Análise final do debate de governdor no SGC

Eleições 2014
Roberto Gutierrez Comenta debate no SGC dos candidatos a governador de Rondônia

Resumo da ópera

A experiência de Confúcio Moura deu ao ele um momento brilhante no debate – Nas considerações finais.
Chamou o discurso dos concorrentes de pura demagogia quando falam sobre o sofrimento das vítimas das enchentes e de soluções fantasiosas.

Interessante foi observa que, apesar do Governador Confúcio Moura ser o Boneco de Paulada de Plantão das Críticas, foi Expedito Junior, o mais atacado.
É difícil dizer quem foi o mesmo pior, mas, no conjunto da obra, Jaqueline Cassol, estava tecnicamente mais preparada apara o debate, no entanto, ela ainda deixa transparecer superficialidade, ou seja, transpira respostas decoradas ou exaustivamente interpretadas no espelho do quarto ou do banheiro. Ela tem futuro político.
Pimenta de Rondônia é um peixe fora d’água. Nem parece que é do PSOL. Se fosse o candidato ao senado do PSOL no lugar do Pimenta, colocaria muita gente do debate no bolso.

Quanto a pessoas tem facilidade de comunicação, basta ter informação. Com informação e segurança no que está falando, é possível convencer. O que percebi foram momentos de raciocínio lento nas argumentações e muita falta de informação em alguns temas.
A emissora foi muito bem, sob o comando do meu amigo Solano Ferreira, com participações de Adão e Karina Quadros.

Publicado em Coluna do Gutierrez | Deixar um comentário

Debate para governador – Educação

Eleições 2014
Roberto Gutierrez Comenta debate no SGC dos candidatos a governador de Rondônia

Confúcio pergunta Educação.
Pergunta Se Padre Tom dará continuidade ao trabalho do governo Confúcio, aja vista, o bom desempenho do Estado no IDEB.

Padre Tom disse que a meta é cumprir as metas editadas pela Presidente Dilma. Disse que contará com o dinheiro do Pré-Sal, que vai erradicar o analfabetismo e cumprir meta de educação integrar nas escolas públicas. Quer pelo menos 15%.
Aliás, esse é o único tema que Padre Tom estudou com mais afinco. No entanto, ele deixa claro que não tem plano de governo para educação, mas, apenas a Presidente Dilma Rousseff.

Confúcio foi habilidoso ao agradecer os professores pelo resultado do IDEB. Apresentou números que justificaram o IDBE.

Tom volta a mostrar despreparo ao dizer que indicação de secretário de Estado tem a ver com meta de IDEB ao ensino médio.

Publicado em Coluna do Gutierrez | Deixar um comentário

Debate para governador no SGC

Eleições 2014
Roberto Gutierrez Comenta debate no SGC dos candidatos a governador de Rondônia.

Parece piada, mas, foi tempo de mais dado aos candidatos para responder por que quer ser governador de Rondônia. Não foi perguntado quanto anos tem de Rondônia ou o que fez ou aquilo que gostaria de ter feito. Candidatos demostraram insegurança demais.

Tema – Mobilidade.
Expedito Pergunta ao Governador. Qual a política de mobilidade urbana?
Confúcio Responde: projeto de pavimentação asfalta e rodovias coletoras. Programa de mobilidade as pessoas portadores de necessidades especiais. Órgãos públicos sendo orientado a melhorar as vias de acesso a cadeirantes.

Análise de Roberto Gutierrez – Confúcio foi muito fraco nesse tema.

Expedito descasca governador dizendo que não existe parceria com a prefeitura para melhorar a mobilidade Urbana. Expedito fala que é preciso o Anel viário.
Confúcio: Expedito é que não conhece Porto Velho. “Estamos fazendo 150 quilômetros de asfalto de Porto Velho.” De que o governo assume compromissos que não são de competência do governo.

Análise de Roberto Gutierrez – A resposta de Confúcio e o ataque de Expedito Júnior, não contribuíram com nada para esclarecer algo ao debate.

Já a pergunta de Confúcio feito ao candidato Pimenta, “Se eleito o que fará pela moradia de Rondônia”. Foi perda de tempo. Pimenta se atrapalha com o próprio despreparo.

 

Padre Tom pergunta a Jaqueline Cassol sobre desmatamento, meio ambiente e pastagem.
Jaqueline foi convincente na resposta.

Análise –
Na réplica, Padre Tom deixou claro que não entende nada de meio ambiente. Infelizmente, pra ele, deixou que não estava preparado para debater sobre meio ambiente.

 

No bloco em que Jaqueline pergunta a Expedito sobre segurança pública.
Expedito foi bem na respostas, mas, Jaqueline Cassol conseguiu ser maquiavélica ao tentar colocar Expedito em maus lenções com agentes penitenciários ao sugerir que Expedito vai demiti-los e para privatizar o sistema prisional.

 

Para Tom pergunta ao governador sobre habitação.
Padre Tom demostrou mais suma vez que não tem informação sobre regularização fundiária. É preciso explicar ao padre que, até para atacar alguém politicamente, é preciso talento.

 

Confúcio Moura Pergunta sobre que Padre Tom fará pelo Esporte, uma vez que o atual governo reativou os Jogos Escolares.
Padre Tom acha que recriar uma secretaria poderá resolver alguma coisa. Dá pena do Padre Tom tamanha insegurança para ao tema. Aliás, só faltou ele dizer que reeditará quermécia e corrida de saco.
Confúcio acabou deitando e rolando em cima do TOM.
Esqueceram ainda de dizer ao Padre Tom que futebol profissional é privatizado.
Padre Tom diz que colocou um milhão de reais para cultura e esporte e o governo Confúcio sequer conseguiu fazer projeto para usar esse dinheiro.

 

Pimenta x Jaqueline Cassol
Pimento, coitado, definitivamente está sem aproveitamento técnico.
Pimenta diz que não quer pai de criança. Que tinha balsa em Porto Velho para tirar Ouro. Pimenta diz que fez chupeta no Madeira. Kekekekekekeke

Saúde – Jaqueline Cassol consegue deitar e rolar em cima do pobre do Pimenta ao falar sobre saúde por conta da resposta do candidato do PSOL.
Muito embora Jaqueline deixe transparecer que são frases decoradas. Isso não significa similaridade entre discurso e execução.

 

Embate Jaqueline X Expedito
Expedito consegue ferrar Jaqueline Casaol com relação ao saneamento. De lambuja, ainda dá um ‘cascudo’ no Confúcio Moura, só que Jaqueline assume a incompetência ao dizer que Expedito Júnior – fez parte do governo Cassol na condição do senador. “O senhor fez parte do governo e não trouxe dinheiro para saneamento”.

Comentário deste editor.
Tanto Jaqueline e Expedito precisam saber que saneamento básico é parte de um programa do Governo federal, pois os estados não têm com realizar. Aliás, se prefeito e governo fizessem pelo menos galeria pluvial – tubulação para escoar água das chuvas – já estaria de bom tamanho.

