Mujica dá palestra no Brasil e fiz que “falta decência na política”

mojica“Os políticos devem aprender a viver como a maioria do país, não como a minoria”. Esta foi uma das muitas considerações do presidente do Uruguai em palestra para quase 10 mil jovens que lotaram o auditório da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), segundo o El País. Aos 80 anos de idade, José “pepe” Mujica, que é ex-guerrilheiro, chegou à presidência do Uruguai em 2009 e passou a ser adorado como um guru de toda uma geração.

“Um presidente não deve se confundir com um monarca”, disse neste sábado. O presidente doa parte de seu salário, vive em uma chácara da periferia de Montevidéu, vai de fusca para o trabalho, não usa gravata e abre as portas do palácio presidencial no inverno para moradores de rua. Ele ainda regularizou a maconha no país, liberalização do aborto e o casamento entre pessoas do mesmo sexo.

Mujica, que é socialista e de esquerda, fala para os estudantes que a mudança deve ser profunda. “Os estudantes tem que se dar conta que não é só uma mudança do sistema, é uma mudança de cultura, é uma cultura civilizatória. E não tem como sonhar com um mundo melhor se não gastar a vida lutando por ele. Temos que superar o individualismo e criar consciência coletiva para transformar a sociedade”, disse na UERJ.

Publicado em Política | Deixar um comentário

Câmara estuda criar ‘dress code’ para mulheres no Legislativo

Minissaias, decotes e roupas transparentes estão com seus dias contados na Câmara dos Deputados. Após reclamação de deputadas, o primeiro-secretário da Mesa Diretora, Beto Mansur (PRB-SP), vai apresentar uma proposta para restringir o vestuário feminino. O parlamentar disse que vai se inspirar no “dress code” exigido em repartições do Judiciário e da iniciativa privada para definir as regras de vestimenta do público feminino que circula pelas dependências da Casa.

Mansur explicou que o objetivo da medida será combater os “excessos” e defendeu que se crie uma regra mínima. “A gente vai procurar regular. As deputadas estão reclamando de que há abusos”, contou.

Uma das incomodadas com o estilo das mulheres que transitam pela Casa é a deputada Cristiane Brasil (PTB-RJ), que já propôs à Mesa Diretora a exigência de roupas sociais e a proibição do uso de decotes ou saias mais ousadas. “Às vezes você vê excessos, com vestimentas fora do padrão. Temos de ter uma certa liturgia na Casa”, concordou o deputado.

O primeiro-secretário disse que havia um padrão que deixou de ser respeitado nos últimos tempos. Por isso, vai buscar resoluções usadas fora do Parlamento para determinar a regra para roupa feminina na Câmara. Hoje, a Casa não faz exigências para mulheres, mas aos homens impõe a dupla terno e gravata, principalmente no Salão Verde e no plenário.

Por se tratar de um tema polêmico, o deputado fará um estudo e apresentará uma proposta aos membros da Mesa Diretora. “Vamos chegar a um bom termo”, declarou.

Reunião

A Mesa Diretora se reuniu nesta quarta-feira, 2, para discutir por mais de duas horas a redução de horas extras nas sessões noturnas da Câmara. Segundo Mansur, atualmente a Casa gasta em média R$ 1 milhão em horas extras em cada sessão legislativa. “É um volume grande de horas extras”, comentou. A proposta de corte de gastos prevê que só os funcionários efetivamente indispensáveis nas sessões noturnas sejam autorizados a permanecer no trabalho.

O primeiro-secretário anunciou também que foram dados à iniciativa privada mais 30 dias para apresentar propostas para a construção do anexo 5 da Câmara, chamado popularmente de “Parlashopping”. A Casa optou pelo modelo de Parceria Público-Privada (PPP) mas, para tirar o projeto do papel, não descarta utilizar os R$ 391 milhões economizados com a venda da folha de pagamento dos servidores. Com informações do Estadão Conteúdo.

Publicado em Brasil | Deixar um comentário

O que acontece com os clientes da Unimed Paulistana

São Paulo – A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), entidade que regula o setor de planos de saúde, decretou nesta quarta-feira (02) a venda compulsória da carteira de clientes da operadora de planos de saúdeUnimed Paulistana.

Assim, a empresa tem um prazo de até 30 dias, contados a partir desta quarta, para vender sua carteira de clientes a outra operadora.

Desde 2009 a ANS tem avaliado a situação da Unimed Paulistana, que não tem conseguido cumprir com as regras que regem os planos de saúde. Sem conseguir sanar os problemas identificados, a agência reguladora determinou a transferência dos clientes, procedimento utilizado em casos de reincidência no descumprimento na prestação dos serviços.

Se a Unimed não conseguir negociar a venda de sua carteira em 30 dias, então a ANS realizará uma oferta pública para que interessados realizem propostas de compra, as quais serão avaliadas pela própria agência reguladora.

Teoricamente, os clientes apenas passarão a ter uma nova empresa cuidando de seu plano de saúde. De acordo com as normas da ANS, durante o período de transferência e depois, o plano deve manter exatamente as mesmas regras contratuais que mantinha anteriormente.

Na prática, no entanto, alguns clientes já têm enfrentado problemas com a Unimed Paulistana, segundo Renata Vilhena, advogada especializada em direito de saúde do escritório Vilhena Silva Advogados. “Uma cliente que está passando por um tratamento noHospital São Luiz  disse que o hospital a informou de que Unimed Paulistana havia rescindido o contrato com o São Luiz e que as contas do tratamento passariam a ser encaminhadas  diretamente à ela”, afirma.

Caso o cliente enfrente algum tipo de problema para utilizar os planos dentro dos termos definidos em contrato, existem duas alternativas principais: uma delas é buscar os órgãos de defesa ao consumidor, como o Procon e o Idec. A outra é buscar um advogado para exigir seus direitos pela via judicial.

De acordo com Joana Cruz, advogada do Idec, a diferença entre as duas vias é que quando o cliente busca o órgão de defesa ao consumidor, a entidade entra com uma ação civil pública para resolver o problema. Assim, nesse caso a decisão judicial beneficia toda a coletividade, isto é, todos os consumidores que estão no mesmo barco.

Já ao buscar um advogado, o processo é analisado individualmente, o que pode simplificar a decisão pela Justiça.

Advogada recomenda aos clientes a portabilidade do plano

De acordo com Renata Vilhena, os clientes que enfrentarão mais problemas são aqueles que já estão passando por algum tratamento médico. Já os clientes que não estão realizando nenhum procedimento no momento podem se valer do mecanismo de portabilidade para serem transferidos a um outro plano de saúde.

“O correto seria que os consumidores continuassem usufruindo dos direitos previstos em contrato, só que a gente sabe que isso não vai acontecer. Afinal, mesmo antes da alienação compulsória, a Unimed Paulistana já não estava cumprindo com as exigências”, diz Renata.

Por essa razão, a advogada orienta que os clientes busquem a portabilidade e passem a um novo plano o quanto antes. Em sua opinião, poucas empresas se interessariam em comprar uma carteira de clientes que já não está gerando receitas, como é o caso da carteira da Unimed Paulistana. Assim, se o sistema Unimed nacional não comprar a carteira, a situação pode se complicar ainda mais.

Muitos dos clientes da carteira da Unimed são individuais, isto é, não participam de um contrato coletivo, como é o caso dos planos voltados a empresas. Como os planos coletivos têm um número grande de clientes, eles apresentam riscos menores, já que os clientes que geram baixas despesas diluem os altos custos dos clientes que geram mais despesas.

Para a advogada, o problema deve atingir clientes da Unimed de outros estados e cidades. “O que é muito preocupante nessa história é que a Unimed Paulistana recebe pacientes da Unimed do Brasil, então clientes de outras regiões também serão afetados”, diz.

Como as dificuldades da Unimed Paulistana podem afetar a rede Unimed como um todo, a advogada também recomenda que os clientes da operadora em outras regiões avaliem a possibilidade de realizar a portabilidade do plano.

Ao se valer do mecanismo da portabilidade, o cliente consegue passar a um outro plano de saúde sem precisar cumprir com os períodos de carência exigidos. Ou seja, se ao contratar um plano novo o cliente pode precisar esperar seis meses para ter acesso aos procedimentos de parto, ao realizar a portabilidade o cliente já tem acesso ao procedimento sem precisar esperar.

Idec

O Idec destaca algumas regras que a Unimed Paulistana é obrigada a cumprir neste período de transição:

  • Manter integralmente as condições vigentes dos contratos sem qualquer restrição de direitos ou prejuízo aos beneficiários.
  • Não impor carências adicionais.
  • Não alterar cláusulas de reajuste ou data do aniversário dos contratos.
  • Manter a rede credenciada e, havendo alteração da rede credenciada ou referenciada, respeitar o que dispõe a Lei de Planos de Saúde (Lei nº 9656/98, art. 17): enviar carta aos consumidores com 30 dias de antecedência e substituir o prestador por outro equivalente;
  • Não interromper a prestação do serviço de assistência médica hospitalar, principalmente para casos de internação ou tratamento continuado.
  • Enviar correspondência aos consumidores comunicando a transferência da carteira.

Joana Cruz, advogada do Idec, afirma que os consumidores que se sentirem lesados em algum desses pontos podem buscar o Idec para mais orientações.

Ela acrescenta que o caso da Unimed Paulista evidencia a fragilidade do setor. “Infelizmente, esse procedimento de alienação compulsória não é incomum e mostra como o setor saúde suplementar está fragilizado”, diz.

Para evitar esse tipo de problema, a advogada orienta que os clientes fiquem atentos aos comunicados da ANS de suspensão de comercialização de novos planos e aos comunicados de regimes de direção técnica, acompanhamento presencial feito por agente nomeado pela ANS em decorrência de anormalidades assistenciais e administrativas graves.

Essas medidas são divulgadas pela imprensa e podem ser consultadas diretamente no site da ANS.

Publicado em Brasil | Deixar um comentário

Senado aprova emenda que torna obrigatório três debates no 2º turno

O plenário do Senado aprovou na noite desta quarta, 2, uma emenda ao pacote da Reforma Política tornando obrigatória a realização de três debates no segundo turno das eleições. Outra emenda aprovada determina que o candidato, para participar dos debates televisivos nas eleições municipais de 2016, precisa ter pelo menos quatro deputados federais eleitos.

Em 2020, o candidato precisará ter nove deputados para participar dos debates. Diante das críticas de seus colegas, o senador José Serra (PSDB-SP) retirou a proposta que permitia que emissoras escolhessem quatro candidatos para participar dos debates. Neste momento, os senadores discutem uma proposta que inclui a impressão do voto da urna eletrônica. O voto impresso seria depositado em uma urna comum, que seria lacrada. Caberia ao juiz eleitoral solicitar ou não a conferência da urna. Com informações do Estadão Conteúdo.

