Deputado propõe cota para evangélicos em concursos públicos

 

O deputado estadual capixaba Rogério Medina (PMDB) sugeriu a reserva de 10% das vagas em concursos públicos no Espírito Santo para evangélicos. A proposta foi feita na sessão solene em homenagem ao Dia do Evangélico, realizada na Assembleia Legislativa na última quarta-feira.

O autor do projeto alega que os evangélicos são vítimas de preconceito nos departamentos de recursos humanos das empresas privadas. Chegou a afirmar em discurso que “por sermos tementes a lei de Deus e não nos envolvermos em maracutaias os gestores sempre optam por católicos e até mesmo umbandistas na hora de contratar alguém”.

O projeto segue agora para a comissão de constituição e justiça e se for aprovado vai ser votado em novembro. Caso se torne lei os concurseiros deverão apresentar certidão de batismo e declaração assinada pelo pastor atestando a atuação religiosa do candidato. A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil se manifestou dizendo que o projeto “é vergonhoso, preconceituoso e fruto do oportunismo barato de pastores neopentecostais”.

Publicado em Coluna do Gutierrez | Deixar um comentário

CPI quer saber onde Pinto Rôla se meteu

A CPI da Petrobras aprovou no início de junho a transferência dos sigilos bancário e fiscal de Alexandre Pinto Rôla, da Empresa Industrial Técnica (EIT), suspeita de participar da roubalheira na Petrobras.

O deputado Fernando Monteiro (PP-PE) foi o autor do requerimento que colocou Pinto Rôla na mira da CPI.

Apenas três membros da comissão, os petistas Afonso Florence, Leo de Brito e Valmir Prascidelli, votaram contra a investigação que poderia aprofundar onde Pinto Rôla se meteu.

Por Lauro Jardim

Publicado em Coluna do Gutierrez | Deixar um comentário

Cunha não respeita regras estabelecidas, diz ministro do STF

Após aprovação da maioridade penal, Marco Aurélio Mello diz estar “assustado” com o comportamento do presidente da Câmara.

Marcelo Camargo / Agência Brasil
Marco Aurélio Mello

Marco Aurélio Mello teme o modo de agir de Cunha

Do Blog Carta Capital – Na madrugada desta quinta-feira 2, a Câmara aprovou a Proposta de Emenda à Constituição 171, que reduz a maioridade penal de 18 para 16 anos em determinados crimes. A votação ocorreu um dia depois de um texto semelhante ser rejeitado pela Câmara, graças a umamanobra do presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). O peemedebista se diz seguro com o procedimento regimental adotado, mas o ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), levantou dúvidas sobre a votação.

Para Mello, o País vive “tempos estranhos”, de “perda de parâmetros, abandono de princípios, no qual o certo passa pelo errado e vice-versa”. “O que nós temos na Constituição Federal? Em primeiro lugar, que o Supremo Tribunal Federal é a guarda do documento maior da República. Em segundo lugar, temos uma regra muito clara que diz que matéria rejeitada ou declarada prejudicada só pode ser apresentada na sessão legislativa seguinte. E nesse espaço de tempo de 48 horas não tivemos duas sessões legislativas”, afirmou Mello à Rádio Gaúcha

A base da argumentação de Mello é o parágrafo quinto do artigo 60 da Constituição, segundo o qual “a matéria constante de proposta de emenda rejeitada ou havida por prejudicada não pode ser objeto de nova proposta na mesma sessão legislativa”. Para ele, a violação no caso da votação da maioridade penal foi clara. “Fico perplexo quando se parte para dar uma esperança vã à sociedade como se se tivesse a observância do figurino constitucional, e aí, de forma escancarada, não se tem. O vício formal salta aos olhos”.

Apoiados no Regimento Interno da Câmara e na Constituição, diversos parlamentares protestaram durante a votação desta madrugada e prometeram ir à Justiça contra os procedimentos adotados por Cunha. O ex-presidente do STF Joaquim Barbosa também disse avaliar a nova votação da PEC 171 como inconstitucional.

O presidente da Câmara, no entanto, se diz seguro. “Não há o que contestar. Ninguém é maluco. Não tomaremos decisões que sejam contra o regimento”, disse. “Estamos absolutamente tranquilos com a decisão tomada. Só cumprimos o regimento”, reforçou.

Eduardo Cunha
Eduardo Cunha caminha no Plenário na quarta-feira 1º: a manobra feita por ele permitiu a segunda votação da PEC da maioridade penal

Para Marco Aurélio Mello, a condução da votação por Cunha é temerária. “Fico assustado quando surge no cenário nacional, alguém assim, que quer consertar o Brasil, com s e com c, sem observar as regras estabelecidas. Fico muito assustado”, disse à Rádio Gaúcha. “A nossa Constituição está no ápice da pirâmide das normas jurídicas. Não se avança diante de atropelos. A Câmara tem um regimento interno. Mas acima do regimento está a Constituição Federal”, afirmou.

Mello, que é contra a redução da maioridade penal, reforçou sua oposição ao projeto aprovado na Câmara. “Nós não teremos melhores dias reduzindo a maioridade. Precisamos perceber as causas da delinquência”, disse.

Publicado em Coluna do Gutierrez | Deixar um comentário

Plenário da Câmara rejeita PEC que reduz maioridade penal para crimes hediondos

Foi rejeitado o texto de autoria da comissão especial sobre o tema. Deputados ainda poderão votar o texto original da proposta, em data a ser definida.

Por falta de votos suficientes, o Plenário da Câmara dos Deputados rejeitou o texto da comissão especial para a PEC que reduz a maioridade penal (PEC 171/93). Foram 303 votos a favor, quando o mínimo necessário eram 308. Foram 184 votos contra e 3 abstenções.

A proposta reduziria de 18 para 16 anos a maioridade penal para crimes hediondos, como estupro, latrocínio e homicídio qualificado (quando há agravantes).

O adolescente dessa faixa etária também poderia ser condenado por crimes de lesão corporal grave ou lesão corporal seguida de morte e roubo agravado (quando há uso de arma ou participação de dois ou mais criminosos, entre outras circunstâncias).

Com a rejeição do substitutivo da comissão, restará a votação da PEC original e das apensadas. A PEC original, de 1993, prevê a redução da maioridade para todos os tipos de crimes.

Em seguida, a sessão foi encerrada.

Publicado em Coluna do Gutierrez | Deixar um comentário

Veja quem é quem para vereador em JI-Paraná

A pesquisa foi realizada entre os dias 08 e 10 de junho  de 2015 com 331 entrevistados no município de Ji-paraná – RO. Phoenix

Mostra a intenção de votos para vereador do município, destacando em primeiro lugar Edivaldo Gomes com 5,1%, em segundo lugar Licomédio Pereira com 3,1% e empatado no terceiro lugar está Marcia Regina e Cacau com 2,7%.  A margem de erro é 2,83 pontos percentuais para mais ou para menos.

Período: 08 a 10 /06/2015

Margem de erro: + ou – 2,83%

Abrangência: (331)

Estatístico Responsável: Augusto da Silva Rocha – CONRE 1 – Nº7655-A

 

Publicado em Coluna do Gutierrez | 1 comentário

Exposição Agropecuária mais barata de Rondônia é em Ji-Paraná

 

Quanto menor a feria agropecuária, mais caro é o valor ingresso; enquanto isso, a expojipa se tornou depois do Natal, a data mais importante para as vendas do comércio

 

Roberto Gutierrez – Bota nova, chapéu, cinto, calça apertada, cabeleireiro, maquiagem, dinheiro para o ingresso, comida, bebida, parque de diversões, você já parou para pensar o quanto as exposições agropecuárias movimentam a economia de uma cidade? Em Ji-Paraná, por exemplo, além do calendário nacional de datas importantes como Natal, Dia das Mães, Dia dos Namorados, o comércio tem o mês da Expojipa: as vitrines das lojas e o comércio com um todo, inclusive, na publicidade, entram em ritmo country. Com isso, a Expojipa acaba perdendo apenas para o Natal como data mais importante para o comércio local. (Dados da Câmara de Dirigentes Lojistas)

Em se tratando do custo das férias agropecuárias em Rondônia, quanto menor a cidade, mais coro fica o ingresso. Foi o que nossa reportagem identificou. Em Jaru/RO e Ouro Preto do Oeste/RO, por exemplo, o passaporte custa R$ 90 para cinco dias de festa, ou seja, R$ 18 por dia. Ariquemes havia anunciado o passaporte ao valor de R$ 130 para nove dias de festa, ou seja, R$ 14,44 por dia.  Em Vilhena o custo do Ingresso por dia para quem compra o passaporte é de R$ 15.