 

 

 

Publicado em Coluna do Gutierrez | Deixar um comentário

Sabonete íntimo demais ataca nas rádios

Está virando esculhambação essas propagandas de Remédio nas rádios. Tem mais de um ano que estão anunciando um tal de remédio amargo. O remédio cura até coceira de escapamento. O engraçado é que a propaganda frisa bem que é amargo legítimo dando a entender que tem outro amargo concorrente que não chega nem aos pés de um beijo grego. Hehehehe.

mutley_120_120_256_9223372036854775000_0_1_0De uns dois meses pra cá, virou febre, também, propaganda de sabonete líquido íntimo pra lavar perseguida. O texto apela dizendo que tira da parte a ser limpa, restos de cocô, meleca de macho, casca de banana e tira odores similares ao bacalhau. Se não ficar cheirosinha, exija o dinheiro de volta.

Publicado em Coluna do Gutierrez | Deixar um comentário

Acabaram com os encantos de uma eleição

A participação popular fazendo festa no plebiscito que decidiu o futuro da Escócia foi bonito. Isso deve ter deixando muito brasileiro com um pouquinho de inveja, mesmo porque, eleição aqui está parecendo velório: não tem mais comício, show. Hoje em dia não se pode nada! Não vai tem nem transporte de graça para eleitor. Pensa como era legal: todo mundo saindo do sítio para vir pra cidade chupar picolé e contar na beira do asfalto!  Essa frieza somada às notícias requentadas de corrupção tornaram as eleições no Brasil uma coisa chata – dia de finados.

Publicado em Coluna do Gutierrez | Deixar um comentário

Eleitor que não entende nada, da nisso!!!

Muttley-smallTem maluco aqui em Rondônia dizendo que vai votar no candidato fulaninho da Farmácia achando que pode ficar mais fácil descolar um Rivotril no meio da noite!

Só falta agora alguém achar que, ao votar no Negão do Varal, vai descolar um pregador de graça. Ou então, dizer que vai votar no Cagado porque anda ressecado ou na esperança de conseguir papel higiênico.

 

Publicado em Coluna do Gutierrez | Deixar um comentário

Desabafo mostra intimidade

O desabafo de Emerson Sheik é muito estranho porque ele chama a “CBF de você”. CBF, você é uma vergonha!”

Que falta de respeito. Sheik poderia ter usado Tia CBF, Dona CBF ou até Comadre CBF. Chamar a CBF de você é muita intimidade.

Publicado em Coluna do Gutierrez | Deixar um comentário

Confúcio ‘Casanova’ e Expedito ‘pé-inchado’ – começou a sacanagem eleitoral  

espedito e confucioPor Roberto Gutierrez) Fim de campanha acontece de tudo. Disseram que Confúcio tem amante e que Expedito é cachaceiro e jogador de baralho. Se isso fosse defeito no Brasil, Lula não teria sido presidente da República duas vezes. Isso aqui não é Estados Unidos da América, que o povo deixa de votar por conta de uma puladinha de cerca. Com se as pessoas que estão espalhando fossem algum tipo de santo para não terem defeito.

Aliás, já tivemos governador que fumava maconha, prefeito que cheirava cocaína, governador que era corno toda semana, deputado que traficava cocaína, deputado que não pode ver um rabo de saia, senador que era pervertido… agora já não dá mais conta.

Se estão dizendo que o Confúcio tem amante, então a onda dele não seria Amarela, seria onda Azul, a do viagra!! Hehehehe. Se estiver fazendo isso, faz muito bem feito, pois nem o Padre Tom, se ouvisse isso no confessionário iria acreditar. Confúcio – o Garanhão. Hehehe.

Se o Expedito Júnior toma cachaça, joga baralho e não me convida, é um belo de um filho de uma santa!! Hehehehe Mas, se chegares ao governo, é bom não decidir a distribuição de secretaria na Cacheta que tua mão anda numa maré brava. Hehehe.

Vamos nos ater a plano de governo, consistência de propostas, verificar quem está por trás de quem para decidir quem seria o melhor ou o menos pior pra Rondônia.

Que venha o segundo Turno!!!!

 

Publicado em Coluna do Gutierrez | Deixar um comentário

Primeiro comando do Cassol não seria da Papuda

19-09-2014-10-49-56Para que não reste dúvida e o povo pare de fazer comentários maldosos. Cassol não ficará preso na Papuda. A pena dele, de pouco mais de quatro anos, é prisão domiciliar – aquela que o cabra fica com uma pulseirinha eletrônica na canela. Portanto, caso a irmã caçula dele ganhe o governo de Rondônia, o primeiro comando do Cassol para ajudar a irmãzinha de chapinha à governar Rondônia não será da Papuda ou do Urso Panda – ele faria isso de casa mesmo.

Publicado em Coluna do Gutierrez | 1 comentário

Humor: Vote no cavalo do Amorim

amorin3Já tem três semanas que vejo a propaganda de um candidato montado em um cavalo de cruzamento com ‘Dálmata’ que está deixando muita gente na dúvida. O slogan é assim: “Quem trabalha não tem defeito”.

Ora bolas, se o candidato está montado no bicho passeando, logo, o pedido do voto é para o cavalo! Hehehehe.

Vote no Cavalo do Amorim. Ele também dá coice, mas, na pior das hipóteses, só pode chegar a condição de um tripa-suja, jamais ficha suja. Hehehehe

Pior mesmo é se meu amigo Amorim for para a Venezuela de cavalo, muita gente vai achar que o Hugo Chaves ressuscitou. MILAGRO, MILAGRO!!!! EL COMANDANTE ESTÁ VIVO!!!!

Publicado em Coluna do Gutierrez | Deixar um comentário

STF não conhece do recurso de Ivo Cassol e poderá executar pena

(Com a redação do Tudo Rondônia) O último recurso do senador Ivo Cassol (PP) antes da execução de sua sentença de condenatória de 4 anos, 8 meses e 26 dias de detenção em regime semiaberto foi julgado Na tarde desta quinta-feira pelo Supremo Tribunal Federal (STF), que sequer conheceu dos embargos de declaração interpostos por ele.

Por unanimidade e nos termos do voto da relatora, ministra Carmen Lúcia, o recurso (embargos de declaração) não foi conhecido.

Com a decisão desta quinta, o STF poderá, a partir da publicação no Diário Oficial, determinar a execução da pena do senador rondoniense, que deve perder o mandato para o suplente, seu pai, reditário Cassol.
Leia a sdecisão sobre o julgamento:

Decisão: O Tribunal, por unanimidade e nos termos do voto da Relatora, não conheceu dos embargos de declaração. Ausentes, justificadamente, o Ministro Celso de Mello e, participando do “Yale Global Constitutionalism Seminar”, na Universidade de Yale, o Ministro Roberto Barroso. Presidiu o julgamento o Ministro Ricardo Lewandowski. Plenário, 18.09.2014.

ENTENDA O CASO

STF condena senador Ivo Cassol e corréus por fraude a licitações

O Plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) concluiu, no dia 8 de agosto de 2013, o julgamento da Ação Penal (AP) 565 e condenou, por unanimidade, o senador Ivo Cassol (PP-RO) pelo crime de fraude a licitações ocorridas quando foi prefeito da cidade de Rolim de Moura (RO), entre 1998 e 2002. Foram condenados ainda os réus Salomão da Silveira e Erodi Matt, respectivamente presidente e vice-presidente da comissão municipal de licitações, à época dos fatos. Prevaleceu o voto da relatora, ministra Cármen Lúcia, que absolveu os empresários denunciados por falta de provas e rejeitou a acusação de formação de quadrilha.