Publicado em Política | Deixar um comentário

Modelo é atropelada por ônibus ao pedalar em ciclovia de São Paulo

© Fornecido por Notícias ao Minuto

Uma ciclista de 25 anos atropelada por um ônibus na ciclovia da Avenida Brigadeiro Faria Lima nesta terça-feira, 1º, está internada em estado grave no Hospital das Clínicas, com traumatismo craniano. A modelo Mariana Livinalli Rodriguez pedalava pela Rua Chopin Tavares de Lima e, ao fazer uma conversão para a pista de bikes da avenida, foi atingida de frente por um ônibus que trafegava no sentido Pinheiros, na zona oeste, e acessava a mesma rua por onde ela vinha. Ela estava sem capacete.

O caso foi registrado como lesão corporal culposa (sem intenção). O motorista da linha Terminal Pinheiros – Terminal Parque Dom Pedro II afirmou em depoimento que o semáforo estava verde para ele. Segundo o boletim de ocorrência, peritos do 14º DP (Pinheiros) foram até o local do acidente e constaram que, “possivelmente a vítima não observou o semáforo fechado para ela e atravessou a via”. Não há imagens de câmeras de monitoramento no ponto do acidente.

A ciclista nasceu em Soledade, no Rio Grande do Sul, morava sozinha em São Paulo e fazia trabalhos como modelo para a Agência Joy Model Management. Ela foi capa de duas edições da revista Women’s Health e de uma Boa Forma. Se não fosse o contato com o trabalho, a jovem poderia não ser localizada pela família. De acordo com Thiago Bunduky, de 30 anos, relações públicas da agência, uma pessoa que não conhecia Mariana nem o trabalho dela entrou em contato a Joy porque viu, no celular dela, ligações para o local.

“Chegou uma mensagem por meio do Facebook dizendo que uma modelo chamada Mariana Rodriguez tinha sido atropelada e levada ao Hospital das Clínicas”, explicou. Uma equipe da agência foi até o local e a modelo estava sozinha. “Nós que informamos a família.”

Nas redes sociais, o atropelamento causou comoção. O namorado postou uma foto da jovem no Instagram. “Esse dia (do acidente) você passou no meu trabalho para me dar um beijo e almoçamos juntos, como sempre, aprontamos e rimos muito! Eu bati umas 3 mil fotos suas e cada uma mais linda que a outra.”

Resposta

A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) lamentou o acidente. Em nota, o órgão afirmou que a conversão à esquerda feita pelo ônibus para a Rua Chopin Tavares de Lima é permitida. “Esse cruzamento é controlado por semáforo, com um foco específico para conversão de ônibus à esquerda e outro específico para ciclistas”, disse a CET. Com informações do Estadão Conteúdo.

Publicado em Brasil | Deixar um comentário

Por engano, caminhão transporta banheiro químico com mulher dentro

BBC Brasil – Um banheiro químico com uma mulher dentro foi acidentalmente carregado por um caminhão-empilhadeira durante um festival na Cornualha, no sudoeste da Inglaterra.

A mulher entrou na cabine antes da abertura do Festival de Peixes de Neywlin.

Um dos organizadores, Rob Parson, afirmou que ela provavelmente se surpreendeu quando saiu do banheiro químico em um local diferente do que havia entrado.

A mulher não ficou ferida no incidente, que ocorreu na segunda-feira, informou a organização do evento.

Em entrevista à BBC Radio Cornwall, Parsons disse que a mulher “entrou no banheiro que foi então deslocado para o outro lado do porto com ela dentro”.

Mark Kempthorne, diretor da empresa que forneceu os banheiros químicos para o evento, afirmou se tratar de um erro facilmente cometido, já que os motoristas frequentemente suspendem os banheiros químicos pela parte de trás.

“Acontece com alguma frequência, para ser honesto. Conosco já aconteceu algumas vezes”, disse.

Publicado em Brasil | Deixar um comentário

Senado aprova fim de doação de empresas a partidos políticos

Brasília – O plenário do Senado aprovou na noite desta quarta-feira, 2, uma proposta do pacote da reforma política que proíbe empresas a doarem a partidos. A Casa já havia recusado anteriormente a possibilidade de pessoas jurídicas fazerem contribuições diretamente para partidos políticos. A mudança, que passou com o apoio de 36 votos contra 31, ocorreu a partir da aprovação de uma sugestão apresentada pela senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM).

Os senadores permitiram doações de pessoas físicas. Contudo, houve um acordo para permitir que, em vez de limitado a 10% dos rendimentos que elas tiveram no ano anterior à eleição, as pessoas físicas não terem nenhuma limitação para fazerem contribuições eleitorais.

Embora sem teto de doações para pessoas físicas, a senadora Vanessa Grazziotin (PC do B) elogiou a decisão de acabar contribuição de pessoa jurídica. “Pessoas físicas, essas, sim, têm todo o direito de doar para quem quer que seja, porque elas são pessoas físicas, elas atuam votando e ajudando os candidatos que apoiam, e não as pessoas jurídicas”, defendeu Vanessa.

No momento, os senadores discutem novas alterações ao texto. Ao final da votação, o texto terá de voltar para a Câmara. Os deputados anteriormente aprovaram doações de empresas a partidos, com limitações. Mais cedo, os parlamentares aprovaram o text-base da reforma política em votação simbólica.

Publicado em Coluna do Gutierrez | Deixar um comentário

Processo Judicial Eletrônico e o atraso do avanço tecnológico do Tribunal de Justiça de Rondônia

segismundo_17Ernande Segismundo (*)

 O assunto mais comentado no meio advocatício rondoniense nas últimas semanas diz respeito àsduras críticas que vêm sendo feitas ao modo afoito e precipitado da implantação do Processo Judicial eletrônico no âmbito do Tribunal de Justiça do Estado de Rondônia, sobretudo pela falta de diálogo com a OAB/RO, categoricamente ignorada nesta mudança profunda no mecanismo processual no Estado, numa clara violação do art. 133 da Constituição Federal,segundo o qual o advogado é indispensável à administração da Justiça.

Se o advogado é indispensável à administração da Justiça, muito mais a Ordem dos Advogados, que representa a totalidade dos profissionais do Estado e como Seccional, a advocacia brasileira. Com o peticionamento eletrônico, advogados de todo o país poderão postular no TJ/RO sem sair dos seus escritórios.

Os graves problemas que a advocacia rondoniense está enfrentando têm relação direta e imediata com a forma com que o Tribunal de Justiça do Estado está implantando o sistema, sem a participação dos interessados e usuários do sistemaexcluindo a OAB, impossibilitando-a de colaborar ou mesmo opinar sobre o desenvolvimento do programa.

Evidente que o acesso à Justiça é parte integrante de uma Política Pública de gênese constitucional e como tal, a legitimidade é parte constituinte do processo. Alijar uma entidade com a OAB do processo de concepção, desenvolvimento e implantação, significa excluir o cidadão da tomada de decisões sobre os seus direitos. Em uma palavra, a operacionalização do PJe, pelo Tribunal de Justiça, resulta incompatível com a democracia.

Não participamos do desenvolvimento do programa em conjunto com o Judiciáriocomo se tivéssemos que trocar o pneu do carro com o veículo em pleno movimento, pois o sistema vem apresentando inúmeros e diversos problemas que ninguém tem a solução, de modo que o PJe humilha os advogados e dificulta o livre e pleno aceso da população à Justiça.

Deste modo, o Movimento ‘Questão de Ordem: A OAB Pode Mais’, do qual sou coordenador, propõe que seja disponibilizado de imediato o protocolo físico alternativo para evitar o perecimento do direito do jurisdicionado quando o programa emperra, levando os advogados a demorar até dois dias para protocolar uma petição inicial com mais de 200 documentos probatórios e o pior, quando se consegue distribuir uma demanda, não se sabe o que é feito da ação, visto que a demora na distribuição produz sérios constrangimentos aos advogados, uma vez  que os clientes querem saber o número do processo e a vara ou relator para o qual foi distribuído, sem que se tenha a quem reclamar por tal precariedade.

Dentre as alternativas levantadas pelos advogados estãoa petição em papel, por meio físico, enquanto não se corrigem as diversas falhas técnicas e estruturais que vêm ocorrendo; a exclusividade do login e da senha, pois o advogado não pode ser obrigado a peticionar somente através da Certificação Digital, até porque a instituição responsável por garantir o acesso àJustiça é o próprio Judiciário e não a OAB, que fornece tokens aos profissionais.

Além disso, a advocacia rondoniense deve suscitar por todos os meios, juízos e instâncias possíveis o debate sobre a competência normativa do Tribunal de Justiça de Rondônia editaprovimentos para regulaa matéria, pois o processo eletrônico é rito e não pode ser alterado através de atos administrativos, uma vez que qualquer alteração no direito processual é competência da União, como determina a Constituição Federal.

A advocacia rondoniense vem enfrentando ainda sérios problemas em relação às intimações, que devem ocorrer através do Diário Oficial, até porque a Lei 11.419/2006, que criou o processo eletrônico não a proíbe, além do que a intimação eletrônica viola o princípio do contraditório e da ampla defesa.

Os profissionais da advocacia mais idosos não devem ser humilhados e merecem um treinamento digno, vez que deram a vida para o Direito e diante de sua idade avançada muitos não conseguem operacionalizar o sistema da forma como vem sendo imposto pelo Tribunal, o que gera imenso desconforto, levando alguns a pensar em desistir da profissão em face da exclusão digital a que vêm sendo relegados.

Não faz o menor sentido o avanço tecnológico do PJe se as protocolizações consomem demasiado tempo dos profissionais e os problemas que apresenta se avolumam a cada dia sem qualquer solução razoável por parte do Tribunal. Neste sentido é razoável supor que nem toda modernidade representa progresso e avanço, pois neste caso específico a ferramenta tecnológica veio com forte ranço de atraso. O meio colocado como substituição deve ser tão ou mais eficaz quanto o sistema que está sendo alocado no passado.

Salta aos olhos ainda a canhestra omissão da Seccional da OAB/RO no enfrentamento desta problemática, que até agora não esboçou qualquer reação às constantes e incontáveis humilhações a que estão sendo submetidos diariamente centenas de profissionais sem qualquer apoio efetivo e institucional da entidade máxima da classe no Estado.

O fato é que a OAB precisaria ser ouvida e respeitada e enquanto isto não acontece, nosso Movimento orienta os advogados e advogadas rondonienses a utilizar o Código de Defesa do Consumidor para a defesa de suas causas e de seus clientes quanto ao acesso à Justiça, pois o art. 3º da Lei 8.078/90 estabelece que fornecedor é toda pessoa física ou jurídica, pública ou privada que desenvolve atividades de produção, montagem, criação de produtos ou prestação de serviços e o Poder Judiciário nada mais é que um ente prestador de serviços públicos e por este motivo se acha sob a tutela desta lei (inc. VII do art. 6º, Lei 8.078/1990).

Por fim, nosso Movimento de advogados e advogadas finaliza conclamando a advocacia rondoniense a exigir a imediata suspensão da implantação do PJe no Estado, até que se discuta conjuntamente com a OAB/RO um planejamento mínimo para a implantação programada, seletiva e sistemática, de modo a minimizar os efeitos das inovações em todos os setores da administração da Justiça, do seio da advocacia e da sociedade.