Em Ji-Paraná foi identificada como a expofeira do ingresso mais barato para quem compra o passaporte, R$ 11,11. Aliás, o mesmo preço praticado em 2014 e trazendo mais atrações.

São quase 300 expositores – nesse número não estão incluídos fest food, lanchonetes, restaurantes e bares. Desses, têm expositores das regiões Sul, Sudeste e Centro Oeste do Brasil. São mais de 40 palestras relacionadas à tecnologia, pecuária e ao agronegócio; três grandes leilões com expectativa de comercialização superior a R$ 15 milhões com transmissões ao vivo para todo o País através do Canal do Boi, Terra Viva e SGC.

São três rodeiros: Nacional, Internacional e Cowboy de Aço envolvendo peões do Brasil e dos Estados Unidos com premiação de dois carros, seis motos e prêmio em dinheiro superando tudo a casa do R$ 200 mil.

Ainda na parte dos shows estão programados para o palco da festa filhos de Milionário & José Rico, Conrado & Aleksandro, Fernanda Silva e Canção Nova, Pedro Paulo & Alex, Zezé di Camargo & Luciano, além de três caminhonetes e um HB 20 como show de prêmios.

“Muito mais que uma festa, a Expojipa se tornou uma vitrine para o agronegócio”, comentou Sérgio Suganuma, presidente da Associação Rural de Rondônia (ARR), ao dizer que esse potencial faz da Expojipa um grande acontecimento para Rondônia que também acontece durante o dia com muitas atividades para os produtores rural, graças a parceiros como Seagri, Emater, Fefa, bancos oficiais, Ceplac, Prefeitura e Governo do Estado.

Conforme assegurou o diretor-executivo da ARR, Sérgio de Souza Ferreira, as cooperativas de Crédito, além dos Bancos do Brasil, da Amazônia e Caixa Econômica Federal confirmaram participação com linha de crédito.

A festa terá início no próximo dia 4 com a realização da maior cavalgada do gênero da Região Norte do Brasil.

Publicado em Coluna do Gutierrez | Deixar um comentário

Quatro governadores não liberaram o Anel

Sentida ausência das bibas que fazem ponto na saída para Pela Jegue na audiência Pública da Assembleia Legislativa na Câmara em Ji-Paraná. Aliás, elas estão desiludidas porque Raupp não liberou o Anel, Bianco não liberou o anel, Cassol não liberou o anel, Cahulla não liberou o anel, Confucio não liberou o anel. Não tem macho mesmo. A irmandade do anel está decepcionada.

Publicado em Coluna do Gutierrez | Deixar um comentário

Jesualdo é prefeito de Machadinho

Audiência do Anel

Durante a audiência pública da Assembleia Legislativa em Ji-Paraná para discutir sobre o Anel Viário,   o cerimonialista Lenilson Guedes, chamou o prefeito  Jesualdo Pires, de Ji-Paraná, como sendo prefeito de Machadinho. Todos riram, mas muita gente não achou má ideia.

 

Publicado em Coluna do Gutierrez | Deixar um comentário

Projetos que regulamentam profissões de garçom e decorador seguem para sanção

O Plenário da Câmara dos Deputados votou nesta terça-feira 61 recursos de deputados contra o parecer conclusivo a projetos de lei. Desse total, 16 recursos foram rejeitados, e as propostas seguiram sua tramitação, com o envio de 13 projetos ao Senado e 3 à sanção presidencial.

Os demais 45 recursos aprovados impediram que os respectivos projetos saíssem da Câmara. Eles dependerão de votação pelo Plenário.

A regulamentação da profissão de garçom é um dos projetos que irá à sanção. De acordo com o Projeto de Lei 1048/91, a regulamentação abrange aqueles que trabalham em hotéis, restaurantes, bares e similares na atividade de servir à clientela.

Segundo o texto, as taxas de serviço que vierem a ser cobradas compulsoriamente nas notas dos clientes não poderão ultrapassar 10% da respectiva nota e dependerão de acordo escrito entre a empresa e o sindicato profissional.

Esse acordo disciplinará ainda o rateio dessa taxa, mas o projeto já destina 20% dela à cobertura dos gastos da empresa com recepção, distribuição e pagamento de encargos; e outros 2% a favor do sindicato profissional, para emprego em obra de assistência social.

O projeto prevê ainda que a empresa, acolhendo solicitação do sindicato, celebrará seguro em grupo em favor de seus empregados com os recursos da taxa de serviço cobrada dos clientes.

Se sancionado, o projeto terá vigência depois de 90 dias da publicação.

Decorador
Também será remetido à sanção o PL 5712/01, que permite o exercício da profissão aos diplomados em decoração nos estabelecimento de ensino superior no Brasil ou no exterior; aos que tenham diploma de áreas afins, como arquitetura ou desenho industrial; e aos que, tendo concluído o ensino médio, já exerçam a profissão há cinco anos.

O projeto especifica os tipos de projetos que o decorador pode realizar na sua área de atuação.

Pantanal
Outro projeto que segue para a sanção é o PL 2546/92, que inclui o Pantanal matogrossense ao lado da Amazônia Legal entre as áreas que terão prioridade no recebimento de recursos de projetos financiados por meio do Fundo Nacional do Meio Ambiente.

Segundo a Lei 7.797/89, o fundo deve aplicar em projetos relacionados às unidades de conservação; à pesquisa e ao desenvolvimento tecnológico; à educação ambiental; ao manejo e extensão florestal; ao desenvolvimento institucional; ao controle ambiental; e ao aproveitamento econômico racional e sustentável da flora e fauna nativas.

Publicado em Coluna do Gutierrez | Deixar um comentário

Câmara aprova piso nacional para radialistas com diferenças regionais

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania da Câmara dos Deputados aprovou nesta quinta-feira (18) o Projeto de Lei 3982/12, que assegura aos radialistas piso salarial anual, estipulado em convenção ou acordo coletivo de trabalho. Como a proposta tramita em caráter conclusivo, segue diretamente para o Senado, a não ser que se apresente recurso para votação no Plenário.

O texto aprovado foi o substitutivo da Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público, que tornou mais genéricas as normas estabelecidas pelo projeto do deputado Andre Moura (PSC-SE).

O projeto original estabelece piso nacional de R$ 2.488 para os radialistas, com carga horária semanal de trabalho de 30 horas. No entanto, a Comissão de Trabalho avaliou que esse valor não leva em conta as diferenças regionais e quer impor a cidades de pequeno e médio porte o custo de metrópoles.

O relator da proposta, deputado Osmar Serraglio (PMDB-PR), apresentou parecer favorável à proposta e lembrou que os diferentes setores de atividades dos radialistas contemplam diversas jornadas de trabalho, em emissoras de diferentes portes e naturezas.

ÍNTEGRA DA PROPOSTA:

Reportagem – Marcello Larcher
Edição – Marcos Rossi
Publicado em Sem categoria | Deixar um comentário

Cesar Cassol – A Carta-renúncia que ficou engasgada na garganta – coluna do Gutierrez

cesar-cassol-294x221Roberto Gutierrez – Não é decisão fácil renunciar a um mandato ao qual batalhou tanto para conquistá-lo. Li as razões que o Prefeito Cesar Cassol argumentou para renunciar ao cargo de prefeito de Rolim de Moura/RO.  Muita gente pode achar que os argumentos são convincentes e ainda ficar com pena dele.

Renunciar colocando-se como vítima do sistema, é inconsistente, melancólico e piegas demais. Levando em conta o que diz a carta e as devidas proporções, comportamento assim é comum em adolescentes mimados… Freud explica isso.

Digo isso porque Cesar já foi deputado estadual e não era nenhum cabaço para não saber como o sistema funciona. Aliás, foi o grande protagonista da campanha de Expedito Júnior ao Governo, tendo a irmã caçula candidata a governadora e a cunhada candidata ao senado.