Relatora
Seguiram o voto da relatora os ministros Teori Zavascki, Rosa Weber, Gilmar Mendes e Celso de Mello. Todos eles condenaram, pela prática do crime de fraude a licitação, o senador, o presidente e o vice-presidente da comissão de licitação do município à época. Para os ministros, ficou comprovada a participação em esquema que beneficiava empresas em licitações para a contratação de obras no município de Rolim de Moura (RO), entre os anos de 1998 e 2001, quando Ivo Cassol era prefeito da cidade.

Assim como a relatora, os ministros que a acompanharam também consideraram que o crime de quadrilha não ficou configurado, uma vez que o Código Penal prevê um mínimo de quatro integrantes para a configuração de tal delito.

Revisor
Os ministros Roberto Barroso e Ricardo Lewandowski seguiram integralmente o voto do revisor, ministro Dias Toffoli. Já os ministros Marco Aurélio e Joaquim Barbosa também seguiram em grande parte o voto do revisor, mas divergiram quanto à tipificação do crime de quadrilha.

O revisor divergiu da relatora ao entender que os sócios administradores das empresas beneficiadas participaram da prática criminosa, por isso, votou pela condenação dos réus Anibal de Jesus, Neilton Soares dos Santos, Izalino Mezzono e Josué Crisóstomo pelo crime previsto no artigo 90 da Lei 8.666/93.

Dias Toffoli e os ministros que o acompanharam também absolveram os réus Ivalino Mezzono e Ilva Mezzono Crisóstomo, por não terem participado da administração das empresas das quais eram sócios. Em relação ao crime de quadrilha, o revisor absolveu todos os acusados, por considerar que não teria havido associação para a prática indeterminada de crimes.

Quadrilha
Os ministros Marco Aurélio e Joaquim Barbosa ficaram vencidos com relação à configuração do crime de quadrilha. O ministro Joaquim Barbosa observou que o artigo 288 do Código Penal define o crime como “associar-se três ou mais pessoas em quadrilha ou bando para o fim de cometer crimes”, sem especificar os tipos de crimes. “Pode ser qualquer crime”, avaliou. Para ele, o fato de serem praticados crimes idênticos ao longo de mais de quatro anos não é relevante para a caracterização do delito. “A regra é que as quadrilhas pratiquem crimes idênticos ou semelhantes, ou seja, há, normalmente, a especialização dos agentes na prática de determinados crimes e não de outros”.

O ministro Joaquim Barbosa considerou que a característica da união estável e permanente do grupo criminoso tipifica também a conduta do artigo 288, e entendeu como configurada a prática do crime de quadrilha em diversos procedimentos licitatórios realizados pela prefeitura entre 1998 e 2002. “As empresas foram criadas tão logo Ivo Cassol foi eleito prefeito”, observou. “Eram empresas que inexistiam antes da vitória dele e passaram a funcionar para o fim exclusivo de fraudar”.

Resultado
Por unanimidade, os ministros do STF condenaram os réus Ivo Cassol, Salomão da Silveira e Erodi Matt pela prática do crime de fraude a licitação (artigo 90 da Lei 8.666/93 – Lei das Licitações). Esses mesmos réus foram absolvidos, por maioria, quanto à imputação de quadrilha (artigo 288 do Código Penal), vencidos os ministros Marco Aurélio e Joaquim Babosa. Já os réus Ivalino Mezzono e Ilva Mezzono Crisóstomo foram absolvidos dos dois crimes por decisão unânime.

Os demais réus – Aníbal de Jesus Rodrigues, Neilton Soares dos Santos, Izalino Mezzono e Josué Crisóstomo – foram absolvidos em razão de empate dos votos – o ministro Luiz Fux não votou por estar impedido no processo –, ficando vencidos os ministros Dias Toffoli, Roberto Barroso, Ricardo Lewandowski, Marco Aurélio e Joaquim Barbosa, considerado o delito de fraude a licitação. Aníbal, Neilton, Izalino e Josué também foram absolvidos quanto à acusação do crime de quadrilha, vencidos na votação os ministros Marco Aurélio e Joaquim Barbosa.

Penas
Na dosimetria da pena, prevaleceu o voto do revisor, ministro Dias Toffoli. Ivo Cassol foi condenado a 4 anos, 8 meses e 26 dias de detenção em regime semiaberto e ao pagamento de multa (artigo 99 da Lei de Licitações) de R$ 201.817,05. A relatora, ministra Cármen Lúcia, votou pela aplicação de 5 anos, 6 meses e 20 dias de detenção em regime semiaberto, seguida pelos ministros Celso de Mello e Joaquim Barbosa.

Em relação ao mandato de senador da República, por maioria, decidiu-se pela aplicação do artigo 55, inciso VI e parágrafo 2º, da Constituição Federal, segundo o qual a deliberação compete à Casa Legislativa. Nesse ponto ficaram vencidos os ministros Marco Aurélio, Gilmar Mendes, Celso de Mello e Joaquim Barbosa, que votavam pela perda imediata do mandato com o trânsito em julgado da condenação.

Salomão da Silveira e Erodi Matt foram condenados a 4 anos, 8 meses e 26 dias de detenção em regime semiaberto, multa de R$ 134.544,70 e à perda do cargo ou emprego públicos que eventualmente exerçam.
Em relação à multa, ficaram vencidos os ministros Teori Zavascki, Ricardo Lewandowski e Marco Aurélio, que entendiam como incabível essa pena no caso concreto.

Publicado em Coluna do Gutierrez | Deixar um comentário

Onda agora é ser colorido – a turma está de onda!!

Ta_Dando_Onda_grEsse negócio de onda dos candidatos em Rondônia é bom demais. Confúcio Moura lançou a Onda Amarela. Como ele é médico, dá a ligeira impressão de febre. Gente, bota um ruge pra melhorar a cor. Hehehehe. Só falta agora o Cassol anunciar o lançamento da Onda Loira!!! Uma loira de chapinha no comando!!! Hehehehe. Melhor mesmo é a Onda Azul, lançada pelo Bianco. Faz lembrar Viagra. Essa, todo mundo apoia. ‘Aí que ser duro, pero sin perder la tesão’!!!! Portanto, Viagra neles. Hehehe.

Publicado em Coluna do Gutierrez | Deixar um comentário

Morte ou ressurreição política de um Narciso?

ivo-e-valdemiro-jpgQuem se acha bom demais, acaba tropeçando. É o que sinaliza acontecer com o senador Narciso Cassol (PP-RO).  Corre o risco de não eleger nem a irmã caçula governadora, e nem a ex-primeira-dama senadora. Quanto às eleições proporcionais, Narciso sabia que a coligação em torno das candidaturas a deputado federal era muito fraca, tanto, que não se opôs que a ex esposa do pai dele, a qual Ivo não esconde que não morre de amores, saísse candidata. Não fosse isso, ele não teria desistido do plano inicial de colocar uma das filhas candidata a deputada federal. Aí o risco de fracasso poderia ser ainda maior, ou não!

