorrência para o serviço que oferece. Nem mesmo uma agência reguladora teria freios suficientes para conter as planilhas de custo que seriam apresentadas para justificar os reajustes de tarifas.

Quanto à privatização da Eletrobras, trata-se de um conceito equivocado achar que melhoria alguma coisa. Mais uma vez correia risco igual do que poderia acontecer com a privatização dos Correios. A solução não está na privatização da Eletrobras, mas, abrir oportunidades para empresas, inclusive, de capital estrangeiro, se instalarem para produzir energia elétrica e vender diretamente para as concessionárias, aumentando assim a concorrência, o que, em tese, repercutiria em preços mais competitivos e eficiência. O que acontece hoje em Rondônia com venda da Ceron/distinguidora para  a Energisa, além dos ajustes que ela tem que fazer com choque de gestão é, principalmente, a falta de concorrência.

 

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.