César ficou sem grupo político no momento em que Expedito perdeu a eleição. Portanto, não há espaço para masturbação política. Talvez tenha se torna prefeito para provar ao irmão senador que seria melhor que ele.

Nas entrelinhas, percebo que essa carta não tem nada a ver com o sentimento de revolta do César.

Ouço no silêncio da imaginação o que poderia pairar no desabafo: Que m… estou fazendo aqui, carácoles? Sem apoio, dono de todos os buracos, do lixo, das fossas, das mazelas e problemas da cidade, sem recursos, um bando de pedinte perturbando, uma camarazinhazinhazinha gulosa e, ainda, o Ministério Público fungando no meu cangote correndo o risco de usarem caco de vidro ao invés de vaselina.  Pior ainda, ser chamado de ladrão e ainda passar um bom tempo da vida respondendo a processos na justiça. Quer saber de uma coisa: vou cuidar das minhas empresas, não preciso desta porcaria para viver, e quem não gostou vai para P.Q.P!!!! Hehehehehe

César, meu amigo, chutastes o pau da barraca que sequer deverias ter gastado tanto dinheiro para armá-la.

Publicado em Coluna do Gutierrez | Deixar um comentário

Muita droga, carros, motos e chefões do narcotráfico caem na Operação Ostentação

duplaaaaDois grandes chefes do narcotráfico foram presos na manhã de hoje em Ji-Paraná através da Operação Ostentação, iniciativa da Polícia Civil em parceria com as Polícias Federal e Rodoviária Federal. Nas primeiras horas de hoje foram cumpridos 47 mandados de prisão, além da apreensão de veículos em Rolim de Moura, Cacoal, Ariquemes, Ji-Paraná e Rolim de Moura. Segundo o diretor-geral da Polícia Civil no interior, Eliseu Muller, o trabalho envolveu 250 policiais, incluindo da Rodoviária Federal.

Ainda, segundo as investigações, Eberson Santana da Silva e Otacílio Paiva Filho, comandavam o tráfico e distribuição da droga na região. Foram apreendidos oito quilos de maconha, 15 quilos de cocaína, uma Escavadeira PC, prensa para empacotar a droga e 15 carros.

A polícia informou ainda que, pessoas estão presas em situação temporária. A quadrilha estava sendo investigada pela polícia há seis meses. Foi a partir da apreensão de pouco mais de 750 quilos de maconha no Mato Grosso trazidos do Paraguai, que foi possível chegar à extensão dos mafiosos.

Ostentação, nome da operação, se deve ao fato da dupla Eberson Santana da Silva e Otacílio Paiva Filho comemorar nas praias o sucesso de cada carregamento.

 

20150621154935-94179c-letasapreendidas 20150621155015-6d935f-carros 20150621154953-a8dec2-droga 20150621155554-3e4dd4-arma 20150621155614-a25ecc-maconha 20150621113525-c91c28-edrogaapreendida

Publicado em Polícia | Deixar um comentário

Acir quer divisão do ICMS de energia elétrica entre estados produtores e consumidores

 

Ao convidar a população de Rondônia para audiência pública sobre os benefícios e os impactos ambientais e socioeconômicos da instalação da usina hidrelétrica Tabajara, em Machadinho do Oeste, na sexta-feira (26), o senador Acir Gurgacz (PDT-RO) defendeu, em Plenário, projeto de sua autoria que propõe repartir o ICMS entre estados produtores e consumidores de energia. A Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 124/ 2011 está em análise na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ).

“Essa distorção tributária está prejudicando os estados onde estão instaladas as grandes hidrelétricas”, disse o senador.

Com a construção de mais uma usina, afirmou o senador, Rondônia vem se consolidando como estado vendedor de energia. A usina, que será construída sobre o Rio Machado, na Cachoeira 2 de Novembro, a cerca de 70 km da sede do município, é uma obra do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), do governo federal. A hidrelétrica terá potência instalada de 350 megawatts e capacidade para gerar 192 MW de energia elétrica.

Essa já é a quarta audiência pública realizada no município e todos os procedimentos para que a obra seja realizada, com as devidas medidas de compensação ambiental e social, estão sendo tomadas com todos os detalhes para que não venha a prejudicar a população, principalmente à beira do Rio Machado.

PREVIDÊNCIA – O senador elogiou a solução encontrada pelo governo para a “fórmula 85/95″ aprovada pelo Congresso. Após vetar parte do projeto de lei de conversão (PLV 4/2015), que estabelecia a regra para as aposentadorias em substituição ao fator previdenciário, a presidente Dilma Rousseff editou a Medida Provisória 676/2015, que mantém essa fórmula, mas adiciona a ela o “dispositivo progressivo”, com a necessidade de acréscimos de pontos em anos específicos. Para Acir, o governo garante a sustentabilidade da Previdência com nova proposta.

VENEZUELA – Acir também prestou solidariedade aos senadores que foram à Venezuela, mas não conseguiram visitar presos políticos. “O que a Venezuela conseguiu é mostrar que, de fato, a democracia lá é de mentira, não é verdadeira. Ficam aqui os meus cumprimentos a todos os senadores que foram à Venezuela e chegaram nesta noite”, disse.

Publicado em Coluna do Gutierrez | Deixar um comentário

Ricardo Boechat manda ao vivo na Bandnews Silas Malafaia “procurar uma rola”

Na manhã desta sexta-feira, dia 19 de Junho de 2015, o jornalista Ricardo Boechat e âncora do “Jornal da Band, critica em seu programa de rádio o pastor “Silas Malafaia” em resposta ao ataque sofrido via twitter.

Na atração que comanda no rádio, Boechat criticou alguns líderes evangélicos que pregam discursos de ódio, afirmando que eles têm uma parcela de culpa na recente onda de crimes contra líderes de religiões espíritas, que vem acontecendo no Rio de Janeiro.

Então, Silas Malafaia, que não gostou nada da declaração do jornalista, reclamou em seu perfil oficial no Twitter: “O falastrão do Boechat é muito bom sozinho no microfone.”

“idiota, paspalhão, pilantra, explorador da Fé alheia” foi umas das coisas que o apresentou disse contra “Malafaia”,  Confira !

Publicado em Coluna do Gutierrez | Deixar um comentário

Fantástico – Cadê o dinheiro que estava aqui?

cadeodinheiroqueestavaaqui_bigthumb491O repórter secreto do Fantástico esteve em Porto Velho/RO. Ele visitou os viadutos inacabados, o Espaço Alternativo, o Teatro Municipal e ainda visitou o gabinete de um deputado estadual para ironizar o número de assessores.  Os detalhes desta visita estão na pauta do programa e poderá ir ao ar em rede nacional ainda neste mês.

Publicado em Sem categoria | Deixar um comentário

Batoré, aliado de Airton Gurgacz, quer ser vereador

O cabo-eleitoral que mais levou o nome do deputado Airton Gurgacz (PDT) em Ouro Preto do Oeste/RO, que já foi gari da prefeitura e agora é vendedor ambulante, sonha ser vereador.  Esse personagem é Jefferson Soares de Souza, o Batoré. Ele é filiado ao PV e pretende disputar na convenção o direito de poder ser candidato a vereador em Ouro Preto do Oeste/RO.

Publicado em Coluna do Gutierrez | Deixar um comentário

Bancada evangélica quer proibir pau de sebo nas festas juninas

A bancada evangélica apresentou hoje, 15 de junho de 2015, um projeto que pretende proibir os paus de sebo em festas juninas. Segundo a bancada, os paus de sebo estimulam a homossexualidade nas crianças: “nenhuma família tradicional brasileira deve levar o filho pra ficar subindo no pau, isso é coisa imposta pela ditadura gayzista que quer dominar o país.”, falou o deputado Dorival Campos Júnior.

Se o pau de sebo for abolido, outras brincadeiras juninas também estão ameaçadas: pescaria, para que as crianças não fiquem com a vara na mão; corrida do saco, por motivos óbvios; e a polêmica brincadeira de passar o ovo na boca.

Segundo a bancada evangélica a festa junina é uma articulação católico-gayzista para desmoralizar o país e acabar com a família: “é santo que manda soltar balão, santo que solta fogos, brincadeira de subir em pau, gente que come salsichão. Nós queremos acabar com as festas juninas e fazer um Pula na Fogueira pra Jesus, pois só ele queima os pecados!”