Mas, uma coisa, é preciso destacar: Narciso Cassol sabe o que está fazendo. Ele é altamente estrategista, pois, ao lançar a mulher e a irmã caçulinha candidatas, sem sombra de dúvidas, uma delas têm 90% de chance de se eleger daqui a quatro anos senadora, haja vista que que nessa disputa haverá duas vagas.  A coisa só se complicaria um pouco se Expedito Júnior não se eleger governador, pois aí teríamos Valdir Raupp (PMDB) à reeleição do Senado e, certamente, Expedito Júnior (PSDB) tentando a outra vaga.

Narciso Cassol teria elaborado toda essa estratégia, não por causa da condenação de prisão domiciliar com pulseira eletrônica no tornozelo que ele será obrigado a usar, mas, porque sabe que tem outros processos contra ele que poderão deixa-lo com a ficha suja   por pelo menos mais duas eleições. Preparando politicamente quem ele confia, não ficará de fora do poder.

Aliás, Cassol joga certo aos próprios interesses (do ponto de vista de sobrevivência até de egoísmo) ao ousar capitanear pra ele dois votos no Senado e ainda um governo de Rondônia de lambuja.

Como disse o irmão dele, César Cassol, prefeito de Rolim de Moura, “Ivo tem muita sede de poder”, após ter comparado o irmão a uma cadela.

Publicado em Coluna do Gutierrez | Deixar um comentário

Expedito espera crescer ainda mais nas pesquisas eleitorais

EXPEDITO JR0010O resultado da última pesquisa Ibope, divulgado a pouco mais de duas
semanas das eleições, alterou o humor dos adversários do candidato que
lidera a corrida sucessória, Expedito Junior.

Os dois concorrentes mais diretos correram para tentar desacreditar a
pesquisa e desqualificar o instituto, embora seja o principal referencial
em pesquisas eleitorais do país. Se apegam os adversários de Expedito, à
sondagens que não se confirmaram nas urnas em disputas anteriores.

Em meio às reações raivosas, o candidato Expedito Junior assiste
impassível aos resmungos e muxoxos. Para ele, as pesquisas servem para
mostrar o momento eleitoral em que foram feitas e este é o sinal a ser
captado.

“Na pesquisa anterior do Ibope, em que fomos posicionados na segunda
colocação, não contestamos nem reclamamos. Aceitamos os números e demos
continuidade ao nosso trabalho de levar nossas propostas de melhorias dias
à população rondoniense, embora soubéssemos que estávamos em franco
crescimento. Outras pesquisas, para orientação da campanha, nos mostravam
essa trajetória”.

Segundo o candidato tucano, a mais recente pesquisa do Ibope mostrou uma
tendência ainda em consolidação. Por ela, o candidato oficial teria
atingido o teto, próximo dos 30 pontos, enquanto que a terceira colocada
entrou em queda. Liderando a disputa, ele continua a curva ascendente.
“Nossa candidatura vai crescer ainda mais. Temos números internos que
mostram essa oscilação muito próxima do que foi constatado pelo Ibope. O
eleitorado está mais receptivo às nossas propostas, por ver nelas a
resposta para suas necessidades e esperanças”, disse ele.

Publicado em Coluna do Gutierrez | Deixar um comentário

Comemorado em Ji-Paraná o Dia do Surdo

Uma cerimônia no auditório da Secretaria Municipal de Educação – Semed, na manhã de hoje, abriu a Semana Comemorativa Ao Dia Nacional do Surdo, que é lembrado todo dia 26 de setembro. Este ano, por causa do período eleitoral, não haverá a passeata de alunos, pais e professores pelas ruas da cidade. A sensibilização da população à inclusão dos surdos se dará, principalmente, por meio de palestras em instituições de ensino.

O tema deste ano é “Por uma educação bilíngue para surdos”, enfatizando a importância da comunicação na inclusão social do surdo por meio da língua Brasileira de Sinais (Libras).

A realização do evento é uma parceria entre a Coordenadoria Regional de Ensino (CRE) de Ji-Paraná e a Semed. Juntos, Estado e Município são responsáveis pelo atendimento de alunos surdos ou com surdez parcial em Ji-Paraná.

Na programação de hoje e amanhã da Semana Comemorativa Ao Dia Nacional do Surdo está a Divulgação da Cultura Surda com stands de apresentação e exposição na Universidade Federal de Rondônia – Unir/Ji-Paraná pelo período da tarde e noite. Uma palestra com o tema “Acessibilidade Linguística e Cultura dos Surdos na Universidade” está agendada para amanhã, 18, a partir das 19 horas, no auditório da CRE. O mesmo trabalho será levado à Universidade Luterana do Brasil – Ulbra/Ji-Paraná e à Unijipa, nos dias 19 e 23, respectivamente.

 

Sonho possível

Na cerimonia da abertura da Semana Comemorativa Ao Dia Nacional do Surdo, a Superintendente de Ensino da Semed, Edilaine Nogueira, representando a secretária de Educação, Leiva Custódio Pereira, emocionou surdos, familiares e professores/interpretes ao falar sobre a difusão da Libras nas escolas.

“Nós que trabalhamos com educação temos o sonho de não só garantir o direito de inclusão do surdo, como também de um dia fazer com que a Libras faça parte do currículo escolar. Formar professores para entender o que o surdo diz ainda é limitado, o ideal seria que todo estudante pudesse aprender a linguagem dos sinais para que pudesse se comunicar com o surdo, para que ele não se sentisse isolado mesmo estando no meio de muita gente”, disse Edilaine.

 

Publicado em Cotidiano | Deixar um comentário

IBOPE diz que Acir lidera rumo ao Senado

(Tudo Rondônia) O senador Acir Gurgacz (PDT) tem 30% das intenções de voto para o senado; Ivone Cassol, do PR, 23%, Rubens Moreira Mendes, do PSD, 16%, aponta pesquisa do IBOPE encomendada pela Rádio e Tv do Amazonas e divulgada nesta quarta-feira, 17.
De acordo com a pesquisa, Aluízio Vidal, do PSOL, tem 8 % das intenções de votos. Os indecisos somam 15% e 9 % declararam que vão votar em branco ou nulo.

Na última pesquisa divulgada em 11 de agosto, Acir e Ivone estavam tecnicamente empatados com 26% e 25%, respectivamente, Moreira tinha 17% e Aluízio, 5%.

Veja os números do Ibope para a pesquisa estimulada:

Acir Gurgacz (PDT) – 30%
Ivone Cassol (PP) – 23%
Moreira Mendes (PSD) – 16%
Aluizio Vidal (PSOL) – 8%
Brancos ou nulos – 9%
Não sabe ou não espondeu – 15%

Dados da pesquisa
O Ibope realizou a pesquisa de 13 a 15 de setembro e ouviu 812 eleitores. A margem de erro estimada é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança utilizado é de 95%, o que significa dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral, considerando a margem de erro.
A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RO) sob o protocolo Nº RO-00032/2014 e no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob protocolo Nº BR-00655/2014.