(*) Ernande Segismundo, advogado e coordenador do Movimento ‘Questão de Ordem: A OAB Pode Mais’.

Publicado em Política | Deixar um comentário

Acir Gurgacz está entre os mais influentes do Congresso Nacional

 

ACIR-GURGACZ222O senador Acir Gurgacz (PDT) entrou para o seleto grupo de cabeças do Congresso Nacional na lista deste ano do Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (DIAP). A nova lista do DIAP foi divulgada nesta segunda-feira, 31/08, e também traz o senador Valdir Raupp (PMDB) entre os 100 cabeças do Congresso Nacional.

Raupp já aparecia na lista divulgada no ano passado. Outra novidade é a presença do deputado federal Marcos Rogério (PDT) na lista dos 50 parlamentares em ascensão. Os três rondonienses estão entre os 150 parlamentares mais influentes do Congresso Nacional, segundo o DIAP.

Na definição do departamento, “os cabeças” são parlamentares que conseguem se diferenciar dos demais pelo exercício de todas ou algumas das qualidades e habilidades. Entre os atributos está o protagonismo no processo legislativo, a capacidade de conduzir debates, negociações, votações, articulações e formulações de propostas.

Já o parlamentar em ascensão é aquele que recebe missões partidárias, políticas ou institucionais, desempenhando-as com êxito. É o parlamentar que abre canais de interlocução, credenciando-se para o exercício de liderança, segundo o DIAP.

Acir Gurgacz é líder do PDT no Senado. Vice-presidente da Comissão de Agricultura e Reforma Agrária (CRA), da qual foi presidente no biênio 2012/2013. Acir é relator de Receitas do Orçamento da União e participa como titular das principais comissões do Senado, como a de Serviços de Infraestrutura (CI) e de Consitituição e Justiça (CCJ).

O Estado com maior número de ‘cabeças no Congresso’ é São Paulo, com 15 parlamentares. Rio de Janeiro é vice, com 10. Rondônia, ao lado de Mato Grosso, Paraíba, Rio Grande do Norte, Acre, Goiás, Amazonas, Espírito Santo, Amapá tem 2.

Na divisão de cabeças, por partido, o PT lidera com 24 deputados e 10 senadores (e reduziu o número de integrantes). O PSDB tem 14 deputados e 7 senadores. O PMDB é terceiro com 12 deputados e 8 senadores. O PDT tem quatro parlamentares entre os cabeças e em ascensão.

O DIAP faz estudos para definir os mais influentes desde 1994. Nos 22 anos apenas um parlamentar manteve-se em todas as edições. É o senador Paulo Paim (PT-RS). Na Câmara dos Deputados estão 513 parlamentares e, no Senado, 81.

Publicado em Política | Deixar um comentário

Fatos que marcaram a sessão de hoje na Câmara dos Vereadores de JI-Paraná

23ª SESSÃO

Em Sessão Ordinária na última terça-feira (01), presidida pelo vicepresidente da Câmara Municipal, Lorenil Gomes, com os trabalhos secretariados pelo vereador Jessé Bitencourt (PDT), foram aprovados diversos projetos e requerimentos que beneficiam toda a comunidade.

URBANIZAÇÃO

O vereador Edivaldo Gomes falou sobre a obra de urbanização do Redondo, localizado no bairro Jardim das Seringueiras. Segundo o vereador, o trabalho irá propiciar a melhoria da sinalização naquele local, diminuindo o número de acidentes que acontecem por lá e oferecendo uma qualidade melhor ao local.

OBRAS DE DRENAGEM

Existem obras nos dois extremos na cidade, e que, segundo o vereador Edivaldo Gomes, estão em fase final. O vereador visitou as obras junto com o procurador Henrique Felber e foi dito a eles que as obras serão concluídas até o dia 28 de outubro.

AVENIDA BRASIL

O vereador Lorenil Gomes convidou a população para participar da Audiência Pública que discutirá a situação do estacionamento da Avenida Brasil. A audiência acontecerá no dia 10 deste mês

BOSQUE DOS IPÊS

Uma situação caótica”, assim definiu o vereador Lorenil Gomes, a situação do bairro Bosque dos Ipês, aproveitando para pedir aos vereadores e a administração municipal, uma atenção maior para aquele bairro.

COLÉGIO JARDIM DOS MIGRANTES

O vereador C. Gomes aproveitou a fala na tribuna para agradecer ao Deputado Laerte Gomes pela emenda de 50 mil reais que será destinada a continuidade da obra da quadra da escola Jardim dos Migrantes.

PAVIMENTAÇÃO

A vereadora Sílvia Cristina falou sobre a emenda que será destinada a pavimentação da linha 12 no setor Itapirema. Segundo a vereadora, a pavimentação beneficiará muitas pessoas que moram naquela região.

CARRETA CONTRA O CÂNCER

O L1 Maringá receberá a carreta que faz diagnósticos de câncer de mama e a vereadora Sílvia Cristina aproveitou para convidar todas as mulheres da região para irem fazer o exame gratuitamente.

FESTA DO TAMBAQUI

A vereadora Márcia Regina aproveitou sua fala na tribuna para convidar toda a população para a Festa do Tambaqui, que acontecerá na linha 208 a partir desse final de semana. Segundo ela, é um evento de grande importância para os produtores de peixe de toda a região.

SEM AUMENTO NA ÁGUA

O vereador Anderson da Exceller agradeceu ao advogado Clederson Viana, presidente da AGERJI por conseguir manter pelo segundo ano consecutivo o padrão da conta de água no município de Ji-Paraná, não permitindo o repasse de aumentos para o custo pelo fornecimento da água tratada.

HOSPITAL MUNICIPAL

Anderson também avisou na tribuna sobre a paralisação do tomógrafo, que se encontra no Hospital Municipal, mas acaba não sendo utilizado, fazendo assim a população ter que buscar outros meios perante a necessidade de uma tomografia

OBRAS PARALISADAS

O vereador Joaquim Teixeira pediu ajuda ao governo do Estado para que sejam retomadas as obras referentes aos 50 km de asfalto que o município foi contemplado. Segundo o vereador as obras se encontram estagnadas e isso prejudica a população

BEIRA RIO CULTURAL

Ainda falando sobre obras que estão paradas, o vereador Joaquim Teixeira também citou a reforma completa do Beira Rio que se encontra parada a um bom tempo.

ANEL VIÁRIO

Segundo o vereador Edilson Vieira, o número de máquinas que se encontram trabalhando nas obras do Anel Viário é insuficiente para que a obra seja concluída com rapidez e pediu mais atenção do governo do Estado para a conclusão da mesma.

SEMANA DA PÁTRIA

O vereador Jessé Mendonça falou sobre a abertura da “Semana da Pátria”, que teve com um de seus pontos altos, a formatura realizada no Quartel da Polícia Militar da cidade, à qual ele teve a honra de comparecer, e destacou os vários eventos que acontecerão nas festividades realizadas pela Comissão Organizadora do Sete de Setembro.

REQUERIMENTOS

O vereador Lincoln Astrê agradeceu aos vereadores pela aprovação dos seus requerimentos que foram colocados em pauta, entre eles, citou os diversos requerimentos para pavimentação no município e que tendem a melhorar a qualidade de vida das pessoas.

RAIO X

O vereador Lincoln também aproveitou para falar sobre o Raio X que se encontra parado no Hospital Municipal. Segundo ele, o raio x encontra-se sem funcionamento, prejudicando a vida de algumas pessoas.

PROJETOS APROVADOS EM VOTAÇÃO ÚNICA

– Nesta sessão foi aprovado o Projeto de Lei nº 3405 que dispõe sobre “Autorização para o Poder Executivo Municipal a abrir crédito adicional especial no corrente exercício financeiro, e dá outras providências”.

– Também foi aprovado o Projeto de Lei nº 3406 que dispõe sobre “Autorização para o Poder Executivo Municipal a abrir crédito adicional especial no corrente exercício financeiro, e dá outras providências”.

Publicado em Política | Deixar um comentário

‘Debater estacionamento na Avenida Brasil, é perda de tempo”, diz a coluna do Roberto Gutierrez

Roberto Gutierrez – Uma audiência pública para discutir se os carros devem ser estacionados de forma correta ou ao estilo de estacionamento de Shopping center, vai além da compreensão.

A avenida Brasil foi mal projetada, ou seja, é muito estreita para se chamar de avenida. Ela é um centro comercial muito importante, logo, ter os carros estacionados com era antigamente, em forma de garagem, deixava a via ainda mais estreita e perigosa.

Se a reclamação é porque as pessoas estão tendo dificuldade de estacionar, isso é um problema de reciclagem, ou seja, volte para auto escola.

Se o argumento é porque desse tipo de estacionar cabem dois carros a menos na área de estacionamento, não procede: tem as ruas transversais, ou seja, a ‘Ts-1,2,3,4,5,6,7,8, etc, que também podem ser usadas para estacionar. (Andar um pouco a pé faz bem à saúde)

Quem tem que decidir sobre o trânsito, são especialistas no assunto, Se a EMTU não tem, contrate um engenheiro de tráfego ou uma consultoria. Trânsito é coisa séria.

Se fosse uma audiência para discutir os investimentos de sinalização no trânsito ou a substituição de alguns semáforos por rotatórias, aí sim, como forma de alerta a comunidade sobres as mudanças, seria algo pertinente e de suma importância.

Compreendo a preocupação do vereador que está à frente dessa audiência(ele apenas atende a um pedido), mas em se tratando de estacionamento na avenida Brasil, é perda de tempo.

A Audiência Pública será no próximo dia 10, às 19h30, na Câmara dos Vereadores de JI-Paraná. Ela é uma iniciativa do Vereador Lourenil Gomes

carro antes

Forma de estacionar antiga da avenida Brasil – ao tentar sair de marcha-ré avança sem visão parte da pista a qual é usada na ultrapassagem.

carrro antes 2

Forma de estacionar antiga da avenida Brasil – ao tentar sair de marcha-ré avança sem visão parte da pista a qual é usada na ultrapassagem.

emtu748x522_7811aicitonp19kioi1ib1ohe1vvd1bleeooq8i1

Forma atual de estacionar na avenida Brasil – o motorista observa pelo retrovisor se pode sair do estacionamento, sem contar que deixa mais espaço para a pista de ultrapassagem.

Avenida-Brasil-600 12

Forma atual de estacionar na avenida Brasil – o motorista observa pelo retrovisor se pode sair do estacionamento, sem contar que deixa mais espaço para a pista de ultrapassagem.

Publicado em Coluna do Gutierrez | 2 comentários

Legislativo, Executivo e Judiciário fiscalizam obra de drenagem na BR 364

 

drenagemA obra de R$ 6,4 milhões para realização da obra de drenagem, canalização  e alargamento de galerias na BR-364 em Ji-Paraná foi vistoriada ontem (31) pelo vereador Edivaldo Gomes (PSB) e prefeito Jesualdo Pires (PSB) acompanhados do procurador da República Henrique Felber, do supervisor substituto da unidade local do Dnit, Jácome Marinho, do fiscal da obra Pedro Nakayama, do proprietário da empresa vencedora da licitação, a Construtora Andrade Vicente LTDA, Sandoval Andrade, e o engenheiro da empresa Ederson Andrade.