Por Cacofonias e Roberto Rocha

Publicado em Cotidiano | 1 comentário

Ouro Preto/RO – Aniversário sem festa, sem bolo e sem presente, mas isso nunca foi assim

 

A narrativa de Roberto Gutierrez revela curiosidades da história dos carnavais de Ouro Preto que deram origem as grandes festas transformado, inclusive,  o aniversário da cidade num grande acontecimento para dar lucro.

 

Roberto Gutierrez – O pernambucano Valter, o primeiro dentista de Ouro Preto/RO (1971), Nelson Baracho, Raimundo da Cruz Teixeira, Nilo, Parafuso, Demerval Baiano, Agenor Nogueira da Rocha, Dona Gladys Gutierrez, dona Dalva Cabral e mais um bocado de gente foram os percursores do Carnaval de Ouro Preto/RO. Não havia onde brincar carnaval. Daí, seguindo a tradição dos carnavais do nordeste, a turma começava a beber na casa do seo Agenor, também conhecida como a pensão da dona Gladys, na qual havia farta aparelhagem de som com muito disco de marchinhas. Após a concentração saiam para as casas dos amigos para fazer folia. Jogar farinha e água – era uma diversão. No ano seguinte, surgiram três blocos. O dos sujos, liderado pelo Coruja – a Raimundo da cruz Teixeira, os Molhados liderados, por Baracho, e os Farinheiros, que tinha à frente o casal Valter e Dalva. Isso há mais de 40 anos. No ano seguinte, 1973, o carnaval de rua continuou na Sapolândia, mas, à noite, ganhou um lugar especial, o clube do Incra, palco de grandes festas da época. Era tudo muito divertido. Desses personagens descritos, ainda estão vivos, ‘seo’ Agenor, possivelmente Nilo e Demerval Baiano, que deve morando em Ariquemes.

Com o tempo, já no fim da década de 70, os carnavais aconteciam, no cine Teatro Ouro Preto. Isso se estendeu até meados dos anos 80, além do clube da Aceo, que não existe mais. Hoje a área é um centro de convivência de idosos, na Sapolândia.

Em meados dos anos 80, o Carnaval ganhou a Praça dos Migrantes como palco. Algumas casas noturnas surgiram  como a Discolanche, do Valmir Chaves, em frente à praça. Mas, bem antes disso, não posso me esquecer da primeira discoteque de Ouro Preto: a Skylab, em 1978. Na década de 90, novas casas surgiram, as coisas foram tomando proporções maiores, o carnaval de rua em Ouro Preto ganhou fama, se dando ao luxo de ter carnaval fora de época e tendo como calendário o aniversário da cidade e as festividades de fim de ano – uma indústria lucrativa que colocou Ouro Preto do Oeste como a capital do interior durante o Carnaval, Micaouro e festa da virada. Isso sem contar os grandes acontecimentos esportivos até internacional. Vejam como agora é fácil entender o porquê de Ouro Preto ter sido uma cidade tradicional em festividades. – tudo começou na velha Sapolândia, que nem esse nome ao bairro a Câmara de Vereadores manteve.

Hoje, 16 de junho, é aniversário de Ouro Preto. Sequer a bandeira do município desenhada pelo saudoso amigo Manoel Marques Cristovam será hasteada. Festa não vai acontecer. É como se a cidade estivesse sitiada no medo. É com se a cidade estivesse amordaçada pelo proibido, pelo código do silêncio, pela omissão de um sistema, como se um braço armado da lei de um outro planeta estivesse apontado para a cabeça de Pierrot.

Ouro Preto vive à sombra econômica de Ji-Paraná. Isso é natural, pois árvore pequena próxima demais de árvore grande tem dificuldade de crescer.  No entanto, um dos maiores trunfos de Ouro Preto para gerar circulação de dinheiro, que são as grandes festas, foi jogada no lixo. Meu pai, ‘seo’ Agenor, um ancião que está sobrevindo as sequelas de um AVC,  que já se fantasiou de Carmem Miranda para os primeiros passos do Carnaval de rua da Sapolândia, ao lado de heróis anônimos da alegria, está triste porque a nossa Ouro Preto está sem risos, alegrias e de palhaços no salão.  Ouro Preto: um aniversário sem bolo, sem festa, sem presente como se não tivesse nada para comemorar.

Publicado em Coluna do Gutierrez | Deixar um comentário

Pesquisa para prefeito de Ji-Paraná tem sete nomes

Roberto Gutierrez – Faltando praticamente um ano para a realização das convenções partidárias que vão indicar os candidatos a prefeito de Ji-Paraná/RO, alguns nomes são objeto de especulação quanto à uma provável candidatura. Os números revelados na pesquisa feita pelo Instituto Phoenix, como qualquer pesquisa, revelam um momento, como se fosse uma fotografia, mas, se observado com subsídios de informação, dá um norte quanto à conjecturas e possibilidades de cada um para uma caminhada nada fácil.

pesquisa 0001

 

 

O prefeito Jesualdo Pires (PSB) que tem dito que não tem muito interesse na reeleição surge com 36,4%. Melhorou em relação à última pesquisa quando o índice de aceitação dele estava bem abaixo, mesmo assim. Pelo fato de não existir segundo turno em Ji-Paraná, existiria aí uma tranquilidade aparente quando percebe-se que ele poderá disputar a prefeitura com no mínimo dois concorrentes. Uma disputa polarizada seria ariscada demais. Do ponto de vista administrativo a prefeita de Ji-Paraná caminha com pernas próprias, apesar da quantidade significante de convênios e obras indiretas (o que é bom). No entanto, a prefeitura está bem no quesito arrecadação e equilíbrio das contas, o que dá capacidade de torque ao prefeito numa tentativa de querer aumentar a diferença para os concorrentes.

 

Euclides Maciel (PSDB), que aparece em segundo lugar com 11,5%, está prestes a estrear um programa em uma nova emissora em Ji-Paraná sob o comando dele: a Gazeta. Isso dará a Euclides sustentação política, haja vista a exposição diária na mídia e, com uma vantagem que o prefeito Jesualdo não tem: a de não ser vidraça. Mas existe uma dúvida: ser prefeito de Ji-Paraná realmente seria um desejo de Euclides ou ele quer mesmo é voltar para ser deputado estadual. Sem pedir votos, esta possibilidade existe porque ele é suplente do deputado Adelino Folador (DEM) que tem 95% de chance de se eleger prefeito de Ariquemes. Seguindo esse raciocínio, Euclides poderia até ser candidato a prefeito, mas por dois motivos: de manter o nome dele reafirmado no cenário político, e numa hipótese não-descartada, de ajudar a dividir os votos que não seriam do Jesualdo com as demais candidaturas de oposição. Pode até não dizer ou ver por esse lado, mas, em sendo candidato, para esse fim contribuiria.

 

Edison Fidélis Júnior (sem Partido), o Edinho Fidélis, aparece em terceiro lugar e é a grande novidade neste cenário, pois o sobrenome dele traz um certo saudosismo por conta dos pais– Edison e Ini Fidelis, com grande folha de serviços prestados a Rondônia e, em especial, a Ji-Paraná. Médico ortopedista, é uma espécie de pé-de-burro pra trabalhar. Os mais próximos dizem que ele puxou o dinamismo do pai e a paciência da mãe.  Edinho surge com a simpatia da classe médica, de muitos profissionais liberais e até empresários descontentes com a administração porque estariam pagando mais com os impostos. Pelo fato de ser um nome com vivência política desde o tempo que se esbaldava na mamadeira, é alguém que vai ser presença garantida nas próximas eleições. Se o nome cair na graça do povo, corre o risco de se tornar uma espécie de “Efeito Irandir”. Quem acompanha política, sabe sobre o que estou falando:  – trata-se de um ex-prefeito de Ouro Ouro/RO que deu uma do Robin Wood, caiu na graça do povo e derrotou 25 partidos políticos com um palanque reunido quatro deputados.