*Com informações do G1/RO

Publicado em Coluna do Gutierrez | Deixar um comentário

Escócia pode virar um Paraguai europeu

Essa noite não dormi de preocupação com o plebiscito lá na Escócia. Hehehehe.   Se de tudo, os escoceses resolverem independência do Reino Unido, podermos ter na Europa uma espécie de Paraguaia com uísque legítimo. Isso vai dar um belo contrabando de nota fiscal.

Já a comunidade gay está preocupada se os escoceses vão ou não abolir a sainha. Ô, raça que adora esculhambar os outros!!!

Publicado em Coluna do Gutierrez | Deixar um comentário

Mudar nome do Shopping Cidadão, pra quê?

Quando uma coisa está funcionando bem, aí, para dizer que está fazendo alguma coisa, resolve mudar de nome, como se isso fosse mudar a vida da população. Estou falando sobre o “Shopping Cidadão”, que o governo de Rondônia pretende batizá-lo de “Tudo Aqui”. Esse nome tá parecendo síntese de gabinete da era Cassol, cujo recanto era ‘Tudo Ali’ negociado.

mutley_120_120_256_9223372036854775000_0_1_0A não ser que o governo pretenda mudar de  Shopping Cidadão para “Tudo Aqui” porque sonhe colocar um boteco, lanchonete, loja, ponto do metrô, carrinho de pipoca um tanque de piscicultura, sala pra exame de próstata, uma loja de produtos de macumba e uma sauna GLBTZHIJ.

Curiosidade

O Shopping Cidadão foi criado em 1999 pelo ex-governador José Bianco (DEM). Na época foram instaladas duas unidades do Shopping Cidadão – Porto Velho e Ji-Paraná. Pelo jeito a iniciativa foi boa, pois está durando até hoje!! Coisa rara em administração pública. Aliás, Bianco é na atualidade candidato a deputado federal.

Publicado em Coluna do Gutierrez | 1 comentário

Ceplac de Rondônia Nasceu na Taba do Cacique

Roberto Gutierrez - A Taba do Cacique, casa noturna de Porto Velho que pegou fogo no fim de agosto de 2008, representa parte da história de Rondônia. Pelas mesas aconteceram conversas, conchavos políticos e embriões de idéias que mexeram com o extinto Território Federal, bem como com o Estado de Rondônia.

Frederico Álvares-Affonso

Capitão Silvio de Farias

Ceplac e a Taba do Cacique
Os acertos para a instalação da Ceplac em Rondônia começaram na Taba do Cacique. Dia 21 de abril de 1971. O encontro de Assis Canuto (Executor do Incra) com Frederico Afonso (Chefe da Ceplac) foi marcado para às 22 horas na Taba. Acompanhado do Capitão Silvio de FariasCanuto saiu do Incra, que era na Gonçalves Dias, e foi ao encontro. Ambos chegaram, sentaram-se à mesa com mais outras pessoas e começaram a conversar. Nesta altura o garçom Ypojucã já havia servido a sopa (aliás, a Taba, naquela época, tinha uma sopa maravilhosa). De repente, Canuto olha pro relógio e comenta que estava ali para conversar com Frederico e o mesmo ainda não havia chegado. Para surpresa, Frederico estava sentado ao lado de Canuto. Ambos não se conheciam. Naquela noite foi traçada a política do Cacau para Rondônia cuja implantação foi no Projeto Integrado de Colonização Ouro Preto (PICOP) – Atualmente, Ouro Preto do Oeste.

Assis Canuto

# Quem me contou essa passagem foi o próprio Assis Canuto, que lamentou muito o incêndio que destruiu a Taba do Cacique. Segundo Canuto, muitos conchavos políticos aconteceram na Taba. “Precisamos fazer uma campanha para reerguer a Taba, que representa muito para a história de Rondônia”.

Publicado em Coluna do Gutierrez | 4 comentários

Placa de candidato é quase confundida com uma bibinha

Quem disse que cavalete de candidatos nas ruas é algo inútil? Pelo menos lá em São Paulo estão servindo de escudo para manifestantes que ocuparam um hotel abandonado.

expeditoPor falar em Cavalete, outro dia à noite, em Ji-Paraná, um fiscal-pentelho passava de carro em baixo do viaduto e quase acionou a EMTU porque teria visto uma biba fazendo ponto. Aliás, a EMTU não permite estacionar carro e nem bibas fazendo ponto naquele lugar. Quando a criatura incomodada foi ver de perto, percebeu que era uma placa-boneco do Expedito Júnior que um desavisado da campanha havia esquecido de tirar.

Há quem diga que a criatura ficou triste porque não se tratava de uma biba nova no pedaço.  Ô, raça!!!

Publicado em Coluna do Gutierrez | Deixar um comentário

Estudantes do Júlio Guerra desfrutam de salas refrigeradas

juliguerraluzA partir desta semana os estudantes da escola estadual Júlio Guerra em Ji-Paraná já desfrutam do frescor nas salas de aulas. Todas as salas de aulas receberam centrais de ar condicionado e os equipamentos estão funcionando em perfeitas condições.

“Não há razões para reclamações. Está tudo funcionando perfeitamente”, abrevia o secretário regional Romildo Pereira, que enviou uma equipe de técnicos para verificar e corrigir possíveis pequenas pendências na execução do projeto de eletrificação da escola, o Eficiência Energética. Na semana passada uma estudante fez um protesto em vídeo numa rede social relatando que havia demora no serviço.

O programa Eficiência Energética, do governo do estado, tem a finalidade de readequar as instalações elétricas da escola deixando reserva técnica de energia suficiente para ampliação dos colégios nos próximos 20 anos. Além desta ampliação, o programa também contempla as escolas com climatização das salas de aulas.

Todo o programa é executado pela administração direta. “A escola adquire o material necessário e a Secretaria Executiva Regional entra com a mão de obra”, explica o secretário regional Romildo Pereira, que, pelo Programa do Governo, já resolveu os problemas elétricos das escolas Gonçalves Dias, Lauro Benno, JK, Beatriz Ferreira e Marechal Rondon.

No Marechal Rondon, por exemplo, os serviços foram executados em 2012, três anos após as centrais de ar condicionado ter sido instaladas e não funcionado por falta de capacidade técnica de energia. As equipes do governo do estado estão trabalhando atualmente na escola Nova Brasília. Os colégios 13 de Maio, José Francisco e São Francisco, segundo informações, serão os próximos a ser contemplados com o Eficiência Energética.

Em quantidade de alunos, o Júlio Guerra é o terceiro maior colégio da rede estadual em Ji-Paraná, com 1130 estudantes nos ensinos Fundamental e Médio nos três turnos. Desde que foi fundado, as salas de aulas receberam apenas ventiladores. Só este ano elas foram climatizadas. “Esta escola tem mais de trinta anos, já foi ampliada várias vezes, mas a energização era a mesma desde a inauguração”, relata a diretora Neuza Tavares.

Texto\fotos: Paulo Sérgio

Publicado em Cotidiano | Deixar um comentário

PMDB deve sair maior da eleição deste ano

As eleições de 2014 devem ampliar a força do PMDB no cenário político nacional, aumentando a presença do partido nos governos estaduais e no Congresso Nacional. Um estudo da Arko Consultoria estima que a sigla vai alcançar o maior número de governadores e senadores neste ano. O PMDB, segundo o estudo, deve ampliar de sete para dez o número de governos estaduais que comanda.