A obra vai ampliar a vasão das águas nos trechos da BR-364 próximo a LF-Importes no primeiro distrito e próximo a empresa Auto Peças Castrillon no segundo distrito, com o objetivo de por fim a problemas de alagações, que no período intenso de chuvas, atingiu moradias nos bairros Santiago e Presidencial, bem como, nos bairros Primavera e Riachuelo. Estão sedo construídas mais de 600 metros de canalização e captação de águas e a ampliação das galerias.

“Em 2013, houve uma grande enchente prejudicando a população de Ji-Paraná em bairros que nunca antes foram atingidos. Eu observei o caso na época e iniciei um estudo da obra de drenagem na BR 364, junto à Secretaria de Obras e Serviços Públicos (Semosp). A denúncia se transformou em um inquérito civil, liderado pelo procurador Henrique Felber e resultasse neta obra de drenagem”, pontuou Edivaldo. Para Gomes, o atendimento rápido a esta solicitação se deve ao trabalho em conjunto dele, como representante da Câmara, do executivo com o prefeito Jesualdo Pires e do senador da República Acir Gurgacz.

O prefeito Jesualdo Pires enalteceu sobre a importância do alargamento da BR 364 e esta ação com envolvimento direto do executivo, legislativo e judiciário. “Esta é uma obra que atende a dois pontos da BR-364. A obra se tornou realidade devido aos esforços conjuntos da Câmara e da Prefeitura e do senador Acir Gurgacz, que encampou prontamente nossa solicitação. Desta forma, em outubro teremos a entrega deste trabalho de drenagem”, declarou Jesualdo Pires.

O procurador Henrique questionou o Dnit e a empresa sobre empenhos, licença ambiental, prazo e dados técnicos da obra. “Houve muitas reclamações sobre essa obra e precisamos de todos os dados possíveis para repassar à população sobre o emprego, de acordo com a lei, da verba, e garantias que não haverá problemas futuros”, enfatizou.

O proprietário da empresa, Sandoval Andrade, explicou junto ao engenheiro Ederson Andrade os procedimentos para a drenagem da água pluvial. Para o supervisor substituto Jácome Marinho e fiscal da obra Pedro Nakayama, que fazem a vistoria periódica, a obra iniciada em maio segue o cronograma e está conforme o projeto.

Publicado em Política | Deixar um comentário

Corregedoria do MPF fará correição em Rondônia entre os dias 8 e 11 de setembro

Haverá atendimento ao público que poderá participar dando sugestões, considerações e reclamações acerca do trabalho das unidades do MPF em Rondônia.

As unidades do Ministério Público Federal em Rondônia (MPF/RO) passarão por correição ordinária entre os dias 8 e 11 de setembro. O objetivo é verificar a regularidade do serviço, a eficiência e a pontualidade dos membros do Ministério Público Federal no exercício de suas funções, o cumprimento das obrigações legais, bem como levantar as dificuldades e necessidades da unidade, com objetivo de apresentar sugestões a serem encaminhadas aos órgãos superiores do Ministério Público Federal.

Durante a correição, a comissão formada pelo corregedor-geral, Hindemburgo Chateaubriand, pelos procuradores regionais da República Márcio Domene Cabrini e Uendel Domingues Ugatti, e pelo procurador da República Gustavo Nogami visitará gabinetes e serviços auxiliares para entrevistar procuradores e servidores. Caso julgue necessário, a comissão poderá inspecionar autos, expedientes e registros documentais ou eletrônicos. Um relatório geral da correição será encaminhado ao Conselho Superior do MPF.

Haverá também atendimento ao público para que, eventualmente, as pessoas possam fazer sugestões, considerações e reclamações acerca do trabalho das unidades. Os horários de atendimento estão divididos da seguinte forma:

Dia 8

Porto Velho e Guajará-Mirim, das 15h30 às 16h30 – Rua José Camacho, 3307, Bairro Embratel, Cep: 76820-886Porto Velho

Vilhena, das 16h às 17h – Avenida Major Amarante, 4040, 3º andar (prédio da TV Color), Centro, Cep: 76980-972

Dia 9

Ji-Paraná, das 15h às 16h – Rua Presidente Vargas, nº 925 – esquina com a Av. Marechal Rondon – 1º andar, Bairro Centro, Cep: 76.900-038

Fonte: MPF/RO (www.prro.mpf.mp.br)

Publicado em Cotidiano | Deixar um comentário

Seminário traz especialistas de SP para discutir novas tendências do mundo digital

No próximo dia 6 de setembro, véspera do feriado do Dia da Pátria, Ji-Paraná vai sediar um importante evento na área de informática. Trata-se do DIA DO BIT, que ocorrerá no auditório da Eucatur (Av. Marechal Rondon, Nº 2727, bairro Dois de Abril), das 8 horas às 17h30, seguido de um coquetel de encerramento. O objetivo deste dia de formação é trazer novos conhecimentos para os profissionais já atuantes ou que desejem ingressar na área de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC). O programa com seis palestras a serem ministradas por especialistas — alguns vindos de São Paulo — foi estruturado para cativar empreendedores da área de tecnologia e informática, profissionais e estudantes da área e quaisquer entusiastas ou curiosos pela área de desenvolvimento de software.

Assim, os participantes terão contato com temas importantes que serão: 1) Desenvolvimento ágil para a web com Ruby on Rails; 2) Gerenciamento de projetos e equipes de desenvolvimento; 3) Introdução a Redes Definidas por Software – Software Defined Network: OpenFlow e OpenDaylight; 4) Desenvolvimento web produtivo e de qualidade com Laravel; 5) “Universo PostgreSQL!”, “Startup, quero ter a minha!: Uma visão geral sobre esse universo inovador”; 6) UX, front-end and Back-end; e 6) A evolução da arquitetura de um e-commerce.

“Nossa intenção é fomentar o setor de tecnologia, bem como tentar melhorar a qualificação dos participantes com palestras de profissionais compartilhando seus conhecimentos e experiências vivenciadas no trabalho”, explica Andre Betiolo, bacharel em Sistemas de informação e idealizador do evento. Ele decidiu organizar este seminário por entender que eventos técnicos nesta área de TIC são praticamente inexistentes no estado de Rondônia.

Todos os participantes inscritos que curtirem e compartilharem o link https://goo.gl/avhp4Q, irão concorrer a dois mini-computadores (Arduino e Raspberry Pi 2). O evento será no domingo porque muitos profissionais trabalham no sábado ou estão impedidos de frequentar o curso neste dia por motivos religiosos.

As inscrições custam R$ 40,00 e interessados podem entrar em contato pelos telefones 9228-6956 e 3421-0550 ou ainda pelo e-mail andrebetiolo@gmail.com O evento também possui um site que é o www.diadobit.com.br.

                                                 Marcos Lock, MTb/SP 17.592
Publicado em Cotidiano | Deixar um comentário

Embrapa quer fortalecer cadeia leiteira do Estado do Rio de Janeiro

Entre os dias 17 e 19 de agosto, uma equipe da Embrapa Agroindústria de Alimentos promoveu a Caravana Tecnológica para Agricultura Familiar e realizou visitas técnicas a laticínios dos municípios de Paty do Alferes e Miguel Pereira.  Mais de trinta produtores e técnicos participaram da atividade de orientação sobre Boas Práticas de Fabricação (BPF). Essa ação reforça iniciativas da Embrapa voltadas para o avanço da cadeia leiteira no Estado do Rio de Janeiro.

A Caravana Tecnológica em Paty do Alferes, que aconteceu no dia 18, teve início com a apresentação do pesquisador Eduardo Walter sobre os principais fatores de alteração de alimentos por micro-organismos, como temperatura, tempo de armazenamento e nível de pH/acidez. O especialista também destacou as classes de micro-organismos e sua importância na qualidade e segurança dos alimentos: deteriorantes, fermentadores, probióticos, patogênicos e indicadores de qualidade higiênico-sanitária. Em seguida, André Dutra falou sobre rotulagem de alimentos, destacando aspectos da legislação nacional, internacional e do Mercosul. “É preciso que o rótulo traga informações precisas sobre a qualidade e rastreabilidade do produto para um consumo seguro”, afirmou. Logo após o evento, ele foi procurado por produtores para auxiliá-los na elaboração de rótulos e na adequação da infraestrutura dos laticínios.

A pesquisadora Lilia Salgado, responsável pela ação, avaliou positivamente o evento. “Conseguimos reunir os principais laticínios da região, o público interagiu, expôs as suas dúvidas e participou bastante. O Prefeito de Paty do Alferes também estava lá prestigiando, e indicou interesse em realizar uma oficina completa de Boas Práticas de Fabricação (BPF) e Boas Práticas Agropecuárias (BPA) para os produtores da região. Além disso, já há interessados demandando novas ações da Caravana em Miguel Pereira, município vizinho à Paty”, contou Lilia.

A cadeia produtiva do leite no Brasil cresceu mais de 30% na última década, alcançando 34 bilhões de produção de litros de leite em 2013, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O Estado do Rio de Janeiro produz aproximadamente 600 milhões de litros de leite anualmente, ocupando o 12º lugar no ranking nacional de produção. “O setor lácteo do Estado do Rio de Janeiro vem aumentando a produção e modernizando suas propriedades rurais e instalações. Entretanto, ainda persistem problemas básicos relativos à sanidade e à qualidade da matéria-prima, refletidos nos procedimentos inadequados e não conformidades, da produção primária ao processamento agroindustrial”, observa Amauri Rosenthal, líder do projeto em andamento “Inovações tecnológicas e melhoria de processos para o desenvolvimento do setor lácteo no Estado do Rio de Janeiro”, financiado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro – FAPERJ. Esse projeto pretende levar às cooperativas lácteas de diferentes regiões do Estado as orientações relacionadas às Boas Práticas de Fabricação (BPF) e às Análises de Perigos e Pontos Críticos de Controle (APPCC), além de prover alternativas tecnológicas para o desenvolvimento de novos produtos com maior qualidade e valor agregado, como queijo com teor reduzido de sódio e bebida láctea probiótica.

 

Visita a Laticínios de Paty do Alferes e Miguel Pereira

Os analistas e pesquisadores da Embrapa visitaram quatro laticínios em sua passagem pela região. A mais antiga propriedade visitada foi a Queijaria Judith em operação desde 1922. Atualmente, a indústria familiar procura se estabelecer em um nicho de mercado: produtos orgânicos. Há poucos meses, os proprietários conseguiram certificação orgânica para o queijo minas frescal, e agora buscam o selo para as coalhadas seca e fresca. A produção de queijos é distribuída pelos municípios da região e nas feiras livres de alimentos orgânicos na cidade do Rio de Janeiro, a cento e vinte quilômetros de distância. “A nossa produção leiteira com animais da raça pardo suíço é pequena, por isso buscamos agregar valor aos produtos derivados de leite com o selo orgânico. As orientações da Embrapa quanto à rotulagem e a adequação à legislação são fundamentais”, afirma André Amaral, da terceira geração da família a trabalhar no negócio. Seu pai, Vitor Amaral de 83 anos, que trabalha desde cedo com afinco na queijaria familiar lamenta: “Para os pequenos produtores, é difícil dar um salto tecnológico, já que falta assistência técnica e pessoal capacitado para atuar na fabricação dos produtos”.