 

O ex-vereador Cacau (PRB) aparece em quanto lugar com 10,3, está percorrendo os bairros periféricos de Ji-Paraná para dizer que fará o possível para ser tornar prefeito. Ele é corajoso, pois, não é tarefa fácil sair por aí como um Don Quixote de la Mancha atacando moinho de vento.    Ele se aproveita para semear suas ideias nos pontos onde a população mais reclama da administração e, com isso, ganha espaço. Quanto a ser candidato a prefeito, até ele mesmo admite, só o tempo dirá, mas, com essa estratégia, está ganhando mais espaço político do que qualquer vereador hoje em Ji-Paraná.

 

Edvaldo Soares (PMDB) surge na pesquisa empatado com Cacau: 10,3%. Muita gente acha que ele perdeu o andar da carruagem, ex-deputado, ex-chefe da casa civil, ex-candidato a prefeito, teria dificuldade de encontrar espaço dentro do próprio partido para conseguir uma vaga, a não ser que fosse para vereador. O que soa nos bastidores é que o PMDB não lançaria candidato a prefeito nestas eleições na tentativa de indicar o vice de Jesualdo ou conseguir a presidência da Câmara no próximo pleito. Aliás, PMDB, PDT e PSB precisam caminhar juntos em Ji-Paraná por conta de um projeto político bem maior: o de eleger Acir Gurgacz (PDT) governador de Rondônia em 2018

 

O Vereador Anderson Exceller (PSD), cujo nome há quatro anos surgiu com pré-candidato a prefeito e acabou, numa composição feita com o próprio prefeito Jesulado Pires, para ser candidato a vereador, aparece em quinto lugar com 6,2%. Na atualidade ele, junto com o vereador Lincoln Astre, são as duas oposições que Jesualdo têm na Câmara. Exceller, assim como os demais, tenta fazer o nome dele crescer, como parte de um projeto de oposição na tentativa de juntar todos os pretendentes e lançar apenas um nome para disputar com Jesualdo Pires. Não será tarefa fácil pois, quando as cartas são postas à mesa, muita gente acaba blefando. O jogo é duro.

 

O deputado estadual Laerte Gomes (PEN), recém-chegado de mala e cuia a Ji-Paraná, ainda é um ilustre desconhecido em alguns setores da cidade, apesar de muita gente já o reconhecê-lo nas ruas. Aliás, fortalecer o nome dele vai depender das ações e de todo um trabalho político. Não podemos esquecer que a segunda maior cidade de Rondônia só tem o deputado estadual Airton Gurgacz (PDT). Laerte Gomes em Ji-Paraná, é uma esperança de mais sustentabilidade política. Carismático e muito comunicativo, podendo ser comparado a alegria que irradia Euclides Maciel, Laerte sabe que não é da noite pro dia que se constrói uma liderança, mas, os projetos políticos dele estão mesmos voltados para 2018 e 2002.

pesquisa 0001

 

OBS: Embora não tenham sido citados no disco os nomes Zé Bianco, Marcos Rogério, Silvia Cristina e Ari Saraiva, foram lembrados pelos representantes

Amostras: (331)

Período: 08 a 10 /06/2015

Margem de erro: + ou – 3%

Sexo:  Masc.: 49,0% Fem.: 51%

Estatístico Responsável: Augusto da Silva Rocha CONRE 1 – Nº7655-A

Instituto Phoenix

Publicado em Coluna do Gutierrez | Deixar um comentário

“Homens héteros que se masturbam são gays”, diz pastor

Não é novidade pra ninguém que muitos religiosos distorcem a palavra de Deus e fazem adaptações bizarras dos ensinamentos bíblicos. É o caso do pastor americano Mark Driscoll, líder de uMark-Driscoll-gay-cum-630ma igreja de Seattle, no estado de Washington (EUA).

Mark é autor de um livro chamado “Porn-Again Christian”, que é apresentado como um “debate franco para os homens de Deus sobre a pornografia e masturbação”, onde ele expõe argumentos “práticos e teológicos” para que o cristão evite a masturbação

Para o pastor, a punheta masculina é uma forma de homossexualidade por não haver contato com mulher. “Principalmente quando o masturbador olha para um espelho, excitando-se com o seu próprio corpo”, diz trecho da publicação.

No entanto, ainda de acordo com seu julgamento, a prática deixa de ser condenável caso o companheiro se masturbe na frente de sua esposa. Aliás, ela pode ficar só olhando, se quiser.

No caso de viagens, ou em momentos em que a mulher esteja ausente, a dica é se masturbar olhando para uma foto dela. Isso faz com que o cara “deixe” de ser viado. Mas não pense em usar a foto de outra pessoa, porque o pecado da traição será aplicado imediatamente.

Publicado em Sem categoria | Deixar um comentário

Prefeitura de Ji-Paraná/RO entrega 71 Equipamentos agrícolas

jesuadoagriA prefeitura de Ji-Paraná, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura e Pecuária, realizou na manhã de hoje (11), a entrega de 71 equipamentos agrícolas para 40 associações rurais, beneficiando mais de 200 produtores da agricultura familiar dos setores Riachuelo, Gleba “G”, Setor das Duzentos, Itapirema, Aldeia Indígena Gavião e Aldeia Indígena Arara.

Foram entregues 24 Motocultivadores (popular tratorito) e 47 roçadeiras que serão utilizados no cultivo de hortaliças e frutas e também na limpeza de pastagens. O investimento feito é de R$ 200 mil, emenda do ex-deputado federal Anselmo de Jesus e contrapartida da Prefeitura Municipal. Durante o evento foi anunciado ainda a aquisição de mais 9 kits de equipamentos para agroindústrias de polpa de frutas.  A solenidade contou com a presença dos vereadores C. Gomes e Márcia Regina.

O prefeito de Ji-Paraná, Jesualdo Pires (PSB), ressaltou que o setor produtivo de Ji-Paraná tem obtido resultados bastante positivos com o Programa Municipal de Distribuição de Calcário, com a Certificação das Agroindústrias, o Programa Municipal de Silagem e com o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA). Este último uma parceria entre Prefeitura, Governo do Estado e Governo Federal.

Hoje estes programas têm contribuído muito para ampliar a produção nas propriedades rurais, lembrou a Secretária Municipal de Agricultura, Claudia de Abreu, citando que a Semagri possui mais de 200 produtores inscritos no Programa de Distribuição de Calcário e mais 137 cadastrados no PAA e ambos ainda possuem vagas para serem preenchidas.

Já o ex-deputado Anselmo de Jesus, divulgou que a emenda que originou a compra dos equipamentos é no total de R$ 2 milhões. “Nos entregamos no inicio do ano os tratores agrícolas e os caminhões basculantes, na primeira parte da emenda. Agora estamos entregando hoje, uma segunda etapa com os 71 equipamentos”, lembrou.

Publicado em Coluna do Gutierrez | Deixar um comentário

Recuperação de empresas; possibilidades x realidade – dos grandes aos pequenos empresários

 

São recorrentes as notícias em âmbito nacional que inúmeras empresas, inclusive, aquelas de destaque e sucesso econômico, encontram-se em delicada situação econômico-financeira. E os motivos são diversos. Entenda um pouco desse universo com o especialista em Direito Tributário e Direito Societário Eber Coloni Meira da Silva. Clique aqui 

Publicado em Cotidiano | Deixar um comentário

Pinto rebate ataques pessimistas do site informoney contra ferrovia em Rondônia

Marcito Pinto – Ponderações sobre a matéria veiculada pelo site infomoney do canal de noticias econômicas BLOOMBERG quanto aos riscos de o Brasil ser usado pela China para forçar  a Nicarágua a construir um canal igual ao do Panamá.

Pontuei o que acho importante ser colocado em defesa do projeto por nós Rondonienses, afinal quem tem interesse que esta região se desenvolva, os norte americanos donos do canal do Panamá e da Bloomberg ???

1 – Definição de BLOOMBERG na maior enciclopédia on-line da internet mundial, a Wikipedia, la diz, Bloomberg Television, é uma rede de televisão a cabo que transmite noticias econômicas 24 horas por dia, operada pela agencia de noticias Bloomberg, e sua sede esta localizada nos Estados Unidos da América na cidade de Nova Iorque.

2 – O Canal do Panamá, tem sua operação controlada pelos americanos, encarece os custos das operações comerciais internacionais, para todas as nações que utilizam a passagem, inclusive o Brasil e a China.