Apesar de o PT ocupar a presidência da República, é o PMDB quem mais se beneficia da influência da gestão do governo federal, especialmente nas regiões Norte e Nordeste. “O PMDB extrai sua força eleitoral estadual das regiões Norte e Nordeste, onde a influência do governo federal é mais intensa. Mesmo na presidência da República, o PT aparece como favorito apenas em um estado do Nordeste e em nenhum do Norte”, diz o estudo.

O partido do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deve perder espaço nos estados, mas continuará com a maior bancada da Câmara dos Deputados.

Em 2010, o PT elegeu cinco governadores e, na corrida eleitoral deste ano, está à frente nas pesquisas no Acre, onde Tião Viana tenta a reeleição, e em Mato Grosso do Sul e no Piauí, onde os senadores Delcídio Amaral e  Wellington Dias disputam o posto, respectivamente.

O PT tem chances ainda em Minas Gerais, onde o partido pode ter sua vitória mais significativa se derrotar o candidato do PSDB, Pimenta da Veiga. O tucano é o candidato do presidenciável Aécio Neves (PSDB). Minas é o estado onde o embate entre PT e PSDB é mais acirrado.

A consultoria diz ainda que uma eventual derrota do PSDB em Minas terá grande simbolismo nacional, apesar da provável vitória do partido em São Paulo, o maior colégio eleitoral do país. Os tucanos elegeram oito governadores em 2010. A previsão da Arko é que o PSDB conquiste de quatro a sete governos estaduais em outubro próximo, consolidando-se como o segundo partido com maior número de governadores do Brasil.

A legenda tem boas chances em Goiás, Pará, Paraná, Paraíba e Rondônia. Em Goiás, o governador Marconi Perillo busca a reeleição, assim como no Paraná, onde o atual governador, Beto Richa, é o preferido pelo eleitorado, segundo as pesquisas. Na Paraíba, o PSDB está representado pelo senador e ex-governador Cássio Cunha Lima, que lidera as sondagens.

As eleições de 2014 podem trazer de volta ao cenário político – de acordo com a Arko – outro partido que perdeu representatividade desde que o PT chegou ao governo federal: o Democratas. Isso porque, graças à atuação aprovada do prefeito de Salvador (BA), ACM Neto, o DEM ressurge com grande chance de vitória no maior colégio eleitoral da região Nordeste. O candidato Paulo Souto lidera com folga as pesquisas de intenções de voto na Bahia.

A consultoria destaca ainda que o PC do B pode eleger seu primeiro governador desde a redemocratização. Trata-se de Flávio Dino, representante da legenda no Maranhão, que pode derrotar a hegemonia histórica da família Sarney no estado.

“Merecem menção a possibilidade de vitória do PP no Rio Grande do Sul e a consolidação do PSD em Santa Catarina. E o PSB é o favorito para manter o controle de Pernambuco, com Paulo Câmara, o candidato do partido na terra dos falecidos ex-governadores Eduardo Campos e Miguel Arraes”, finaliza.

Publicado em Política | Deixar um comentário

JARU – Jovem de 23 anos e 238 Kg precisa de ajuda para realizar cirurgia de redução de estômago

DSC_0092Uma jovem jaruense de apenas 23 anos de idade está lutando contra a balança, pois já está com 238 quilos e não pára de ganhar peso devido a um distúrbio hormonal. Josineide Pereira dos Santos vem realizando tratamento com um médico endocrinologista de Porto Velho e já ganhou a cirurgia para redução de estômago e as passagens aéreas para Curitiba/PR, onde será operada.

Segundo Josineide, que é casada e reside no Bairro Jardim dos Estados, em Jaru, ela teria começado a ganhar peso aos 14 anos, quando já pesava 70 quilos. Recentemente ela começou um tratamento no hospital Oswaldo Cruz, em Porto Velho, e já garantiu o tratamento e as passagens aéreas para a capital paranaense.

No entanto, a jovem está precisando de ajuda financeira para custear a estadia e alimentação, uma vez que deverá ficar cerca de 30 dias no Paraná, durante o pós-operatório. Josineide já ganhou uma cesta com produtos O Boticário de um programa de TV para realizar uma rifa, mas a ação entre amigos rendeu apenas R$ 600, valor que já foi quase todo gasto com viagens e exames realizados em Porto Velho.

Uma campanha, encabeçada pelo site Anoticiamais, vem sendo realizada em prol da jovem e com certeza contará com a ajuda de toda a população jaruense, que sempre se mostrou solidária nestas causas sociais. As doações podem ser realizadas através de depósito bancário na conta da mãe de Josineide, dona Marileide (Banco do Brasil – Agência 1401-X – Conta Poupança: 28346-0) ou pessoalmente na residência da jovem, na rua Costa e Silva, nº 4098, no Bairro Jardim dos Estados. Caixinhas para colocar doações também serão instaladas no comércio jaruense.

Fonte: Anoticiamais

Publicado em Cotidiano | Deixar um comentário

Tubos de PVC é nova opção para Ji-Paraná

DSC_0036Considerada uma opção inovadora para construção de redes pluviais, a prefeitura de Ji-Paraná adquiriu os primeiro tubos de PVC para instalação na cidade. A tecnologia já é utilizada em mais de 40 países e em vários estados brasileiros, a exemplo de Santa Catarina, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Goiás.

São quase R$ 400 mil de investimento na compra dos anéis de aço e das placas de PVC que são utilizados na montagem dos tubos que variam de 2 a 3 metros de diâmetro e podem chegar até 12 metros de cumprimento.

A empresa Ricci e Ricci LTDA, vencedora da licitação, decidiu montar os tubos aqui na cidade, como forma de economizar em frete e dar mais agilidade nos trabalhos. A vantagem é que sendo montado próximo ao canteiro da obra, há uma redução de custo com o deslocamento do material e também no tempo de fixação no local, em função do peso extremamente baixo, o que facilita a implantação.

Segundo o Prefeito, Jesualdo Pires (PSB), a montagem e a implantação dos tubos são de fácil manuseio e ainda possuem ainda uma excelente durabilidade. “É uma opção mais barata e durável para darmos sequência ao nosso projeto de substituição de pontes e pontilhões de madeira”, disse Jesualdo.

Outra vantagem apresentada pelo prefeito, é que o tempo de instalação de um tubo de PVC é muito menor, quando comparado com a construção de uma galeria de concreto ou um pontilhão de madeira. Um tubo de 2 metros de diâmetro por 9 metros de cumprimento, por exemplo, é montado e instalado em um dia de trabalho, utilizando no máximo a mão de obra de cinco trabalhadores. “Uma galeria ou pontilhão leva vários dias e o contingente de trabalhadores é muito maior”, comparou Jesualdo.