A Agroindústria Comunitária “Queijaria Arcozelo”, instalada em terreno cedido pela Prefeitura de Paty do Alferes, talvez enfrente a situação mais difícil entre os laticínios visitados. “Os produtores conseguem nos entregar apenas entre 80 e 100 litros de leite por dia. Trabalho sozinho produzindo queijos, coalhadas e iogurte. Não há interesse de membros da comunidade em se envolver no processo e ampliar a produção”, conta Renato de Oliveira, que trabalha no pequeno laticínio.

Já o Rei do Queijo, que produz e vende queijo minas frescal, iogurte, doce de leite  e coalhada vê o mercado em plena expansão: “Processamos cerca de dez mil litros de leite por semana, mas a nossa capacidade é de 150 mil. A procura é muito maior que a oferta, mas não estamos conseguindo leite com os produtores. Há uma escassez no mercado”, conta empresário André Luis. A mesma situação enfrenta os Laticínios Manoel Borges, que possui uma linha com mais de 17 produtos lácteos entre queijos, iogurtes, creme de leite, manteigas e doce de leite. “Estamos conseguindo atender apenas os clientes mais antigos, e já suspendemos a produção de vários produtos devido à falta de leite para processar. Atualmente, estamos focando na produção do nosso principal produto: o queijo minas frescal”, conta Rogéria Borges, filha do proprietário, que se orgulha do slogan da empresa: “De nossa família para a sua!”.

Para o pesquisador Eduardo Walter, da Embrapa Agroindústria de Alimentos, a Caravana Tecnológica de Paty do Alferes se fez essencialmente durante as visitas, quando houve troca de experiências, orientações personalizadas sobre questões técnicas e de legislação e discutidas abordagens tecnológicas para os problemas apresentados. “Observamos um cenário bastante diversificado nos laticínios visitados, desde produção artesanal até indústrias bem estruturadas, o que reflete a realidade brasileira. Essa aproximação da Embrapa com o setor produtivo sinaliza questões importantes para a pesquisa científica, mas também revela a necessidade do fortalecimento dos órgãos de assistência técnica municipais e estaduais”, destaca o pesquisador.

Publicado em Agronegócio | Deixar um comentário

Comissão quer relatórios de ações das Secretarias Municipais de Educação

11986369_685928978209638_4525762909716117823_nA Comissão de Educação e Cultura, sob a presidência da deputada Lúcia Tereza (PP), discutiu a implantação do Plano de Educação, que tem prazo para ter início. Aélcio da TV (PP) sugeriu que, para um resultado satisfatório, o plano deverá ser analisado pela Comissão de Educação a cada seis meses.

Para efetivação da ideia, a presidente da comissão Lúcia Tereza determinou que todas as secretarias municipais de educação em Rondônia, sejam solicitadas a detalhar, em relatório semestral, todas as ações do plano que forem efetivamente realizadas.

Adelino Follador (DEM) elogiou a postura da Câmara Municipal de São Paulo ao derrubar a ideologia de gênero do programa da educação. Na opinião de Adelino o povo está mostrando o que quer e a classe política está derrubando essa idéia “besta” contra a família brasileira.

Aélcio da TV elogiou o trabalho realizado pela diretora da Escola Brasília, professora Clarina, que há 7 anos realiza o Baile de Debutantes para as alunas carentes daquela instituição de ensino. Segundo Aélcio, anualmente é promovida uma grande festa, com recursos arrecadados pelos próprios professores, e as alunas que completam 15 anos são homenageadas. Esse ano, segundo levantamento do parlamentar, 23 alunas serão as estrelas da festa que está marcada para o final de novembro.

A deputada Lúcia Tereza parabenizou a direção da escola Brasília pela iniciativa e lamentou que a Secretaria de Educação não participe e até mesmo promova ações como essa, que apesar de simples, fazem diferença para o resto da vida para essas adolescentes e suas famílias.

O deputado Adelino Follador denunciou que o Departamento de Estradas de Rodagens e Serviços Públicos-DER, ao invés de melhorar os serviços da secretaria, está devolvendo obras paras as secretarias beneficiadas.

Ficou definido que um documento será encaminhado à bancada federal pedindo esclarecimentos sobre as verbas da União destinadas à Secretaria de Estado da Educação, citando como exemplo o “Mais Educação”, construção de creches etc, e quando e como estão sendo aplicadas.
Participaram da reunião os deputados Aélcio da TV (PP), Adelino Follador (DEM) e Ribamar Araújo (PT).

DECOM-ALE

Publicado em Coluna do Gutierrez | Deixar um comentário

Carro da OAB em lugar proibido no Fórum Criminal

11920377_1105359946159194_1139731735_nManhã de segunda-feira (31 de gosto), Fórum Criminal de Porto Velho, capital de Rondônia. Um carro pertencente à Ordem dos Advogados do Brasil/RO estacionado em lugar proibido. O flagrante fotográfico é de uma mulher que estacionou bem próximo ao local, e pediu que o nome dela não fosse revelado.

Esse tipo de infração de trânsito, infelizmente, é comum, mas, o que chama a atenção é que está sendo cometido por meio de um veículo cujo símbolo na porta representa uma instituição a qual, em tese, zela pela ordem e pelo Direito, justamente no estacionamento de um lugar onde se busca o Direito – Fórum Criminal. Não que advogado tenha que ser santo, mesmo porque boa parte dos corruptos famosos dos maiores escândalos recentes e antigos deste País tem registro na OAB, assim como homens que deram bons exemplos.

Um dos pontos bons da era digital, é que é possível externar com rapidez a indignação quanto a exemplos assim, tão mesquinho, egoísta e irresponsável de quem o praticou. Aliás, flagrante fotográfico fala por mil palavras – ‘como diz o provérbio chinês’.   (Roberto Gutierrez)

Publicado em Coluna do Gutierrez | 2 comentários

Movimento irá pressionar pelo fim da reeleição na OAB/RO

O grupo que se uniu no Movimento QUESTÃO DE ORDEM: A OAB PODE MAIS, quer abrir uma discussão séria sobre o fim da reeleição ou afastamento de candidatos que ocupem cargos de direção, seis meses antes do pleito nas Seccionais. A proposta vai ao encontro do que a própria OAB Nacional elencou como prioridades na reforma política brasileira, colocando em relevo o fim da reeleição. O Pleno do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil aprovou e encaminhou ao Congresso Nacional a proposta que sugere entre outras mudanças, o fim reeleição para presidente da República, governadores e prefeitos. “A OAB que queremos deve dar o exemplo que sugeriu a Nacional pra moralizar a política brasileira. No seu âmbito, deve acabar a reeleição para os cargos de diretoria da instituição”, considerou o coordenador do Movimento Ernande Segismundo. A crítica à reeleição é antiga e cresce nas principais Seccionais do país o debate sobre o tema. A justificativa é simples, oxigenar o poder que o cargo confere e garantir igualdade de condições às chapas que disputarem o pleito. Na OAB do Ceará é uma realidade aprovada em maio deste ano, em Sessão Extraordinária do Conselho Seccional. “Temos que submeter a proposta à votação no Conselho Seccional, pra que não seja mais promessa de campanha e colocar a nossa Seccional em sintonia com as que têm a mesma compreensão. O uso da máquina é um fator que prejudica qualquer processo eleitoral. Nosso dever é combater tudo que imponha desigualdade pra fortalecer a democracia, bandeira histórica da Ordem dos Advogados do Brasil”, concluiu Segismundo.

Publicado em Política | Deixar um comentário

Festcineamazônia abre inscrições para sua 13ª edição

 festiEstão abertas as inscrições para as mostras competitivas do 13o Festcineamazônia – Festival Latino Americano de Cinema Ambiental. As inscrições se encerram dia 15 de setembro. O festival, que se propõe a criar um espaço de discussão sobre as causas ambientais, acontece entre os dias 6 e 10 de outubro na cidade de Porto Velho (RO).

Curtas, médias-metragens e longas de ficção, documentário, animação e experimental poderão ser inscritos nas categorias competitivas do evento. Inscrição Para se inscrever, o interessado deverá preencher a ficha de inscrição através deste link http://goo.gl/zcgV0D onde deverá incluir uma imagem de divulgação do filme.

O arquivo da obra audiovisual poderá ser enviada pela internet ou por via postal (em DVD ou pen drive) para o endereço indicado no regulamento do festival.

A inscrição é gratuita e cada realizador poderá enviar até três obras para seleção, concluidas a partir de 2012. Premiação Todos os participantes, além de receberem um certificado de participação no evento, concorrem ao Troféu Mapinguari. Os júris oficial e popular concederão prêmios em diferentes categorias. Sobre o festival O festival, que acontece desde 2003, é focado na divulgação, integração e promoção de discussões em torno da produção de cinema e vídeo que tenha como temática central o meio ambiente.

Hoje com formato itinerante, além da mostra competitiva o Festcineamazônia promove simultaneamente mostras paralelas, sessões especiais, debates, oficinas e o projeto A Escola Vai ao Cinema (voltado à exibição de filmes para alunos de escolas públicas), debates e shows. O Festcineamazônia 2015 tem o patrocínio do BNDES, Governo Federal, Ministério da Cultura,Secretaria do Audiovisual, Lei Rouanet, apoio cultural da Prefeitura de Porto Velho, através da Funcultural. O Festcineamazonia é membro do Greenfilm Network e do Fórum dos Festivais.

Publicado em Brasil | Deixar um comentário

Câmara aprova lei contra infanticídio

 

infanticidio

A votação foi acompanhada por indígenas favoráveis ao texto. Entre eles, crianças que deveriam ser assinadas, como tradição da tribo, mas foram salvas.A matéria segue, agora, para análise do Senado Federal.

O plenário da Câmara dos Deputados aprovou ontem (27) projeto de lei que combate práticas tradicionais nocivas, como o infanticídio, contra crianças indígenas, bem como pertencentes a outras sociedades ditas não tradicionais. Em algumas tribos, crianças com deficiência, gêmeos, filhos de mãe solteira ou fruto de adultérios são considerados amaldiçoados, e por isso, sacrificados pelos pais.

 

O relatório, apresentado pelo deputado Marcos Rogério (PDT), diz que é dever de todos denunciar práticas tradicionais nocivas, como assassinato ou maus tratos de crianças com deficiência, e prevê que os órgãos responsáveis pela defesa de indígenas, como a Funai, sejam responsabilizados se não agirem ao detectarem situações de risco.