3 – Neste momento o Canal do panamá passa por investimentos da ordem de 3.2 Bilhões de dólares, para a construção de uma terceira via, que triplicará sua capacidade de operação.

4 – Países que operam volumes em escala, tem seus custos logísticos afetados pelas políticas comerciais do Canal do Panamá, isto não atrapalha o avanço das relações comerciais entre a Ásia e a América do Sul.

5 – Acho que a pergunta que deve ficar é, Quem ganha e quem perde com a construção da ferrovia bi oceânica. O Brasil e a China, tem seus interesses neste projeto, obviamente todo o produto transportado por esta ferrovia, deixaria de passar pelo canal do Panamá.

6 – E natural que grandes investimentos em modais logísticos, mexam no mercado mundial, este projeto faz muita gente perder dinheiro.

7 – Para Rondônia, será uma nova era de desenvolvimento, com desenvolvimento em uma escala muito maior, sem duvida nos fortaleceremos muito, na agricultura, na indústria, no comércio e nos serviços.

 

Marcito Pinto é vice-prefeito de Ji-Paraná/RO

Publicado em Coluna do Gutierrez | Deixar um comentário

CQC encontra homem reacionário que humilhou haitiano no Rio Grande do Sul

Vale apena compartilhar.

Publicado em Brasil | Deixar um comentário

Ferrovia Transcontinental entra no plano de concessões

Senador Acir Gurgacz e embaixador da China Li Jinzhang - Foto Fabio SouzaO interesse da China em investir na construção da Ferrovia Transcontinental, que se tornou mais concreto com a assinatura de protocolos de intenções e a expedição de investidores, empresários e representantes do governo chinês pelo possível traçado da ferrovia, que em Rondônia será paralelo à rodovia BR-364, fez com que o governo brasileiro a incluísse no plano de concessão que será anunciado nesta terça-feira (9) pela presidente Dilma Rousseff.

A notícia foi comemorada pelo senador Acir Gurgacz (PDT) que liderou o encontro Brasil/China em território rondoniense. “A assinatura de protocolos de intenções entre os três países: Brasil, China e Peru, e agora entre os três Estados: Rondônia, Mato Grosso e Acre, e a inclusão da ferrovia no plano de concessões devem acelerar os estudos para elaboração dos projetos, os leilões e o início das obras”, comemora Acir.

O novo plano de concessões de infraestrutura deve chegar agora a R$ 190 bilhões em investimentos da iniciativa privada. A estimativa originalmente em discussão estava em torno de R$ 134 bilhões, mas na reunião deste domingo (7), que durou quase cinco horas, o governo brasileiro resolveu dar uma turbinada nos investimentos. O valor deve crescer em mais R$ 54 bilhões com a inclusão no plano do acordo internacional para a construção da ferrovia transcontinental (entre o Peru e o Brasil, com participação chinesa), a Rio-Vitória e os processos já iniciados em 2014, no qual as empresas interessadas nas concessões se candidatam a elaborar o projeto.

Os chineses também comemoraram a inclusão da ferrovia no plano de concessões e já traçam estratégias com os brasileiros e peruanos para participação de empresas dos três países nas obras. A partir da diretrizes do governo federal e do que foi discutido nas reuniões de Ji-Paraná e Vilhena, e do que ainda será discutido em Lucas do Rio Verde (MT), o próximo passo será juntar as equipes técnicas dos três países para elaborar um projeto preliminar com levantamentos que apontarão os recursos necessários para a obra e o modelo de concessão. “É uma obra estratégica para o comércio entre os três países e que elevará em muito a relação comercial entre a Ásia e a América do Sul”, frisou o embaixador da China no Brasil, Li Jinzhang.

Com base nessas discussões, o modelo de concessão da ferrovias será aperfeiçoado. O governo poderá optar entre realizar os leilões por maior valor de outorga, menor tarifa ou compartilhamento de investimento. A escolha do modelo se dará de acordo com as características de cada ferrovia. Em todos os casos, haverá garantia de acesso a terceiros (direito de passagem e tráfego mútuo).

O projeto prevê uma ferrovia que ligará o porto de Ilo, no Sul do Peru, ao Porto do Açu, no Estado do Rio de Janeiro. O senador Acir Gurgacz explica que a Ferrovia Transcontinental deverá integrar a estrutura intermodal de transportes do chamado Arco Norte, que tem Porto Velho como pólo de escoamento do agronegócio, através dos terminais portuários do rio Madeira. “É mais uma oportunidade que teremos para defender que obras da ferrovia comecem em Porto Velho na direção de Vilhena e Lucas do Rio Verde e, depois, na direção do Acre e do Peru”, frisou Acir.

O senador rondoniense destacou a importância de investimentos em todos os modais de transporte, salientando a necessidade de modernização e ampliação dos portos fluviais da Amazônia, a duplicação da BR-364, e a reconstrução da BR-319, que liga Porto Velho a Manaus.

ROTEIRO – O embaixador da China e um grupo de 23 empresários e investidores chineses foram recepcionados em Porto Velho, no Aeroporto Internacional Jorge Teixeira, no domingo ao meio dia, pelo senador Acir Gurgacz e o vice-governador de Rondônia, Daniel Pereira. Eles partiram de ônibus até Ji-Paraná onde na manhã desta segunda-feira realizaram a primeira reunião de trabalho com representantes do governo de Rondônia, do Mato Grosso e do Acre e empresários rondonienses.

Em Vilhena, os chineses visitaram algumas lavouras de soja e se reuniram com fazendeiros e empresários da cidade. Nesta terça-feira, 09, a comitiva de chineses parte para o Mato Grosso, com a primeira parada em Comodoro, onde está previsto uma solenidade de boas vindas, oferecida pelo governador Pedro Taques, com o hasteamento das bandeiras nacionais. Na quarta-feira, 10, mais uma reunião com representantes dos governos dos três estados, do governo federal e os chineses ocorrerá em Lucas do Rio Verde.

Publicado em Sem categoria | Deixar um comentário

Investimento em Logística: Anúncio do pacote de R$ 198 bi

Deputada Marinha Raupp e Senador Valdir Raupp participam de cerimônia no Palácio do Planalto: Ferrovias lideram concessões.

Em cerimônia no Palácio do Planalto, a presidente Dilma Rousseff anunciou um pacote de concessões e investimentos em infraestrutura, estimado em R$ 198,4 bilhões. Na segunda etapa do chamado Programa de Investimento em Logística, estão previstos R$ 66,1 bilhões para rodovias; R$ 86,4 bi para ferrovias; R$ 37,5 bi para portos e R$ 8,5 bi em e aeroportos. O Estado de Rondônia também será beneficiado com o pacote de concessões.  A Deputada Marinha Raupp, que participou da cerimônia, comemorou o anúncio: “Esses investimentos serão muito importantes para o desenvolvimento do nosso Estado, sobretudo para as Ferrovias”, diz a deputada.

 

Em maio deste ano, foi assinado o Memorando de Entendimento entre Brasil, China e Peru que prevê a entrega dos estudos em maio de 2016, para a construção da Ferrovia Bioceânica. Segundo o anúncio do Programa, a estimativa de investimento para a construção do trecho brasileiro é de R$ 40 bi. O trecho compreende a ligação de Campinorte (GO) à fronteira com o Peru, via Acre, passando por Lucas do Rio Verde (MT), Sapezal (MT), Vilhena (RO), Porto Velho (RO) e Rio Branco (AC).

 

O Estado de Rondônia foi incluído no sistema ferroviário após ação política feita pela Deputada Marinha Raupp e pelo Senador Valdir Raupp, durante a aprovação da Medida provisória de número 427 de 2008 no Congresso Nacional. A Deputada lembrou que a inclusão do trecho de Porto Velho a Vilhena no projeto da Ferrovia ocorreu após várias ações feitas na Comissão de Viação e Transportes da Câmara dos Deputados, quando tramitou a MP 427. “Naquele momento solicitei ao relator da MP 427, deputado Jaime Martins, que incluísse os municípios rondonienses no sistema ferroviário nacional o que foi aceito”, disse a deputada Marinha.