Jesualdo Pires explicou que a aquisição desses materiais fazem parte de um grande projeto da prefeitura municipal, prevendo a substituição de todas as pontes e pontilhões de madeira da cidade, tanto na área urbana como na área rural. “Nos locais onde a vazão da água é muito intensa estamos construído galerias de concreto armado. Nos locais de vazão menor estamos instalando os tubos de PVC e também tubos Metálicos. Hoje já possuímos material para substituir pontilhões em diversos pontos da cidade”, concluiu.

Tubos de Metal – A Prefeitura de Ji-Paraná também adquiriu recentemente mais de 260 metros de tubos metálicos, investimentos de mais de R$ 300 mil.  Os primeiros foram instalados na Linha 12 do setor Itapirema, onde foi montada uma rede de escoamento de água de vazão dupla; na linha União e na linha 206, onde foram substituídos os pontilhões por redes de vazão simples. Os tubos metálicos são montados e instalados por mão de obra da própria secretaria municipal de obras e serviços públicos (Semosp).

Publicado em Coluna do Gutierrez | Deixar um comentário

Luizinho é recebido por trabalhadores na indústria Gazin

Luizinho na Indústria GazinCumprindo agenda de campanha o deputado Luizinho Goebel foi recebido por centenas de servidores da indústria Gazin. Ele salientou a importância do Grupo Gazin em Vilhena, tanto no que se refere às indústrias quanto nas várias lojas implantadas na cidade, ambos gerando impostos e empregos para os vilhenenses.

O deputado, que concorre à reeleição, é autor de várias iniciativas importantes para a geração de empregos em Rondônia, como a diminuição da pauta da sucata de baterias, o incentivo aos transportadores de cargas frigoríficas, a não obrigatoriedade das cargas vivas serem pesadas nas balanças do Estado, a alíquota zero na compra de soja e girassol para indústrias de Rondônia, entre outros benefícios. Na presidência da comissão de Constituição e Justiça Luizinho sempre deu parecer e votou favorável a incentivos e projetos de apoio as empresas e a geração de empregos.

“Como parlamentar vamos trabalhar com o governo em busca de caminhos e alternativas para gerar mais empregos paras Rondônia, como sempre, continuaremos favorável a todos os projetos que minimizem a carga tributária quando eles visem gerar mão de obra e sirvam de atração a novas empresas para o Estado”.

Publicado em Coluna do Gutierrez | Deixar um comentário

Em Guajará Mirim, Padre Ton anuncia a criação do programa Cidade Limpa

reuniao7O candidato a governador pelo PT, deputado federal Padre Ton, disse em Guajará-Mirim que irá criar o programa “Cidade Limpa” para ajudar as prefeituras a manter as ruas das cidades organizadas e sem sujeira. “Tem muitos bairros, principalmente nos municípios mais antigos, que parecem abandonados.  Vamos colaborar com as prefeituras para que esses bairros sejam limpos”, declarou na residência de dona Eduarda da Silva, bairro Santa Luzia.

Padre Ton disse também que em parceria com as prefeituras irá investir em saúde preventiva para que as pessoas não procurem tanto os hospitais. “Saúde preventiva é também esgoto e água tratada. Vamos investir nisso. O Governo Lula destinou cerca de R$ 700 milhões para obras de esgoto em Porto Velho e até agora nada. Desde 2009 que essas obras estão paradas”, disse.

 O candidato relatou que em seu mandato de deputado federal tem contribuído com todos os municípios, e que essa mesma postura será adotada em seu governo. “Não vou discriminar prefeitos, farei um governo republicano”, salientou. Padre Ton disse que através de emendas parlamentares ajudou Rondônia com mais de R$ 30 milhões, levando benefícios diversos, como reforma de escolas, equipamentos para saúde, asfalto, drenagem, equipamentos para agricultura e outros.

Padre Ton disse também que na educação pretende oferecer educação integral com práticas esportivas, lazer e música, e ampliar investimentos no setor, conforme estabelece o Plano Nacional de Educação, PNE. “Vamos rever junto com os profissionais da educação o Plano de Cargos Carreira e Salário”, anunciou.

Participaram da reunião o prefeito Dulcio Mendes (PT), a secretaria da Educação Sâmia Melgar e a candidata a deputada estadual Marileth Diniz.

Em Guajará-Mirim o candidato Padre Ton participou de carreata e conversou com feirantes da Feira Livre do município.        

Publicado em Coluna do Gutierrez | Deixar um comentário

Expedito garante retomar obras de água e esgoto

Treze pessoas morreram no ano passado em Rondônia por doenças decorrentes da falta de saneamento.
IMG_9965

O investimento em saneamento básico, serviço essencial, mas desprestigiado
pelos governantes principalmente em função da falta da visibilidade por
ter as obras ‘enterradas’, será retomado em um eventual governo sob o
comando do candidato pela coligação Frente Muda Rondônia, Expedito Junior.
Segundo ele, água tratada e esgoto sanitário são “essenciais como forma de
melhorar a qualidade de vida, prevenir doenças, aumentar a produtividade,
proteger o meio ambiente e ainda, promover a expansão econômica”.

Na quinta-feira (11) o Instituto Trata Brasil e a Fundação Oswaldo Cruz
(Fiocruz) promoveram um seminário em Porto Velho, no auditório do Tribunal
de Contas, sobre saneamento, no qual foi apresentado um estudo detalhado
sobre a situação do serviço em Rondônia. O candidato, que passou boa parte
da semana em campanha por municípios do Cone Sul, orientou sua equipe de
planejamento a participar do evento para embasar ainda mais os estudos que
estão sendo feitos para compor a política de saneamento que será posta em
prática a partir de janeiro do próximo ano.

O Instituto Trata Brasil é uma OSCIP – Organização da Sociedade Civil de
Interesse Público, formado por empresas com interesse nos avanços do
saneamento básico e na proteção dos recursos hídricos do país. O estudo
“Benefícios Econômicos da Expansão do Saneamento no Estado de Rondônia”
mostrou as consequências da falta de saneamento junto à sociedade e,
principalmente, seus reflexos sobre a economia, indicando quais os
benefícios econômicos que sua população teria com a universalização do
saneamento.

Segundo o estudo, que tem base nos indicadores do Sistema Nacional de
Informações do Saneamento (SNIS) em Rondônia, dois em cada três habitantes
ainda não tem acesso à água tratada e a parcela da população com coleta de
esgoto é baixíssima, em torno de 3%. Isso coloca Rondônia, juntamente com
Pará e Amapá, entre as unidades da Federação com as piores marcas em
termos de saneamento.

Por aqui ainda ocorrem mais de 4,4 mil internações por doenças infecciosas
associadas à falta de saneamento, com 13 mortes registradas em 2013. Além
do gasto com a saúde, o trabalhador que adoece se afasta do trabalho,
comprometendo sua produtividade. No caso de crianças e adolescentes, a
doença causa o afastamento da escola, com efeito expressivo sobre seu
desempenho escolar.

Investimentos

Para a expansão do saneamento básico em Rondônia, o estudo estima a
necessidade de R$ 3,6 bilhões. Para se ter uma idéia do volume, isso
equivale a mais de 60% do orçamento anual. Deste valor, um terço deve ser
investido no saneamento em Porto Velho, um terço para investimento em
Ji-Paraná, Ariquemes, Vilhena, Cacoal, Jaru e Rolim de Moura, e outra
parte para ser investida no restante dos municípios do estado.