 

Conhecido como “Lei Muwaji”, em homenagem a uma mãe da tribo dos suruwahas que se rebelou contra a tradição de sua tribo e salvou a vida da filha que seria morta por ter nascido deficiente, o texto também determina que os órgãos responsáveis pela política indigenista deverão usar todos os meios disponíveis para a proteção de crianças, adolescentes, mulheres, pessoas com deficiência e idosos indígenas de práticas que atentam contra a vida, a saúde e a integridade físico-psiquica, e desenvolver projetos e programas que visem, em especial, e a proteção e a defesa desses indivíduos.

 

Segundo o deputado Marcos Rogério, é papel do Estado garantir a integridade dos mais vulneráveis. “Entendemos que o Estado brasileiro não deve deixar os povos tradicionais sozinhos quando o tema é a proteção de suas crianças e adolescentes. O direito à diversidade cultural é limitado até o ponto em que infringe qualquer outro direito fundamental da pessoa humana, como o direito à vida. Eu não sou contra o índio, mas o direito à vida está acima das tradições”, explicou.

 

A votação foi acompanhada por indígenas favoráveis ao texto. Entre eles, crianças que deveriam ser assinadas, como tradição da tribo, mas foram salvas.A matéria segue, agora, para análise do Senado Federal.

Publicado em Brasil | Deixar um comentário

Abertura da Semana da Pátria será no Batalhão Tiradentes

semana da patria jiparanaPraticamente já uma tradição, a abertura da Semana da Pátria deste ano acontece no Batalhão Tiradentes, na próxima terça-feira, dia 1º, a partir das 8 horas, com toda a formalidade que o evento requer. Além do protocolo da Polícia Militar e da presença de autoridades, duas escolas, uma da Rede Municipal e outra da Estadual, levarão alunos ao Batalhão para a realização de apresentações culturais.

A programação oficial da Semana da Pátria segue com o também tradicional Festival de Fanfarras, com início marcado para as 19 horas, no Ginásio de Esportes Gerivaldo José de Souza, o Gerivaldão.

Na quarta-feira, o Momento Cívico acontece na Escola Estadual Aluízio Ferreira. Na quinta, na Escola Cora Coralina. Na sexta, o Momento Cívico acontece na Prefeitura de Ji-Paraná e no sábado, dia 5, na Secretaria Municipal de Educação – Semed. O encerramento do Momento Cívico acontece no domingo, dia 6, na Praça Jardim dos Migrantes.

As comemorações alusivas à Semana da Pátria culminam no dia 7 de setembro, segunda-feira, a partir das 8 horas, com o Desfile de 7 de Setembro. Seguindo alternância entre 1º e 2º Distrito para a realização do evento, este ano o palco para as autoridades será montado na Rua Cascalheira, próximo à Escola Júlio Guerra, onde ocorre a dispersão do Desfile.

Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal, Corpo de Bombeiros, escolas públicas municipais e estaduais e entidades filantrópicas devem participar do Desfile de 7 de Setembro.

 

Publicado em Cotidiano | Deixar um comentário

Ji-Paraná terá a 3ª Festa do Tambaqui

foto-tambaqui-04A Associação dos Produtores Rurais da Linha 208 (Aprodol), em parceria com a Prefeitura de Ji-Paraná, Emater e a Secretaria de Estado da Agricultura (Seagri) está finalizando os últimos preparativos para a realização da 3ª Festa do Tambaqui. O evento que já está se tornado tradicional no município será realizado nos próximos dias 5 e 6 de setembro, na Linha 208, Km 10, zona rural de Ji-Paraná.

A intenção é divulgar a gastronomia à base do Tambaqui, um peixe nativo da Amazônia, que representa mais de 90% da produção de pescado em Rondônia, sendo um dos três principais itens da agroeconomia rondoniense, sendo criado em mais de oito mil propriedades rurais.  Além de vários pratos feitos a base de tambaqui, a festividade terá ainda apresentações culturais e de lazer.

O evento deste ano beneficiará os produtores associados a duas entidades rurais, a APRODOL e a ASSIZA, Associação dos Produtores Rurais da Comunidade Santa Izabel. É que a Prefeitura de Ji-Paraná, através da Secretaria Municipal de Agricultura e Pecuária (Semagri), fará a entrega oficial de dois tratores aos membros dessas associações.

Os tratores foram adquiridos com recursos de emenda parlamentar do ex-deputado federal Anselmo de Jesus (PT) com contrapartida do município, no valor total de 311 mil.  Com essa verba também foi adquirido um caminhão, uma plantadeira e uma grade hidráulica. Esses outros equipamentos ainda serão entregues.

Segundo a Secretária Municipal de Agricultura, Cláudia de Abreu, a política adotada pela Semagri visa o fortalecimento dos produtores e esses equipamentos irão contribuir para o trabalho diário para essas duas associações.

“São implementos que irão contribuir com a agricultura familiar do município. A Semagri busca cada vez mais melhorar a vida do homem no campo, de uma forma que eles obtenham sustento com suas plantações, valorizando e estimulando a comercialização de seus produtos”, afirmou Cláudia.

Outro beneficio conquistado pelos produtores é o Cartão “Mais Calcário”,  fornecido pela Secretaria de Estado da Agricultura –Seagri e que garante ao município de Ji-Paraná mil toneladas de calcário. Essa quantidade possibilita que a Prefeitura atenda até 400 produtores da agricultura familiar sem custo.

Publicado em Agronegócio | Deixar um comentário

Vereador Fogaça expõe reivindicações de moradores da zona rural de Porto Velho

Porto Velho, RO – O vereador Everaldo Fogaça, do PTB, deslocou-se até a zona rural de Porto Velho, mais especificamente na Linha 32, KM 06, onde uma ponte sobre o Rio das Garças foi destruída criminosamente, causando inúmeros prejuízos à população residente.

Fogaça, que apresenta o programa “Políticos Em Ação”, entrevistou vários cidadãos para saber quais as principais reivindicações para o setor e quais são os maiores problemas desde que a passagem fora incendiada.

No período de estiagem, os moradores conseguem passar através de uma ponte improvisada feita por eles próprios, sem qualquer garantia de segurança.

Entretanto, em temporadas chuvosas, a água do rio sobe alagando o perímetro da passagem prejudicando ainda mais o local.

“A reclamação é que prometem uma ponte para nós. E quando foi ano passado tinha uma balsa aqui, mas tínhamos de pagar para ir e vir. Não temos condições de pagar ano que vem. O secretário prometeu de fazer a ponte e até agora nada. Por isso queremos que a ponte saia ou então tenha uma balsa da prefeitura pra gente. Porque tem horário pra passar balsa, lá pela outra estrada também. E nós não temos horário, temos crianças dentro da linha, não tem como cumprir”, reclamou Sílvia, uma das moradoras.

A reivindicação dos demais entrevistados gira em torno da mesma preocupação: que seja providenciada uma ponte pela Administração Pública, promovendo a extensão máximo do direito de ir e vir do cidadão e que haja segurança na travessia.

“Vamos levar essas reivindicações ao secretário [municipal de Agricultura] Leonel Bertolin e ao prefeito Mauro Nazif (PSB) para que seja tomada uma atitude a fim de que resolvam o problema. Esperamos que a ponte seja reconstruída”, disse Fogaça.

Publicado em Política | Deixar um comentário

Acir se compromete com apoio aos Cinta-Larga

cintaA bancada federal de Rondônia participou, na manhã desta quinta-feira, de reunião convocada pelo Ministério Público Federal para apresentação de propostas de apoio à causa do povo Cinta-Larga. O senador Acir Gurgacz, representando o Senado, se comprometeu em auxiliar no contato com autoridades do Governo Federal e confirmou sua participação na expedição que o Ministério Público fará no dia 2 de outubro ao território Cinta-Larga.

A reunião teve a presença do cacique da Aldeia Roosevelt, Marcelo Cinta-Larga, que expôs as dificuldades do povo, especialmente a necessidade urgente de regulamentação da mineração e exploração das suas terras. A regulamentação da mineração em terra indígena depende de aprovação de projeto de lei em tramitação no Congresso Nacional. “A situação atual do povo Cinta-Larga é a pior possível: o garimpo funcionando, o país nada arrecadando e vários crimes acontecendo. Estamos à beira da extinção”, alertou o cacique.

O procurador federal, Dr. Reginaldo Trindade, que coordenou a reunião, reforçou a fala do indígena. “O povo Cinta-Larga sofre imensamente com isso, uma vez que tem passado inúmeras privações, mesmo morando em cima de uma terra riquíssima”, destacou. “Seria muito importante se pudéssemos pensar numa estratégia para equacionar a possibilidade de eles terem acesso mais rápido – e legítimo – à riqueza existente em suas terras, sem infringir a lei”, completou Trindade.

Para o senador Acir Gurgacz, a maior preocupação é com relação à segurança e à sobrevivência dos Cinta-Larga. “Precisamos encontrar alternativas para a sustentabilidade desse povo. De que adianta ter a riqueza e não ter acesso à ela?”, apontou.

Publicado em Coluna do Gutierrez | Deixar um comentário

Destacada maturidade democrática em protesto nacional, elogia Aélcio

Aélcio da TV destaca maturidade democrática em protesto nacionalO deputado Aélcio da TV (PP) destacou a maturidade do povo brasileiro que, no último domingo (16), foi às ruas protestar contra o governo federal. Ele discursou da tribuna da Assembleia Legislativa e não hesitou em afirmar que o povo está insatisfeito e que, segundo os Institutos de Pesquisa, o descontentamento chega a 80% da população.

Aélcio frisou que os protestos foram pacíficos. “As manifestações nos demais cantos do Brasil e em Porto Velho, apresentaram números expressivos. O melhor que tudo ocorreu sem incidentes em todo País. Foi a demonstração de que a democracia está madura no Brasil”, observou.

Na opinião de Aélcio, a Câmara dos Deputados e o Senado da República não estão submissos. Projetos que estavam aguardando decisão há algum tempo e que estão sendo desengavetados, agora, são matérias não importantes para o Governo, mas importantíssimas para o povo, como a que trata sobre o FGTS. Assegurou o Parlamentar do PP que o governo federal corta muito, mas não corta na pele porque não diminui o número de Ministério.

 

DER

O deputado Aélcio elogiou a atuação do Departamento de Estradas de Rodagens (DER). Disse que o primeiro contato que teve com o diretor do órgão, Lioberto Caetano, não foi dois melhores, mas hoje o elogia afirmando ser um dos melhores secretários da atual administração do Estado.

O deputado afirma que Caetano pegou um órgão sucateado e com máquinas sucateadas e que mesmo assim está asfaltando Porto Velho, concluindo a estrada 13 de Setembro, promovendo o asfaltamento das ruas do bairro Socialista.

O governador Confúcio Moura (PMDB), disse Aélcio, anunciou asfalto para 150 quilômetros e mais recapeamento de ruas, chegando a 180 quilômetros de asfalto na capital de Rondônia, já que está programado o asfaltamento do bairro Eldorado. “Espero que Porto Velho mude essa cara de favela”, frisou.