O Programa prevê, ainda para a região Norte, investimentos na área de Portos, onde serão autorizados três Terminais de Uso Privado, em Porto Velho. O valor do investimento será de R$ 43,5 milhões. Também foi anunciada a concessão da BR-364/RO/MT, com investimentos na ordem de R$ 6,3 bilhões em aumento de capacidade e melhorias. “O investimento tem por objetivo melhorar a integração das regiões produtoras de grãos do Mato Grosso e de Rondônia à Hidrovia do Madeira“, declarou a Deputada.

Publicado em Coluna do Gutierrez | Deixar um comentário

Vírus no Facebook posta conteúdo pornográfico – saiba removê-lo

11228522_1052645061413109_1213787407119009788_nOlhar Digital – Um vírus chamado “Amazonaws” tem atrapalhado alguns usuários do Facebook. Sem o consentimento do usuário, ele publica vídeos de conteúdo pornográfico em perfis do site social, marcando diversas pessoas nas postagens, e se aloca no computador na forma de uma barra de busca.

O vírus se espalha através de anexos de e-mails, páginas comprometidas da internet ou mesmo através dos posts maliciosos do Facebook. Por isso, caso você receba uma notificação dizendo que um amigo seu disse que esteve com “você e mais 19 pessoas”, é melhor não clicar no link.

Reprodução

Como remover?

Para remover o vírus, é necessário vasculhar seus aplicativos do Facebook e extensões de navegador em busca de algo estranho. Veja como fazer isso abaixo:

No Facebook, vá até “Configurações” (a opção aparece sob uma lista do lado direito da barra superior). Em seguida, clique em “Aplicativos” (a primeira opção da última aba, à esquerda). Quando a lista aparecer, clique em “Mostrar todos”, veja se há algum aplicativo de aparência maliciosa associado à sua conta e remova-o (aproveite para remover os aplicativos inúteis que acabam se associando à sua conta).

Em seguida, é necessário verificar as extensões do navegador. No Chrome, clique no ícone com três barrinhas horizontais, à direita na barra superior do navegador, e vá em “Configurações”. Na tela que se abre, do lado esquerdo, há um ítem chamado “Extensões”: clique nele. Você verá então uma lista com todas as extensões associadas ao seu navegador. Se alguma lhe parecer estranha, delete-a clicando no lixinho ao lado dela.

No Firefox, o procedimento é semelhante: basta clicar na opção “Complementos” para ver a lista de complementos que seu navegador está usando, e apagar qualquer um que seja suspeito. No Internet Explorer, por sua vez, clique em “Gerenciar complementos” e depois em “Barra de ferramentas e extensões”.

Caso essas opções não funcionem, pode ser necessário desinstalar o navegador e reinstalá-lo de novo em seguida. De qualquer maneira, após removido o programa malicioso, vale a pena fazer uma varredura com algum programa antivírus para garantir que nenhum outro arquivo nocivo foi instalado no computador durante o período de vulnerabilidade.

Publicado em Coluna do Gutierrez | Deixar um comentário

Informativo da Câmara dos Vereadores de Ji-Paraná

Sessão

A 15ª Sessão Ordinária, que aconteceu nesta terça-feira (9), foi presidida pelo presidente em exercício Lorenil Gomes (PSC) e os trabalhos secretariados pelo vereador Jessé Bitencourt (PDT). Na Sessão foram aprovados requerimentos e projeto, que visam beneficiar a comunidade em diversas áreas.

Comitiva

Uma comitiva de chineses veio para Ji-Paraná na última segunda-feira (8), acompanhados pelo senador Acir Gurgacz para discutir a construção da ferrovia transoceânica que passará pelo estado. Edivaldo Gomes (PSB) explanou que o principal interessado para esta saída para o pacífico é a China. Gomes salientou que foi assinado ano passado um protocolo de intenções que estabeleceu o investimento de 10 milhões de dólares à obra.

Comitiva II

Edivaldo Gomes (PSB) ressaltou que grandes empresários e líderes políticos da China estiveram em Ji-Paraná. “Eles têm grande interesse no país, então quem pensa que esta ferrovia sairá em 20 anos, pode estar certo que não levará este tempo. Os chineses têm pressa nessa obra. Parabenizo o senador Acir Gurgacz por liderar esta comitiva. Só alguém com grande respeito conseguiria trazer esta realidade ao estado. Também parabenizo Miguel de Souza, foi um dos líderes políticos, que há muito tempo já visualizava a ferrovia”, falou Gomes.

Livro

Pelo meu coração passa um rio”, de José da Penha foi mencionado por Edivaldo Gomes (PSB) que cumprimentou o escritor presente na sessão e falou sobre a importância da bibliografia local. Ele destacou que é autor de lei para que o município disponibilize o ensino da história e geografia regional e que teve parecer da administração municipal que livros estão sendo comprados.

Títulos

O vereador salientou que recebeu dois títulos esta semana da população. Como apresentador mais destacado e vereador mais atuante. “Sempre falo que não sou vereador sozinho. Temos o apoio do prefeito, do governador e da base federal e estadual que atendem as minhas causas”, completou.

Creche

O vereador Joaquim Teixeira (PMDB) teve aprovado o requerimento solicitando a construção de uma creche no bairro Capelasso, visando proporcionar aos moradores mais comodidade e tranquilidade em deixar suas crianças para poder trabalhar.

Caerd

Joaquim Teixeira (PMDB) declarou que tem andado em bairros e que a Caerd está envergonhando o cidadão de Ji-Paraná. “Deixo aqui minha indignação contra esta companhia. Tem famílias ficando até semanas sem água. Uma falta de respeito”, pontuou.

Obras

O secretário Valdecir Gomes foi parabenizado no discurso de Joaquim Teixeira (PMDB). Ele salientou que a chuva passou e que as equipes da Secretaria de Obras está mostrando que fazem um excelente trabalho.

Marcha

O vereador teceu comentário sobre a Marcha para Jesus, que transmitiu paz para o Brasil; e mostrou sua indignação sobre os acontecimentos na Parada Gay.

Recapeamento e Sinalização

O vereador Edilson Vieira (PMDB) teve aprovado os requerimentos pedindo o recapeamento da malha asfáltica e sinalização da rua Xapuri, início da BR-364 até a avenida das Seringueiras (T-14), no bairro Cafezinho; e na avenida 6 de Maio, início da BR-364 até a rua Fernandão, no bairro Dom Bosco.

Semosp

Edilson Vieira (PMB) disse que a Secretária Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp) traçou um cronograma e iniciou a recuperação dos pontos críticos em ruas que foram castigadas pelo período chuvoso. O vereador tem acompanhado os trabalhos.

Eletrobras

O preço cobrado pela empresa Eletrobras não condiz com a realidade, conforme C. Gomes (PSDB). Ele explicou que fez alguns cálculos com contas de energia elétrica do seu bairro e constatou que as taxas estão abusivas. C. Gomes discursou que vai levar esta questão para a Audiência Pública que será realizada na Câmara de Vereadores no próximo dia 26.

Desempenho

Na Secretaria de Assistência Social, o vereador C. Gomes (PSDB) ressaltou que a titular Sônia Reigota está desempenhando um excelente trabalho à frente da pasta.

Trabalhos

C. Gomes também esclareceu que foram licitadas obras em várias ruas e que vai fiscalizar estes trabalhos, pois há várias empresas, que intitulou de “pasta”, que ganham as licitações e não conseguem terminar a construção.

Missa Sertaneja

Neste último fim de semana houve a 8ª edição da Missa Sertaneja. Márcia Regina (PT) parabenizou a todos que estiveram à frente deste trabalho que resgata a raiz do povo sertanejo.

Pavimentação

A vereadora também parabenizou os moradores da rua Sena Madureira. Ela salientou que teve a informação que o dinheiro foi depositado, mas que o dinheiro não caiu na conta. Ela foi junto aos moradores para esclarecer sobre a verba do serviço de bloqueteamento. Márcia falou que tudo que o município pode fazer foi feito, e que agora cabe ao governo do Estado depositar o recurso, fruto de emenda do deputado estadual Hermínio Coelho, do deputado estadual Maurão de Carvalho e parte do ex-deputado federal Moreira Mendes.

Educação

Márcia Regina (PT) informou que a educação no campo em Ji-Paraná tem recebido um olhar carinhoso. E na próxima sexta-feira (12), às 9 horas, será entregue a obra de reforma e ampliação da Escola Municipal Professor Irineu Antônio Dresch, com a sala de descanso, fruto do pleito da vereadora.