Porto Velho foi a capital brasileira contemplada com o maior volume de
recursos do PAC para saneamento nos últimos anos, mas muito pouco ou quase
nada avançou. “Foram R$ 700 milhões que, por motivo de completa
incapacidade administrativa do governo atual e do anterior, se
transformaram numa grande incógnita. Projetos e licitações mal feitas
fizeram com que o Tribunal de Contas da União paralisasse as obras. Não
sabemos se ainda podemos contar com esses recursos. O certo é que vamos
eleger uma bancada competente o bastante para buscar reaver essa verba”,
diz Expedito.

Expedito disse que irá resgatar ainda o projeto de levar água tratada aos
distritos de União Bandeirante e Vista Alegre do Abunã, além das
comunidades ribeirinhas de São Carlos, Demarcação, Santa Catarina, Calama,
Curicaca e populações quilombolas.

Publicado em Coluna do Gutierrez | Deixar um comentário

Solange Pereira apresenta propostas em frigorífico

Image00080A candidata a deputada estadual Solange Pereira apresentou propostas de trabalho aos colaboradores do frigorífico Tangará, em Ji-Paraná, na manhã desta quinta-feira, 11 de setembro. Na reunião, Solange Pereira falou da experiência em legislar e destacou que está preparada para assumir uma cadeira na Assembleia Legislativa.

Solange Pereira foi vereadora por dois mandatos consecutivos em Ji-Paraná e também foi a única mulher a disputar a prefeitura do município no processo eleitoral de 2012, ocasião em que recebeu mais de 15 mil votos.

“É com essa experiência em legislar e conhecedora dos problemas sociais que me apresento como candidata a deputada estadual nesta eleição”, declarou Solange Pereira, candidata na coligação “Rondônia no Caminho Certo 2”, que reúne os partidos PMDB/PTB/PTN.

Na Câmara Municipal, segundo Solange Pereira, “aprendi e pratiquei muito a função de um parlamentar, e como candidata a prefeita me aperfeiçoei ainda mais na luta pelos interesses sociais com uma visão macro de Rondônia”.

“Hoje o nosso novo desafio é ser deputada estadual”, disse ela, que esteve acompanhada do candidato a reeleição ao governo Confúcio Moura, para quem também pediu voto. Solange Pereira é candidata a deputada estadual com o número 15155.

Publicado em Coluna do Gutierrez | Deixar um comentário

Fátima Cleide agradece Dilma por mais essa obra

A inauguração da Ponte do Rio Madeira,  a ligar a cidade de Porto Velho à estrada que vai para Humaitá e Manaus, é um marco histórico não só para Rondônia,  mas para o Brasil.  É fruto do trabalho parlamentar de Fátima Cleide no Senado Federal.

Manaus e Rio Branco, embora sejam cidades importantes, ainda não estão integradas ao país por rodovias contínuas. Infelizmente, há ainda travessias de rio sendo realizadas por balsas, o que atrasa e encarece muito todos os tipos de transporte e prejudica bastante a população.

Foi Fátima Cleide quem, com articulação política, resgatou projetos importantes em 2009 , e os inseriu  no PAC como forma de desenvolver a economia da região e melhorar a vida dos rondonienses. Nesse sentido, três grandes ações se destacaram: a restauração total da BR425 (ainda pendente), a construção da ponte da BR364 em Abunã (concluindo a nova licitação) e a construção da BR 319 em Porto Velho, que agora é inaugurada.

“Eu agradeço muito a nossa companheira e presidenta Dilma Roussef, que atendeu meu pedido pessoal e garantiu essas obras em Rondônia. Agradeço também ao Dr. Miguel de Souza, que, à frente da Diretoria de Planejamento do DNIT, foi importante parceiro no trabalho de inclusão dessas obras no PAC. A Ponte do Madeira irá, certamente, beneficiar dois estados, uma cidade e uma região, mas acima de tudo, irá melhorar a vida das pessoas. Em função disso, lutamos bastante por essa obra.

Rondônia está de parabéns!”

Fátima Cleide

Publicado em Coluna do Gutierrez | Deixar um comentário

Scheilla retorna com força total entre os 10 primeiros

Ao retomar campanha, candidata-madrinha de Pimenta Bueno confirma escalada nas pesquisas e apresenta proposta inédita para a saúde. 09 Set_Weslei Tiago_Na Expopib Scheilla reúne jovens em torno de uma ideia_ 250 bolsas de Medicina (640x427)
Uma das mais fortes candidatas a deputada federal este ano, Scheilla Cassol retomou sua campanha com garra e entusiasmo renovados desde 1º de setembro. Totalmente recuperada de delicado problema de saúde, a vice-presidente da Câmara de Vereadores de Pimenta Bueno deu um basta à boataria sobre seu estado físico: “Nunca estive tão bem, de corpo e de alma. Tive a força dos amigos e a mão do Senhor sobre minha vida, agradeço a todos de coração e sigo em frente”, resumiu a combativa vereadora pimentense, que teve mais de 800 votos e foi a segunda mais votada em 2012.
Seu retorno coincide com uma revelação de última hora, que causou furor no meio político: pesquisa registrada no TSE e que está sendo publicada esta semana em toda a imprensa (veja box) confirma: Scheilla está entre as 10 primeiras escolhas dos eleitores de Rondônia para deputado federal.
Em todas as reuniões, sabatinas de rádio e comícios, Scheilla tem apresentado em detalhes uma proposta inédita: viabilizar a implantação de um projeto-piloto junto ao Ministério da Saúde, com recursos garantidos por lei no Orçamento Geral da União, para que Rondônia seja o primeiro Estado da Federação a conceder 250 bolsas integrais de Medicina para estudantes do Ensino Médio.
“Tenho em mãos um estudo nacional feito pelo IPEA, Instituto de Pesquisas Econômicas Aplicadas, que não deixa dúvidas: a falta de médicos é a maior demanda da população que precisa do SUS. Nossos estudantes, matriculados na rede pública de Rondônia, que se destacarem em sua vida escolar vão ter a chance de se formar em Medicina com bolsa integral, mesmo que sua família não tenha condições financeiras suficientes”, explica Scheilla Cassol.
TRABALHO E RESPEITO – Detalhe: todos os 250 novos médicos irão trabalhar, nos primeiros anos após a residência médica, exclusivamente nos postos de saúde, nas equipes do PSF, nos hospitais gerais, em toda as unidades das redes públicas de saúde municipais e estadual de Rondônia. “Para os 250 bolsistas, que vão ganhar por toda a vida uma profissão das mais respeitadas, a contrapartida é retornar aos seus municípios de origem, preenchendo uma lacuna histórica nos serviços de saúde”, detalha Scheilla.
A proposta está sendo finalizada pela equipe técnica da candidata, que explica assim sua iniciativa: “Deputado federal não é despachante de luxo, pra ficar correndo de pires na mão pelos gabinetes de Brasília. Quando você luta por um projeto de alcance nacional, garantindo recursos federais de longo prazo, isso se chama visão estratégica de futuro. É trabalhar agora para as gerações do amanhã”.
Publicado em Coluna do Gutierrez | Deixar um comentário