Em aparte, o deputado Edson Martins (PMDB) elogiou o discurso de Aélcio. Assegurou que o trabalho realizado pelo DER é resultado de parceria com os municípios. “Lembro que essa parceria não existia antes, era apenas briga por questão política”, afirmou.

O deputado Ezequiel Júnior (PSDC) enalteceu a postura do deputado Aélcio. E disse que o coronel Caetano, diretor geral do DER, está colocando sua equipe nas ruas agora e elogiou a administração municipalista do governo do Estado.

Já o deputado Léo Moraes (PTB) disse que tem que agradecer e elogiar ao governador Confúcio Moura pelo apoio à administração do município de Porto Velho, principalmente pelo recapeamento de ruas. “Todos sabem que temos uma administração municipal incompetente. Portanto, o apoio do governo do Estado é mais do que necessário para mudar, ao menos, o aspecto da cidade que está sendo mal cuidada pela atual administração de Porto Velho”, asseverou.

 

ALE/RO – DECOM – [Carlos Neves]

Foto: José Hilde

Publicado em Coluna do Gutierrez | Deixar um comentário

Prefeitura conclui ponte do setor Itapirema/Ji-Paraná

ponte linha 12A ponte da linha, do setor Itapirema, zona rural de Ji-Paraná, foi concluída pela Secretaria de Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp). O projeto foi realizado com recursos e mão de obra próprios da secretaria. A obra só não foi concluída antes em decorrência do atraso na entrega do material que seria utilizado. Com o projeto concluído os moradores da região deixam de percorrer 14 quilômetros há mais até chegar ao seu destino.

“Quando chegamos aqui, sabíamos que seria um serviço árduo, mas que nós estávamos dispostos a enfrentar. O nosso trabalho foi contínuo, mesmo lidando com atraso na entrega do material, conseguimos concluir essa obra de vital importância para os moradores do Itapirema”, ressaltou Daniel Inácio, encarregado da obra

Conforme Antônio Geraldo, diretor de obras da Semosp, o atraso na entrega do material foi determinante para o atraso na recuperação da ponte. “Assim que nos foi encaminhado restante do material fizemos as bases de concreto para receber as colunas e longarinas, ocasionando a conclusão da obra”, explicou Antonio Geraldo.

A ponte da linha 12 do Itapirema por duas vezes foi arrastada pela força das águas, deixando sem acesso os moradores dessa região.  Com os trabalhos encerrados a equipe da Semosp trabalha agora nas pontes das linhas 86 e 90.

Publicado em Cotidiano | Deixar um comentário

Desafios aos vereadores de Ji-Paraná – metade pode não se reeleger – Coluna do Gutierrez

Quantos vereadores em Ji-Paraná conseguirão se reeleger em 2016? Esta é uma pergunta que tira o sono de muita gente, em especial, de assessores e dos próprios vereadores. Aliás, são 17 ao todo.  Otimistas apostam na possibilidade da volta de nove, ou seja, 60%. Eu apostaria em sete com possibilidade de oito. Isso não depende apenas dos votos que o vereador vai conseguir, mas da coligação que ele esteja, da estrutura de campanha e do poder de convencimento de que os quatro anos como vereador o credenciam para mais quatro anos.

Dilemas

Não faz muito tempo, o ex-vereador Gebrim Abdala, que teve uma expressiva votação, acabou nem sendo candidato à reeleição porque o partido no qual ele estava não tinha candidatos suficientes e nenhum partido queria coligar ao partido do Gebrim, por entender que trabalhariam apenas para elegê-lo. Quem corre risco igual, é o vereador Affonso Cândido da Mabel (PSDC). Ele tem um brilhante capital eleitoral, no entanto, pode encontrar dificuldades para se coligar a outro partido e conseguir legenda.

Novidades

Existem também vereadores que estão em partidos cujos nomes que estão surgindo neles podem suplantar a votação dos detentores de mandato. É o caso do PMDB com Oribe Júnior, uma das promessas do partido que pode correr por fora podendo surpreender os atuais detentores de mandato, ou quem sabe a legenda podendo fazer até três cadeiras.

Licomédio

Um dos nomes que está de fora da Câmara e, mesmo sem estrutura obteve 706 votos,   é Licomédio Pereira (PP). Ganhando notoriedade no comando da Rádio Planalto com programa diário, ele está na atualidade com muito mais espaço na mídia e, por isso, é candidatíssimo a ficar com uma das cadeiras, caso decida ser candidato.

Lincoln Astre, vereador de oposição, foi eleito pelo PP com 673 votos, acredita que sua postura implacável contra o prefeito Jesualdo Pires (PSB), poderá render a ele uma votação ainda maior. Em 2014, foi convocado a ser candidato a deputado federal pelo PP e obteve 5.280 votos. O partido tem a possibilidade de se coligar o PR e PPS, mas a briga pela primeira vaga será mesmo com Licomédio, que pelo fato de não ser vereador e estar todos os dias na mídia, em tese, leva certa vantagem.

Prefeito

A intenção do PP é lançar um candidato a prefeito para reforçar a legenda dos candidatos a vereador. O médico João Durval é uma das opções e o médico Edinho Fidelis que deverá se filiar ao partido no próximo dia 19 deverá se filiar ao PP. Ah, PP, PPS e PR são estão em Rondônia sob o domínio do senador Ivo Cassol.

Publicado em Coluna do Gutierrez | 1 comentário

Fatos que marcaram a sessão da Câmara dos Vereadores de Ji-Paraná/RO

22ª SESSÃO

Em Sessão Ordinária nesta terça-feira (25), presidida pelo presidente da Câmara Municipal, Nilton Cezar Rios (PSB), com os trabalhos secretariados pelo vereador Jessé Bitencourt (PDT), foram aprovados projetos e requerimentos.

 

REPOSIÇÃO

Para o Distrito de Nova Londrina o presidente Nilton Cezar Rios (PSB) solicita a reposição de lâmpadas nas ruas Eloy de Carvalho, Saulo Alcântara, João Vilas Boas, Tancredo Neves, Rio Janino, Nova Londrina, Rondônia, Aguinaldo Meijer e na avenida Jorge Teixeira.

 

INVESTIMENTO

Na última semana começou a utilização de mais um mamógrafo, eletrocardiograma e tomografia computadorizada no Hospital de Ji-Paraná. O investimento é de emenda do senador Acir Gurgacz. A informação foi dada em discurso pelo vereador Edivaldo Gomes (PSB), que salientou a competência do senador.

 

DRENAGEM NA BR

O vereador ressaltou que tem visitado constantemente as obras de drenagem na BR-364. A obra é fruto de solicitações do edil Edivaldo Gomes, que há 2 anos acompanha e solicitou estudo no local, quando detectou falhas no projeto de duplicação em relação a drenagem. Edivaldo salientou que o vereador Lorenil Gomes (PSC) teve aprovado requerimento pedindo a ampliação do canal do Igarapé Dois de Abril no perímetro de vazão da rede pluvial na BR 364, por isso parabenizou o membro da Casa pela inciativa.

 

JARDIM FLÓRIDA

Na última quarta-feira Edivaldo ressaltou que a Eletrobras mais uma vez estava cortando os rabichos no Jardim Flórida, no final da rua Amazonas, fruto de ocupação que já chega há 15 anos. Gomes pontuou sobre as necessidades dos moradores, que querem um serviço básico. Edivaldo mostrou ofícios protocolados na Eletrobras e órgãos públicos para garantir a energia no local.

 

JARDIM FLÓRIDA II

Várias cobranças e respostas foram detalhadas por Edivaldo, que explicou que todas as determinações da Eletrobras foram cumpridas e que as promessas não foram cumpridas. Ele encontrou na ZEIS (Zona Especial de Interesse Social) a forma de conseguir o benefício, que foi decretada pelo prefeito Jesualdo Pires e segundo Edivaldo, “não bastou para que a Eletrobras cumprisse a promessa”. A questão foi protocolada no Ministério Público pelo vereador.

 

ELETROBRAS

Lorenil Gomes (PSC) questionou a Eletrobras pela conta alta de energia. “Somos solidários as causas contra a Eletrobras, há muita burocracia e pouco resultado”, falou.

 

IGARAPÉ DOIS DE ABRIL

O vereador Lorenil Gomes (PSC) falou que apresentou requerimento para a ampliação do canal do Igarapé Dois de Abril, no perímetro de vazão da rede pluvial da BR 364, próximo ao antigo Caipirão. Ele salientou que o Dnit está executando a obra de ampliação, mas que é necessário a ampliação para comportar as águas.

 

EDUCAÇÃO

Funcionários da Semed querem ter o salário igual da Secretaria de Obras. A questão foi levada ao vereador Lorenil Gomes (PSC) que pontuou que vai verificar a questão. Lorenil também agradeceu o senador Acir Gurgacz pelo investimento na área de saúde de Ji-Paraná.

 

ANEL VIÁRIO

Lorenil se queixou das crítica a obra do Anel Viário. Ele disse que as obras pararam e houve críticas e logo que começaram também houve críticas. Segundo ele, não há análise da questão, apenas opiniões baseadas em conjecturas.

 

BAIRRO JI-PARANÁ

Neste final de semana, Lincoln Astrê (PP) disse que visitou alguns bairros, entre eles, o Ji-Paraná e que há muitos problemas, principalmente a poeira.

 

FEIRANTES

Ontem (24) houve sessão solene para agradecer todos os feirantes de Ji-Paraná. Segundo Lincoln Astrê, foi justa a homenagem para os que levam a comida nas feiras do município e mercados. Ele agradeceu os vereadores presentes e amigos e parentes dos feirantes. Lincoln salientou que esta é a primeira homenagem feita à classe no estado.

 

ENERGIA

No próximo dia 30 haverá mais um reajuste da tarifa de energia elétrica da Eletrobras, de acordo com Lincoln Astrê. Ele ressaltou que é o quarto aumento no ano. Contra esta questão ele pretende fazer uma mobilização nas ruas. Sobre a água, Lincoln afirmou que o problema com a Caerd continua.

 

HOSPITAL

Silvia Cristina (PDT) enalteceu o trabalho do senador Acir Gurgacz (PDT) pelo investimento na saúde de Ji-Paraná. Ela citou que vários municípios usam o Hospital Municipal de Ji-Paraná e que poucos investem em sua estrutura. Ela citou que para fazer uma tomografia muitos gastavam até R$ 1 mil e que agora terão este serviço gratuito graças ao senador, em parceria com o prefeito

Jesualdo Pires. Ela também ressaltou que em breve outro mamógrafo será instalado no Hospital de Câncer com o apoio do município.

 

DIREITO DE VIVER

No próximo dia 29 será feito o lançamento do Leilão Direito de Viver que tem um novo presidente, Sérgio Ferreira. O anúncio foi feito pela vereadora Silvia Cristina. O leilão será no dia 10 de outubro no parque de Exposições.