Agricultura

A vereadora parabenizou a Secretaria Municipal de Agricultura e Pecuária (Semagri) pelos grandes préstimos e trabalhos nesta cidade. Márcia Regina comentou sobre a solenidade de entrega de equipamentos e máquinas agrícolas para associações e cooperativas de produtores rurais, que será realizada na próxima quinta-feira (11), às 9 horas, na Semagri. Na oportunidade serão entregues 24 tratoritos e 47 roçadeiras.

Audiência Pública

Na Sessão foi aprovado o requerimento dos vereadores Lincoln Astrê (PP) e Júnior do Postinho (DEM) pedindo Audiência Pública para debater as tarifas abusivas de energia elétrica em Ji-Paraná. O evento será realizado no dia 26 de junho, das 8h30 às 12 horas, no plenário da Câmara. “A Audiência Pública será realizada em função de que, no último semestre houve, de maneira abusiva, reajustes nas tarifas de energia elétrica em nosso município e, desse modo, onerando de forma absurda, seus consumidores”, afirmaram. Lincoln Astrê (PP) convidou todos para prestigiar o evento, que contará com a presença de diversas autoridades.

Energia Elétrica

Lincoln Astrê (PP) comentou na tribuna sobre o alto valor da tarifa de energia em Rondônia. “Vou continuar insistindo que pagamos a taxa de energia mais cara do Brasil. E isso é injusto, pois produzimos a melhor energia do país, produzimos mais de 14% de energia e por que pagamos a energia mais cara?”, questionou o vereador.

Agradecimento

O vereador agradeceu o prefeito Jesualdo Pires (PSB) pelo secretário de Obras, Valdecir Gonçalves e sua equipe que tem realizado um grande trabalho, atendendo a população. “Tive a oportunidade de voltar nesta semana no Parque dos Ipês e observei a iluminação, que foi um pedido meu. A rua Rondônia está iluminada. E agradeço pelo que foi feito neste bairro. Foi feito um paliativo, que facilitou a entrada e saída dos veículos”, salientou.

Caerd

Lincoln Astrê (PP) disse que a Caerd tem feito um péssimo trabalho no município de Ji-Paraná prejudicando a população, principalmente as pessoas de baixa renda que não tem condições de comprar outra caixa de água.

Recuperação

Com o objetivo de atender as reivindicações da população, a vereadora Ida Fernandes (PV) teve aprovado os requerimentos solicitando a recuperação da malha asfáltica da rua Antônio Meronho no bairro São Bernardo; da rua Das Mangueiras, visando desafogar o trânsito; e rua Vitória Régia a partir da rua Ji-Paraná nos bairros São Bernardo e Novo Horizonte.

Parabéns

O vereador Lorenil Gomes (PSC) agradeceu e parabenizou o senador Acir Gurgacz (PDT), que tem feito um trabalho diferenciado em Ji-Paraná e no Estado de Rondônia. O vereador parabenizou também o deputado federal Marcos Rogério (PDT) pelo grande trabalho que vem realizando. Lorenil parabenizou os vereadores Lincoln Astrê (PP) e Júnior do Postinho (DEM) pela iniciativa de realizar uma Audiência Pública para debater as tarifas abusivas de energia elétrica em Ji-Paraná.

Repúdio

Lorenil Gomes (PSC) comentou sobre a Parada Gay e mostrou sua indignação e tristeza com as brincadeiras que foram feitas com imagens de Cristo. “Respeitem aqueles que têm sua fé em Cristo”, ressaltou.

Riachuelo

O vereador agradeceu o secretário municipal de Obras, Valdecir Gonçalves por atender seu pedido de limpeza do bairro Riachuelo. “O bairro está sendo limpo e posteriormente serão cascalhadas algumas ruas, dando acessibilidade em todo o bairro”, informou.

PROJETO APROVADO EM VOTAÇÃO ÚNICA

– Projeto de Lei n° 3362 (2516 de Origem), que Autoriza o Poder Executivo Municipal a abrir Crédito Adicional Especial no corrente exercício financeiro, no montante de RS 2.020.342,12 (dois milhões, vinte mil, trezentos e quarenta e dois reais e doze centavos) para atender as necessidade da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos.

Publicado em Coluna do Gutierrez | Deixar um comentário

Tomate italiano premium chega ao mercado

 

tomate

A novidade, que já pode ser saboreada pelo consumidor, será apresentada durante a Hortitec 2015

Lançado recentemente pela empresa de sementes Sakata, o tomate Ravena representa uma grande evolução no mercado de tomate italiano, cujos diferenciais são identificados facilmente pelo consumidor. A padronização dos frutos, ótimo sabor e durabilidade deste tomate premium proporciona aos varejistas e atacadistas maior valor agregado na comercialização, além de um menor descarte na seleção para as gôndolas.

“Hoje o segmento italiano é cada vez mais demandado pelo consumidor, por conta da qualidade e do sabor que apresenta tanto para o consumo in natura, quanto no preparo de molhos. O Ravena foi desenvolvido para satisfazer os consumidores mais exigentes, que buscam um tomate com textura firme, polpa suculenta, coloração intensa e durabilidade”, salienta Gustavo Veiga, Gestor de Produtos da Sakata, especialista em tomates.

No ano de 2015, o segmento Italiano teve valorização média de 15% em relação ao Salada nos principais entrepostos atacadistas do país, sendo, por isso, uma ótima opção para a maximização de lucros do produtor.
Atendendo a uma demanda do mercado

Este tomate foi desenvolvido pela Sakata para atender demandas específicas dos produtores, sobretudo, do estado de São Paulo e da região Sul do Brasil, locais que apresentam dois dos principais problemas no cultivo do tomate: a pressão de Vira-Cabeça e a dificuldade de produção em condições chuvosas. Neste sentido, o Ravena agrega à sua genética um pacote de resistências às principais viroses e bacterioses que causam deformidades nos frutos e perdas na produção, além de características que permitem um excelente desempenho em períodos chuvosos, minimizando, assim, o aparecimento de manchas e rachaduras nos frutos.

Esta variedade possui também o maior potencial produtivo do segmento para cultivo em campo aberto, com alto pegamento de frutos uniformes e de calibre grande, da base ao ponteiro. As principais regiões de produção do Ravena atualmente são o Sudoeste e Norte Paulistas, a Região Metropolitana de Campinas (RMC) e o Sul do Brasil.

Publicado em Agronegócio | Deixar um comentário

Parque de Exposições Herminio Victorelli em Ji-Paraná abre os portões para 8ª Missa Sertaneja

IMG_0031Com quase tudo pronto para receber a melhor  feira agropecuária, comercial e industrial de Rondônia – 36ª EXPOJIPA, o Parque de Exposições Hermínio Victorelli de Ji—Paraná, recebeu na manhã do último domingo (07), mais de 2 mil pessoas durante a 8ª edição da Missa Sertaneja.

A programação  teve inicio com a tradicional cavalgada que percorreu  cerca de 2 km até as dependências do Parque. Logo após, aconteceu a celebração da missa e Eucaristia, presidida pelo Padre Junior Periquito que é muito conhecido pelo povo sertanejo. Na programação ainda estava incluso o almoço e atividades de entretenimento entre os fiéis. A missa é organizada pelo Rincão e Paróquia Nossa Senhora de Fátima.

A Diretoria da Associação Rural de Rondônia – ARR, que é a mantenedora do Parque, agradeceu a população pela confiança depositada na realização de grandes eventos no local.  “Este ano já tivemos o curso de Doma, o Jipa Country Motors e a Rondônia Rural Show, na próxima semana teremos o Rally da Pecuária e estamos a menos de 30 dias para realizar a EXPOJIPA. Receber uma celebração tão grande como esta é além de um privilégio, uma benção muito grande para a ARR”, disse Sérgio Suganuma – Presidente da ARR.

O Parque de Exposições Herminio Victorelli possui uma área de aproximadamente 242 mil mt². E tem sido palco de grandes eventos de fomento cultural e sócioeconomico do município de Ji-Paraná e de toda região central do Estado.

Publicado em Coluna do Gutierrez | Deixar um comentário