 

MÁRCIA REGINA

Silvia Cristina (PDT) leu a justificativa da vereadora Márcia Regina (PT) que está em Encontro sobre o Programa Saúde na Escola (PSE). A presidente da Comissão de Educação e Cultura, em sua justificativa, também relatou sobre o III Seminário de Educação no Campo. Ela agradeceu os participantes, a equipe da Semed em nome da Secretaria Leiva Custódio, a coordenadora Janete de Araujo, em nome do professor Antonio Pena, e aos professores de São Mateus do Espírito Santo, José Roberto, secretário de Educação e Francisco Rodrigues, coordenador de Educação no Campo.

 

ALARGAMENTO DA PONTE

Edilson Vieira (PMDB) falou sobre o processo de alargamento da ponte. Muitos, segundo ele, queixaram-se da demora no término, mas ele enalteceu que o benefício passou por entraves, mas que o governo cumpriu o prometido. “A cidade está crescendo através destes investimentos”, falou. Ele parabenizou a deputada Marinha Raupp, Valdir Raupp, e o senador Acir Gurgacz. Edilson também agradeceu o secretário de Obras, Waldeci Gonçalves. “Ele tem trabalhado muito para resolver problemas, alguns que tem até mais de 30 anos”, pontuou.

 

CAERD

A Caerd foi alvo de críticas do vereador Anderson Prudente (PSD). Ela se queixou da falta de água e a obra realizada após abertura de buraco em asfalto. Anderson ressaltou que precisa ser feito um trabalho de investigação para solucionar este caso urgentemente.

 

TRABALHO

Anderson também agradeceu o senador Acir Gurgacz. Também exaltou o trabalho da bancada federal, ao deputado estadual Airton Gurgacz e ao prefeito Jesualdo Pires. “Sou crítico do executivo, mas quando há um bom trabalho eu elogio”, ressaltou. Anderson agradeceu ao secretário de Saúde Renato Fuverki pela postura à frente da pasta. “Ele correu atrás do terreno para garantir o investimento de R$ 500 mil para o Centro de Especialização, fruto de emenda do ex-deputado Moreira Mendes, de minha indicação. Agradeço muito o Renato que me conhece desde antes de ser vereador, conhece a minha história”, falou.

 

CAIXA DE ESGOTO

O vereador Edílson Vieira (PMDB), solicitou que seja encaminhado ofício ao executivo pedindo a construção de uma tampa de concreto em caixa de esgoto na rua Rio Tapajós com a avenida Porto Velho, no bairro Dom Bosco. E, em frente ao centro Educacional Infantil Professora Miriã Trajano Lopes, Edilson solicita que seja instalada uma faixa de pedestres.

 

GINÁSTICA

Edilson Vieira também pede a instalação de aparelhos de ginástica na praça do redondo, bairro Parque São Pedro, localizada na avenida Mato Grosso. Também no Parque São Pedro, o vereador pede a limpeza e conservação da Praça.

 

LIXEIRAS

A instalação de lixeiras na avenida Marechal Rondon, nos dois sentidos, da via, será solicitada à prefeitura, por meio de requerimento aprovado do vereador Edilson Vieira (PMDB). Ele também pede que se envie um caminhão pipa ao menos duas vezes por dia, na rua Rondônia, no bairro Bosque dos Ypês II.

 

ILUMINAÇÃO

A expansão da rede de iluminação pública na rua Terezinha da T-24 a T-25 foi alvo de requerimento da vereadora Silvia Cristina (PDT). Será oficiado documento ao executivo para, conforme ela salienta, dará mais segurança ao local.

 

PROGRAMA

A criação de programa de capacitação profissional para idosos será pedida pela Câmara ao executivo. O requerimento é de autoria de Silvia Cristina (PDT) que também pede a criação de Programa de Geração de Renda para as Mulheres.

 

BOMBEIROS

A contratação de bombeiros civis nas repartições públicas do estado foi solicitada também pela vereadora Silvia Cristina (PDT), que também pede ao executivo a pavimentação das ruas externas do Cemitério da Saudade no 2º Distrito.

 

TENENTE ANTÔNIO JOÃO

Pavimentação por massa asfáltica ou bloquete, da rua Tenente Antônio João, no bairro Nova Brasília, será solicitado ao executivo pelo vereador Affonso Cândido (PSDC).

 

RUAS

O vereador Lincoln Astrê (PP) pede providências para que seja realizada a pavimentação da rua Menezes Filho, entre as ruas das Pedras e Amazonas, no bairro Urupá. Em relação a vias urbanas, também pede a abertura da rua Seis de Maio, entre as ruas Rio Jamari e dos Universitários, nos bairros Dom Bosco e Parque São Pedro.

 

CONSTRUÇÃO

Lincoln (PP) também pediu a construção de pista de caminhada no bairro Nossa Senhora de Fátima; uma praça Ecológica com arte em Pneus, no bosque dos Ipês; e quadras poliesportivas no bosque dos Ipês.

 

HOMENAGEM

Foi aprovado requerimento da vereadora Márcia Regina (PT) para Moção de Aplausos a escolas Públicas Federal e Estadual pelo índice alcançado no Exame Nacional de Ensino Médio (Enem); Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia – Campus Ji-Paraná – IFRO, EFA – Escola Família Agrícola, Escola Jovem Gonçalves Vilela, Gonçalves Dias, Júlio Guerra, Rio Urupá e Aluízio Ferreira.

 

HOMENAGEM II

Márcia Regina (PT) também é autora de requerimento aprovado para Moção de Aplausos aos Serviço Social do Comércio (Sesc) e Federação do Comércio (Fecomércio) com o projeto Sonora Brasil.

 

PAVIMENTAÇÃO

Ofício, a pedido de Márcia Regina será encaminhado ao executivo pedindo a pavimentação da rua Joaquim Francisco de Oliveira (T-24) com início na rua Governador Jorge Teixeira (K-5) final da rua Pastor Paulo Macalão. O local é um dos principais acessos às escolas Janete Clair e Adão Lamota. Também será pedido pavimentação das ruas Santa clara, Colorado do Oeste, Ipê e Tubarão no bairro Cafezinho.

 

SAÚDE

O prefeito também receberá documento requerendo agentes Comunitários de Saúde (ACS) para atender as áreas do bairro Cafezinho e União II, de autoria de Márcia Regina.

 

CANALIZAÇÃO

Ao executivo será solicitado pelo vereador Joaquim Teixeira (PMDB) a canalização do bueiro na rua Brasiléia, no bairro São Pedro.

 

 

—————————————————————————————————————-

PROJETOS APROVADOS EM VOTAÇÃO ÚNICA

 

Aprovado Projeto de Lei nº 2550 que dispõe sobre “Autorização para o Poder Executivo Municipal a celebrar convênio com a Federação de Motociclismo do Estado de Rondônia, para repasse de recursos financeiros, e dá outras providências”.

Publicado em Política | Deixar um comentário

Morre Vilson Gaúcho, o idealizador do FEMIC em Rondônia

11897088_964107626966053_1568185392_n

Vilson Gaúcho dedicou parte da vida dele para a realização de festivais de música envolvendo a comunidade estudantil em Ji-Paraná e em vários municípios de Rondônia.

Roberto Gutierrez – Morreu hoje (25/08), aos 65 anos de idade de falência múltipla dos órgãos, Vilson Bueno de Oliveira, o Vilson Gaúcho, que realizava desde a década de 80, em Rondônia, o FEMIC– Festival de Música Intercolegial. Vilson estava internado no hospital Samaritano, em Porto Velho, fazia 120 dias. Ele tinha um grave problema de diabetes que levou a complicações hepáticas. No início da noite de hoje Gaúcho não resistiu ao tratamento. Ele morre deixando cinco filhos e nove netos. O corpo do artista deve chegar a Ji-Paraná pela manhã desta quarta-feira. O local do velório ainda não foi informado pela família.

O Festival de música idealizado pelo Gaúcho revelou muitos talentos que hoje vivem da música.

Publicado em Coluna do Gutierrez | 2 comentários

Maurão de Carvalho manda de vez Cassol às favas e vai para PMDB – Coluna do Roberto Gutierrez

maurao001O presidente da Legislativa de Rondônia, Maurão de Carvalho (PP), está de malas prontas para ingressar no PMDB. A filiação dele, em Brasília, já é dada como certa e deverá ser o grande acontecimento do mês de setembro.

 

PDT & PMDB

Em se concretizando a filiação de Maurão no PMDB, significa que tudo caminha para uma costura política a qual levaria Acir Gurgacz (PDT-RO) como candidato de uma frente ampla ao governo do Estado em 2018, que foi alinhavada em 2014.

Compromisso

O PMDB e o PT não lançaram candidatos ao Senado em 2014 e apoiaram Acir Gurgacz à reeleição, com a garantia de Acir apoiar Confúcio Moura à governador e de apoiar o senador Raupp na reeleição em 2018 numa disputa de duas vagas, sendo que  Confúcio poderia ser o candidato à segunda vaga.

 

Motivação e anticorpos

Vale relembrar que esse pacto nasceu também da necessidade de combater dois ossos duros de roer na eleição de 2014 que foram Expedito Júnior (PSDB) e Ivo Cassol (PP), que rompeu com Maurão de Carvalho para fazer uma chapa nepotista a qual manteve a irmã Jaqueline ao Governo e a mulher Ivone ao Senado.

 

Continua presidente

O ingresso de Maurão de Carvalho ao PMDB deixa sinais claros que ele não será candidato a governador, mas poderá sair fortalecido para continuar deputado estadual com respaldo para se manter presidente da Ale, ou, quem sabe, ser um nome do próprio partido ao Senado para a segunda vaga.

 

Conjecturas

O fortalecimento do grupo político PDT, PSB e PMDB também seria uma espécie de vacina contra uma possibilidade bem pequena: de que Ivo Cassol conseguisse junto ao TSE reduzir o tempo de ilegibilidade, ou computar o início do período da ação um pouco antes, o que poderia colocar Ivo Cassol, em condição de ser candidato a governador  em 2018. Mas isso não passa de especulação.

 

Reflexos agora

Portanto, esses fatos estão diretamente ligados ao que vai acontecer neste mês nas filiações dos pretendentes a disputar as prefeituras das maiores cidades de Rondônia, que tem ligação de importância muito grande com o projeto dos partidos para 2018, como Ji-Paraná, por exemplo, na qual Jesualdo Pires (PSB) será candidato à reeleição, de que o vice continuará sendo Marcito Pinto (PDT) e de que o deputado federal Marcos Rogério se manteria no PDT e acabaria de vez com as especulações de que seria candidato a prefeito de Ji-Paraná no ano que vem. Porém, poderia até abrir uma janela na composição, ou seja, que o PMDB indicasse o vice de Jesualdo, mas isso só o tempo poderá dizer.

 

PP

Já o Senador Ivo Cassol (PP) vai precisar lançar um candidato a prefeito de Ji-Paraná, até mesmo para fortalecer a legenda para vereador.  Entre os Nomes, está o do médico João Durval ou até mesmo do também médico Edinho Fidelis, que anunciou no início deste mês que vai se filiar ao PP.

 

Publicado em Coluna do Gutierrez | Deixar um comentário